Nome do Projeto
Avaliação morfométrica de éguas gestantes - desenvolvimento de novos métodos
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
01/12/2020 - 01/12/2024
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias
Resumo
O uso do peso corporal de animais é essencial para planejamento nutricional, bem como para administrações de medicamentos. Hoje já existem alguns métodos para determinar o peso dos animais em locais onde não é possível realizar a pesagem em balanças como, por exemplo, o uso de medidas de circunferência torácica. Contudo, em éguas gestantes a partir do quinto mês as alterações na circunferência torácica não correspondem ao seu ganho de peso. Sendo assim, faz-se necessário o uso de outros métodos para avaliação facilitada do peso dessa categoria animal.

Objetivo Geral

Objetivo geral:
Desenvolver novos métodos de avaliação biométrica de éguas gestantes.

Objetivo específico:
Estipular novos método de avaliação biométrica em éguas gestantes de diferentes raças, com ênfase na raça crioula e Puro-Sangue inglês;
Desenvolver ferramentas digitais para a mensuração de peso de éguas gestantes;
Desenvolver ferramentas digitais para a mensuração de peso de éguas gestantes por meio de captura de imagem fotográfica.

Justificativa

O uso do peso corporal de animais é essencial para planejamento nutricional, bem como para administrações de medicamentos (WAGNER; TYLER, 2011). Sem este, tem-se o risco de realizar sub ou doses mais elevadas de medicamentos o que pode levar a uma intoxicação, por exemplo. Além disso, essa mensuração é utilizada em algumas categorias para acompanhar o desenvolvimento dos animais, seja em seu crescimento e desenvolvimento como ocorre no caso de potros, quanto na saúde e recuperação física (STANIAR et al., 2010).
Convencionalmente utiliza-se para estimar o peso a balança de precisão, contudo devido ao seu alto custo, dificuldades quanto a instalação e até mesmo de manejo dos animais, usa-se a fita para cálculo de pesagem (fita de pesagem). O uso dessa tornou-se comum devida praticidade, menor estresse causado aos animais e custo baixo.
A fita de pesagem estima o peso por meio da medida de circunferência do tórax (CARROLL; HUNTINGTON, 1988). Contudo, em alguns animais como as éguas gestantes a partir do quinto mês, por exemplo, essa medida não é correspondente (VIEIRA et al., 2017). Nessas não ocorrem alterações na circunferência torácica correspondentes ao seu ganho de peso (SERRA, S.F.; AURNHEIMER, R.C.M.; LISBOA, 2009). Isso se dá pelo fato de o peso gestacional ser acrescido pelo feto e seus anexos (PLATT, 1984). Além disso o aumento da circunferência que ocorre nas éguas é abdominal o que não é mensurado pela fita.
Observando esse fator, houve-se a tentativa de desenvolver um novo método para auxiliar na estimativa do ganho de peso dessa categoria (VIEIRA et al., 2017). Nesse novo método, utiliza-se mensurações em pontos específicos e emprega-se esses dados em uma fórmula de regressão estatística. Wagner & Tyler (2011) já haviam descrito uma fórmula de regressão a partir de algumas mensurações específicas, contudo sem especificidade para essa categoria equina.
Visto que o manejo dos animais de forma geral é muitas vezes realizado em planteis e não só por veterinários, mas por proprietários, peões. O uso desse método torna-se inviável. Seria indispensável treinamento e tempo para realização das mensurações por parte do usuário. Sendo assim, faz-se necessário o desenvolvimento de um novo método para avaliação facilitada do peso dessa categoria animal.
Com a facilidade de aquisição de telefones do tipo smart, o uso de ferramentas digitais se tornou extremamente comum. Além disto, estes aparelhos têm se popularizado por serem de fácil aprendizado e cada vez mais acessíveis para as diversas classes. Assim, para algumas espécies, já é possível o uso destes para mensuração de peso via captura de imagem fotográfica. Portanto, o objetivo é utilizar a captura de imagens, incluindo via smartfones, como um método de mensuração de peso para éguas gestantes.

Metodologia

Para realização desse experimento serão utilizadas éguas, mestiças da raça Crioula, com idade gestacional a partir de 200 dias de gestação. Essas serão mantidas em controle sanitário rígido e alimentadas de pastagem e concentrado comercial balanceado. Registro no CEAA: 7026.
As éguas serão mensuradas por meio de fita métrica quanto a sua altura, peso na balança, medidas de comprimento descritas por Wagner & Tyler (2011): (1) distância entre a parte cranial do tubérculo maior do úmero e a tuberosidade isquiática; (2) distância entre a parte cranial do tubérculo maior do úmero e a porção caudal do músculo glúteo. Além de medidas de pontos específicos segundo metodologia descrita por Vieira et al (2017): (3) medida dos perímetros de circunferência torácica e abdominal após expiração, em três regiões: porção mais estreita do tórax e terço caudal do esterno, 12° espaço intercostal e 18° costela; (4) mensuração da altura, sendo obtido através da utilização do hipômetro, medindo a distância do chão até a cernelha. Durante as mensurações, as éguas serão conduzidas para superfícies planas e mantidas na mesma posição, posicionadas com os quatro membros retos ao solo.
Serão efetuadas capturas de imagem fotográfica em cinco diferentes pontos obedecendo os ângulos da garupa 0, 45 graus, 90 graus, 135 graus e 180 graus correspondente a meia volta pela via lateral do animal preconizando o lado esquerdo do mesmo. Para fim de calibração da distância da captura de imagem um tabuleiro quadriculado com medidas conhecidas será posicionado lateralmente as éguas.
As imagens juntamente com todas as mensurações serão disponibilizadas em drive para posterior análise em parceria com o laboratório Datalab, sob orientação do Prof Dr. Ricardo Matsumura Araújo.

Indicadores, Metas e Resultados

Os primeiros indicadores a serem avaliados é a realização mensal das biometrias nas éguas gestantes, assim com a captura de imagens no mesmo momento. Com essas informações tabuladas, podemos passar para as análises estatísticas dos dados para confecção do modelo matemático, assim com análise das imagens. Para por fim, com resultados esperados, espera-se que seja possível realizar com alto grau de acurácia a mensuração de peso das éguas gestantes por meio de um novo método de mensuração.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANDRESSA GARCIA MOTTA
BRUNA DA ROSA CURCIO5
CARLOS EDUARDO WAYNE NOGUEIRA4
ELIZA MOREIRA PIEMOLINI
GABRIELA CASTRO DA SILVA
HORTENCIA CAMPOS MAZZO
IHAN BELMONTE BENDER
ISADORA PAZ OLIVEIRA DOS SANTOS
MARCOS EDUARDO NETO
MORGANA ALVES BORGES
NATÁLIA BUCHHORN DE FREITAS
PALOMA BEATRIZ JOANOL DALLMANN
RICARDO MATSUMURA DE ARAUJO2
ROBERTA WILBORN
VICTOR COSENZA VIEIRA DA SILVA

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPES / Coordenação de Aperfeiçoamento de Nível SuperiorR$ 10.000,00Coordenador

Plano de Aplicação de Despesas

DescriçãoValor
339033 - Passagens de Despesas de LocomoçãoR$ 5.000,00
339030 - Material de ConsumoR$ 5.000,00

Página gerada em 25/09/2021 13:18:47 (atualização a cada 15 minutos)