Nome do Projeto
MULTIFUNCIONALIDADE NA ORGANIZAÇÃO DO ESPAÇO PELA AGRICULTURA FAMILIAR: estudos empíricos nos estados de MG, RS,SP e SE
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
01/07/2021 - 31/07/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas
Resumo
Partindo da diversidade espacial como a característica principal do agro brasileiro, temos ao longo da história, o rural organizado distintamente em contextos regionais, assim atrelando culturas à áreas específicas. Constatamos também a diversificação em contextos sociais e econômicos, criando tipos específicos de agricultores e agriculturas. Uma das formas conceituais de entendimento de uma parte dessa realidade, resultado das “novas” dinâmicas do espaço rural, seria através da aplicação da noção de multifuncionalidade. A diferenciação de atividades nas unidades de produção agropecuárias não constitui um fato histórico novo, mas a valorização de tais atividades é que define o “novo”, o contexto de multifuncionalidade. Em decorrência desses fatos, muitas propriedades agrícolas têm alcançado o seu rendimento através de elementos externos aos limites de suas divisas, em atividades não agrícolas. Assim, a diversidade do campo torna-se um componente central que concebe uma multiplicidade de rurais, além de conformar novas articulações com o espaço urbano. Reconhecer o potencial multifuncional das propriedades rurais familiares é o primeiro passo para planejar e implementar o desenvolvimento municipal, quer pela ação individual ou comunitária, quer como objeto de políticas públicas. É com este objetivo que propomos o desenvolvimento do presente projeto, tendo como escala de análise estudos de caso a ser realizados em diferentes contextos histórico-espaciais, nos Estados de Minas Gerais, Rio Grande do Sul, São Paulo e Sergipe, a fim de permitir uma análise comparativa sobre a multifuncionalidade do espaço e o campo da agricultura familiar.

Objetivo Geral

- Estudar a multifuncionalidade da agricultura familiar em diferentes contextos históricos e geográficos

Justificativa

A justificativa para realização do presente projeto reside na continuidade de pesquisas que vêm sendo executadas no âmbito de projeto de pesquisa MULTIFUNCIONALIDADE NA ORGANIZAÇÃO DO ESPAÇO PELA AGRICULTURA FAMILIAR: abordagens comparativas sobre a paisagem rural nos estados de MG, RS e SP, em andamento e com previsão de término para 31 de julho de 2021. A proposta atual visa atualizar a ambrangência da área de pesquisa, com a inclusão do estado de Sergipe. Bem como, propiciar a atualização da equipe envolvida nesse empreendimento acadêmico-científico.

Metodologia

Para o desenvolvimento do presente projeto, toma-se como escala de
análise estudos de caso a ser realizados em diferentes contextos histórico-espaciais, nos Estados de Minas Gerais, Rio Grande do Sul, São Paulo e Sergipe, por meio de análises comparativas sobre a multifuncionalidade do espaço e o campo da agricultura familiar.A escolha dos três estados é resultado de trabalhos que vêm sendo desenvolvidos pelos grupos de pesquisa registrados nos diretórios dos Grupos do CNPq e sediados em Universidades públicas, respectivamente, NEA-UNESP-Rio Claro-SP, LEAA – UFPEL-Pelotas – RS, NEPGER – UNIMONTES – Montes Claros-MG e GERES- UNIFAL- Alfenas-MG. Constituímos, assim, uma rede de pesquisa denominada Rede de Estudos Agrários – REA que ancora temas comuns e norteadores como multifuncionalidade, estratégias de reprodução social e territorial, políticas públicas e desenvolvimento rural, autoconsumo e mercantilização, tendo como objeto a agricultura familiar e como categoria de análise a paisagem rural. A marca desses estudos se encontra nas abordagens de caráter qualitativo.

Indicadores, Metas e Resultados

Esta proposta pretende:
-Orientação de dissertações de mestrado;
- Orientação de trabalhos de conclusão de curso de graduação;
- Orientação de bolsistas de Iniciação Científica;
- Apresentação de trabalhos em congressos científicos;
- Publicação de artigos em periódicos científicos;
- Elaboração de relatórios parcial e final.
- Organização de uma coletânea – livro - na qual os resultados sejam apresentados para divulgação da pesquisa.
- Organização de colóquios para divulgação e discussão dos resultados obtidos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
DEMAICON SCHMIDT PETER
GABRIELA RODRIGUES GOIS
GIANCARLA SALAMONI4
JULIANA CRISTINA FRANZ
LUIZ FELIPE WASSMANSDORF
MAIARA TAVARES SODRÉ
MARIA REGINA CAETANO COSTA2
MATEUS SILVA DA ROSA
SIBELI FERNANDES
TIEISSA FONSECA DA SILVA

Página gerada em 24/10/2021 06:34:17 (consulta levou 0.113702s)