Nome do Projeto
Utilização de surfactantes na remediação de ambientes impactados
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
15/09/2020 - 16/06/2026
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra
Resumo
As preocupações relacionadas ao potencial de contaminação de solos e águas subterrâneas por derramamentos de combustíveis e disposição inadequada de resíduos sólidos, fazem com que os pesquisadores fiquem atentos às estratégias que devem ser empregadas para gerenciar áreas impactadas, pois, além de poluir a superfície pode chegar às águas subterrâneas e assim comprometer sua qualidade, gerando graves consequências ambientais e econômicas, já que muitas vezes esta água é usada para o abastecimento humano. Dentro do contexto, surgem os surfactantes, que são compostos que possuem na mesma molécula, uma porção hidrofílica e hidrofóbica, conferindo a habilidade de interação entre fases de diferentes polaridades, tais como ar/água ou óleo/água. Devido às propriedades de sua superfície ativa os surfatantes são considerados um dos mais versáteis compostos, tendo aplicação em diversos segmentos, entre eles, a de remediação de ambientes impactados com compostos orgânicos.

Objetivo Geral

Caracterizar e avaliar o desempenho de tensoativos na remediação de ambientes impactados.

Justificativa

A Universidade Federal de Pelotas está inserida em uma região em que muitas famílias estão ligadas à agricultura, logo, os assuntos relacionados com preservação ambiental e recuperação de ambientes impactados são de extrema importância, pois estão diretamente relacionados à sustentabilidade e ao desenvolvimento econômico local. Em uma região, onde o escoamento da produção é majoritariamente rodoviário, acidentes ambientais envolvendo derivados de petróleo são passíveis de ocorrer, o que pode provocar um impacto negativo no solo e na água subterrânea da região. Neste contexto, uma das formas de minimizar tais impactos é a utilização de surfactantes pois são produtos de superfície ativa recomendados para remediar ambientes contaminados.
Diante do exposto, justifica-se esta proposta porque tem-se a intenção de dar continuidade a um projeto já existente e aprovado nesta Universidade, cadastrado no COCEPE sob o número 9192.

Metodologia

Concomitantemente aos ensaios em bancada, serão realizadas buscas na literatura científica que possam corroborar com a pesquisa.
Para os ensaios em bancada, serão utilizadas soluções aquosas de tensoativos químicos, sendo um de natureza aniônica e outro de natureza catiônica. Tais tensoativos serão empregados de maneiras separadas nos ensaios de remediação e em pequenas quantidades de modo a minimizar ao máximo a geração de efluentes e resíduos sólidos.
Para os ensaios de remediação, primeiramente serão simulados derramamentos de derivados de petróleo em solo e água e, posteriormente, tais ambientes serão submetidos a remediação com soluções tensoativas.

Indicadores, Metas e Resultados

- Simular um impacto ambiental em solo e água.
- Caracterizar os tensoativos que serão empregados na pesquisa.
- Compreender o mecanismo de ação dos tensoativos.
- Comparar a eficiência de remediação dos tensoativos testados.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CELIA FRANCISCA CENTENO DA ROSA4
WANDERSON DA SILVA RORIZ

Página gerada em 13/04/2024 15:47:19 (consulta levou 0.128760s)