Nome do Projeto
Realização de Análises em Geral e Tabela/Rotulagem Nutricional do Setor Alimentício
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
01/03/2021 - 01/03/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias
Eixo Temático (Principal - Afim)
Tecnologia e Produção / Tecnologia e Produção
Linha de Extensão
Educação profissional
Resumo
A realização de análises físico-químicas, nutricionais e microbiológicas tem como papel principal desvendar dúvidas existentes no processamento de alimentos. Toda análise, quando realizada de forma consciente e segura, pode se responsabilizar pela geração de respostas em relação a avaliação de qualidade uma vez que delas retiram-se informações qualitativas e quantitativas a respeito de fatores próprios do alimento ou relacionados com problemas na sua linha de produção. Além disso, algumas denotam informações nutricionais do produto, ou seja, fornecem o caráter descritivo do mesmo o qual obrigatoriamente deve constar no rótulo conforme legislação específica do produto a ser comercializado; além destas informações nutricionais, pode-se obter informações sobre ingredientes básicos e alergênicos no modelo necessário de cada produto. Assim, esse projeto objetiva oferecer a realização de análises e laudos com os resultados de forma mais didática, segura e economicamente mais viável aos clientes. Somado a isso, a prestação desse serviço possibilita descobertas únicas e gera certezas para responsáveis técnicos do setor, afinal, gera uma sucessão de dados que se aliam a conhecimentos necessários para garantia de qualidade e conformidade com o que o produtor pretende vender.

Objetivo Geral

Oferecer aos profissionais ou empresas a realização de serviços de análises microbiológicas, físico-químicas ou nutricionais, bem como tabela e/ou rotulagem nutricional, seguindo os princípios do Manual de Métodos de Análises Microbiológica de Alimentos e Água (2017) além das Normas Analíticas do Instituto Adolf Lutz (2010).
Também se utiliza como referência a tabela TACO (Tabela Brasileira de Composição dos Alimentos) o que viabiliza o cliente estar de acordo com as normas do órgão sanitário regulador, ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Outra base é o Regulamento Técnico para rotulagem nutricional obrigatória de alimentos e bebidas embalados - Resolução RDC n0 359 de 23.12.2003 e RDC n0 360 de 23.12.2003.

Justificativa

A relevância desse projeto se dá em virtude de uma empresa necessitar da comprovação de fatos não visíveis a olho nu sendo que não há nada mais comprovatório que resultados embasados em análises confiáveis realizadas conforme técnicas padrões. Assim, o presente projeto oferece a oportunidade de qualquer setor alimentício ao acesso de resultados confiáveis de análises microbiológicas, físico-químicas ou nutricionais. Além disso, denota-se o fato de a rotulagem nutricional ser um item obrigatório para todo e qualquer produto que vá ser comercializado.
A realização do grupo de análises microbiológicas, que segue o Manual de Métodos de Análises Microbiológica de Alimentos e Água (2017) denota-se como útil para desvendar possíveis contaminações microbiológicas, o que direcionaria o produtor para o foco do problema; por outro lado, pode ser utilizado quando requer-se saber sobre microrganismos benéficos, se os mesmos estão contidos ou não em certos alimentos.
Em relação as análises físico-químicas e nutricionais, as quais seguem as Normas Analíticas do Instituto Adolf Lutz (2010), a importância se detém em avaliação de qualidade já que delas retiram-se informações qualitativas e quantitativas a respeitos de fatores intrínsecos ou nutricionais do alimento.
Sobre o serviço de tabela ou rotulagem nutricional, serão fornecidas todas as informações exigidas pela legislação específica do produto a ser comercializado, bem como informações nutricionais, ingrediente básicos e alergênicos no modelo necessário para o seu produto, ou, se por opção do cliente, a elaboração do rótulo do seu produto com todas as informações exigidas e enquadradas nas leis e de boa aceitação para o consumidor.
Dessa forma, esse projeto fornece ao setor alimentício e também à comunidade em geral, a oportunidade da realização desse serviço de forma prática e com valor reduzido sendo que as repostas geradas por esse serviço podem revolucionar um sistema de produção, melhorá-lo, prevenir não conformidades, garantir a conformidade para comercialização, dentre muitos outros benefícios.

Metodologia

A metodologia desse projeto compreende 5 etapas:
1. Realizar contato com o possível cliente;
2. Visita para coleta de amostras;
3. Realização da análise conforme métodos adequados;
4. Compilação das informações em um relatório;
5. Entrega do resultado ao cliente.
Fica a cargo do contratante optar pela forma de coleta; caso o mesmo queira se responsabilizar, constará esse dado no laudo como possível fonte de contaminação (se for o caso).
Em caso de o contratante optar pelo fornecimento de rotulagem do produto ou da tabela nutricional completa, será formulado o serviço conforme a necessidade que o cliente estiver apresentando.

Indicadores, Metas e Resultados

Traça-se como meta a realização de pelo menos 30 serviços ao final dos dois anos de atuação do projeto. Além disso, ainda poderá observar-se alunos mais capacitados e ambientados com os passos de realização de análises microbiológicas, físico-químicas e nutricionais bem como com a formulação de tabelas ou rotulagens nutricionais devido fomento da responsabilidade profissional destes alunos no que tange às atribuições futuras enquanto profissionais formados.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
AMANDA ELIS BRUINSMA
BRUNA TIMM GONÇALVES
ELIZANGELA GONÇALVES DE OLIVEIRA4
JUAN CARLOS MEDEIROS SOARES
PAMELA SILVA WOIGT
RAFAELA FAO NUNES
VICTORIA POLIANA RIUS VON MUHLEN

Página gerada em 13/04/2024 09:53:45 (consulta levou 0.130593s)