Nome do Projeto
Utilização de surfactantes na remediação de ambientes impactados
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
15/09/2020 - 31/07/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra
Resumo
As preocupações relacionadas ao potencial de contaminação de solos e águas subterrâneas por derramamentos de combustíveis e disposição inadequada de resíduos sólidos, fazem com que os pesquisadores fiquem atentos às estratégias que devem ser empregadas para gerenciar áreas impactadas, pois, além de poluir a superfície pode chegar às águas subterrâneas e assim comprometer sua qualidade, gerando graves consequências ambientais e econômicas, já que muitas vezes esta água é usada para o abastecimento humano. Dentro do contexto, surgem os surfactantes, que são compostos que possuem na mesma molécula, uma porção hidrofílica e hidrofóbica, conferindo a habilidade de interação entre fases de diferentes polaridades, tais como ar/água ou óleo/água. Devido às propriedades de sua superfície ativa os surfatantes são considerados um dos mais versáteis compostos, tendo aplicação em diversos segmentos, entre eles, a de remediação de ambientes impactados com compostos orgânicos.

Objetivo Geral

Caracterizar e avaliar o desempenho de tensoativos na remediação de ambientes impactados.

Justificativa

A Universidade Federal de Pelotas está inserida em uma região em que muitas famílias estão ligadas à agricultura, logo, os assuntos relacionados com preservação ambiental e recuperação de ambientes impactados são de extrema importância, pois estão diretamente relacionados à sustentabilidade e ao desenvolvimento econômico local. Em uma região, onde o escoamento da produção é majoritariamente rodoviário, acidentes ambientais envolvendo derivados de petróleo são passíveis de ocorrer, o que pode provocar um impacto negativo no solo e na água subterrânea da região. Neste contexto, uma das formas de minimizar tais impactos é a utilização de surfactantes pois são produtos de superfície ativa recomendados para remediar ambientes contaminados.
Diante do exposto, justifica-se esta proposta porque tem-se a intenção de dar continuidade a um projeto já existente e aprovado nesta Universidade, cadastrado no COCEPE sob o número 9192.

Metodologia

Concomitantemente aos ensaios em bancada, serão realizadas buscas na literatura científica que possam corroborar com a pesquisa.
Para os ensaios em bancada, serão utilizadas soluções aquosas de tensoativos químicos, sendo um de natureza aniônica e outro de natureza catiônica. Tais tensoativos serão empregados de maneiras separadas nos ensaios de remediação e em pequenas quantidades de modo a minimizar ao máximo a geração de efluentes e resíduos sólidos.
Para os ensaios de remediação, primeiramente serão simulados derramamentos de derivados de petróleo em solo e água e, posteriormente, tais ambientes serão submetidos a remediação com soluções tensoativas.

Indicadores, Metas e Resultados

- Simular um impacto ambiental em solo e água.
- Caracterizar os tensoativos que serão empregados na pesquisa.
- Compreender o mecanismo de ação dos tensoativos.
- Comparar a eficiência de remediação dos tensoativos testados.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CELIA FRANCISCA CENTENO DA ROSA4
FRANCIELE DE AVILA DE MEDEIROS VIEIRA
WANDERSON DA SILVA RORIZ

Página gerada em 22/10/2021 12:47:14 (consulta levou 0.083574s)