Nome do Projeto
Sustentabilidade e multifuncionalidade dos espaços rurais
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
16/09/2020 - 15/09/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas
Resumo
Trata-se de projeto de pesquisa que está diretamente ligado ao Grupo de Pesquisa "Desenvolvimento Rural Sustentável", cadastrado junto ao Diretório do CNPq, bem como à atuação no que tange à produção de conhecimento e formação de recursos humanos no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Sistemas de Produção Agrícola Familiar, do Programa de Pós-Graduação em Sociologia e do Departamento de Ciências Sociais Agrárias (FAEM). Do ponto de vista científico surge claramente direcionado à questão da sustentabilidade. As sucessivas crises do petróleo (1973 e 1978) anunciam o colapso do modelo energético mundial, impactando sensivelmente os países em desenvolvimento como o Brasil. Posteriormente ganha uma importância crescente a ideia de sustentabilidade da produção agropecuária e de multifuncionalidade dos espaços rurais. No primeiro caso, trata-se de adequar os processos produtivos aos imperativos da conservação dos recursos naturais. No segundo caso, trata-se de reconhecer que os espaços rurais cumprem outros papeis além de produzir alimentos e matérias primas, como é precisamente o caso da geração de energias renováveis (eólica, fotovoltaica, biocombustíveis). A questão é saber o modo como estas mudanças vêm sendo assimiladas pela população em geral e pelos atores sociais rurais, especialmente os produtores e produtoras rurais.

Objetivo Geral

O objetivo principal é analisar a realidade atual dos parques eólicos criados no Rio Grande do Sul como expressão do fenômeno da multifuncionalidade e da sustentabilidade. Implica conhecer as mutações que sofrem as representações sociais dos agricultores e de outros atores sociais a partir do momento em que passam a contar com uma renda extra decorrente do negócio correspondente á geração de energias alternativas, como é precisamente o caso da energia eólica.

Justificativa

A questão das novas funções atribuídas aos espaços rurais é um aspecto que se impõe nas atuais circunstâncias. A produção de alimentos, fibras e matérias-primas é a a função mais importante, mas obviamente não é a única. Produzir energias renováveis é uma realidade tanto nos países desenvolvidos quanto nos países em desenvolvimento. Todavia, muitas são as incertezas em relação a esse processo. Muitos produtores rurais se incorporam a esse processo instalando aerogeradores e/ou estruturas de produção de energia fotovoltaica. Outros resistem a estas inovações, seja por considerar que esta nova vocação contraria as funções primordiais dos espaços rurais, seja inclusive pelo fato de desconhecerem a importância dessa nova realidade. Investigar esses e outros aspectos cobra importância não somente pela atualidade do assunto, como pela possibilidade de gerar informação e novos conhecimentos.

Metodologia

A metodologia contempla o uso de fontes secundárias, incluindo levantamento de dados junto a sítios de internet de organizações públicas e privadas relacionadas com a produção de energias renováveis, bem como através da realização de entrevistas baseadas no uso de roteiro semiestruturado. O material reunido será transcrito integralmente e comporá um banco de dados. Os depoimentos serão submetidos à análise de conteúdo e posteriormente organizados mediante o uso de categorias de análise. O cruzamento de informações norteará as operações de inferência e extração de conclusões.

Indicadores, Metas e Resultados

Realização de ao menos 40 entrevistas com diversos atores sociais do Complexo Eólico Campos Neutrais
Publicação de dois (02) artigos científicos em revistas qualificadas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
FLAVIO SACCO DOS ANJOS3
GERMANO EHLERT POLLNOW
LETÍCIA BAUER NINO
NADIA VELLEDA CALDAS2

Página gerada em 03/12/2020 23:49:45 (consulta levou 0.101092s)