Nome do Projeto
X Seminário de Pesquisa do Mestrado em Artes Visuais - SPMAV
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
20/10/2021 - 31/05/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Linguística, Letras e Artes
Eixo Temático (Principal - Afim)
Educação / Cultura
Linha de Extensão
Artes visuais
Resumo
X SEMINÁRIO DE PESQUISA DO MESTRADO EM ARTES VISUAIS UFPEL (SPMAV) Sobrevivencias e estratégias poéticas-educativas e politicas na arte ocorrerá de 08 a 11 de novembro de 2021 por meio de plataformas digitais. O evento compreende comunicações, mesa de debates, exposições e rodas de conversas com pesquisadores sobre a arte contemporânea, estratégias metodológicas, questões de formação e linguagens. O seminário busca proporcionar um espaço de discussão e apresentação das pesquisas em desenvolvimento junto às linhas do programa bem como ampliar o debate compreendendo pesquisas em arte em construção junto aos pesquisadores atuantes na região sul e em outras regiões do Brasil.

Objetivo Geral

O evento visa propiciar um ambiente para compartilhar resultados de pesquisa entre pesquisadores, com a comunidade acadêmica e com o público em geral e fomentar a participação de pesquisadores de Programas de Pós-Graduação e de estudantes graduação de diferentes Instituições em eventos científicos e de inovação tecnológica. Além disso, ao potencializar o uso das tecnologias de comunicação virtual, busca impactar positivamente a abrangência regional, nacional e internacional do evento. Pretende-se, a partir deste evento, solidificar relações interinstitucionais, que contribuem para qualificar a pesquisa artística e reflexiva, com intercâmbio de conhecimentos e experiências.
Realizar o evento em formato remoto, com intuito de fomentar o debate, a partilha das experiências e das práticas adotadas em torno da arte educação nos diferentes níveis de atuação, através de uma programação centrada nas demandas em âmbito nacional e internacional;

Ativar o intercâmbio entre as associações, instituições e grupos de arte-educadores e artistas nacionais e internacionais buscando a mobilização em torno de ações político-conceituais, envolvendo as Artes Visuais e outras áreas do conhecimento.

Justificativa

O X SPMAV, Sobrevivências e estratégias poéticas-educativas e politicas na arte é oriundo do processo de formação dos mestrandos que ingressam no PPG e que organizam o evento de pesquisa cientifica no campos das artes visuais e transversalidades a promover a partilha de processos de estudos no campo da arte e por meio da produção artística a partir do sul sul. A programação envolve palestras, comunicações de trabalhos, exposições e publicação de anais.Pretende-se, a partir deste evento, solidificar relações interinstitucionais, que contribuem para qualificar a pesquisa artística e reflexiva, com intercâmbio de conhecimentos e experiências. A formação desta rede também deve potencializar o alcance dos resultados e a abrangência do evento e inclui a preocupação com a internacionalização, como forma de divulgação da pesquisa brasileira no exterior. A concentração de pesquisadores apresentando e discutindo suas pesquisas atuais nas áreas de poéticas, educação e teoria tem potencial de impacto pela criação de ambiente propício à atualização dos mesmos e das comunidades acadêmica e artística locais, além do adensamento das pesquisas que é proporcionado pelo debate com os pares e pesquisadores de áreas correlatas. A publicação de Anais amplia a abrangência para além da duração do evento em si, bem como as exposições e as atividades artísticas promovidas e registradas por meio das redes estendem seu impacto cultural. No ano de 2021 o projeto envolve os seguintes eixos temáticos:

Eixo Temático 1 – Virtualidade Arte-Educação no ensino remoto
Como pensar/fazer arte-educação em plena pandemia mundial? O que fica da
experiência em sala de aula quando ela se transforma em uma janela no computador?
Como mediar uma exposição de arte sem a presença física? Este eixo temático busca
refletir e compartilhar experiências de ensino remoto de artes no período da Pandemia
do Covid-19, desde experiências do ensino formal, em seus diversos níveis -
fundamental, médio e superior - até experiências de ensino não-formal, como
mediações online de exposições.

Eixo Temático 2 – Redes em Redes Processos artísticos e exercícios de criação
Como criar coletivamente em pleno isolamento social? Como produzir em grupo quando
o maior exercício de cuidado coletivo é não sair de casa? Esse eixo temático busca
refletir e compartilhar experiências de criação artística coletivas através de dispositivos
e redes. Experiências de residências artísticas virtuais, exposições em redes sociais,
novas formas de recepção artística através da internet, espetáculos em tempo
real/gravado, participação ativa de espectadores através de redes de comunicação.

Eixo Temático 3 – Resistências estruturais: Arte e política no Brasil hoje
Falar de política nas artes é também refletir sobre quem faz arte hoje no brasil. Este eixo
temático busca trabalhos que pensem raça, gênero e classe e suas intersecções no
campo das artes. Experiências de mapeamentos artísticos de sujeites racializades e de
múltiplas identidades de gênero, ativismos curatoriais, assim como maiorias
minorizadas em geral e seus fazeres artísticos.

Eixo Temático 4 – Usos do Corpo, Usos do Espaço
Como es artistes se relacionam com seus lugares? Como cada corpo/corpa processa e
é processade na criação artística? Neste eixo temático buscamos trabalhos que reflitam
sobre corpos/corpas e o/no espaço no mundo contemporâneo. O corpo e o espaço
podem ser obras, ferramentas e também um lugar de luta. Em um momento como esse
onde inúmeras pessoas sofrem diariamente com políticas de extermínio e opressão,
pensar a relação entre corpo e espaço é mais que um ato político, é essencial à

sobrevivência. São bem-vindas discussões a partir de territorialidades, gênero,
sexualidade e política no campo da arte.
Eixo Temático 5 - Da ponte pra cá: relações entre universidade e comunidades
periféricas.
Como a pesquisa e o ensino em artes dentro das universidades têm contribuído para
além do espaço acadêmico? Qual o retorno do ensino e da pesquisa junto às
comunidades periféricas? Neste eixo Temático buscamos refletir e compartilhar como
aquilo que é aprendido dentro dos cursos ultrapassam o muro da instituição. São bem
vindos trabalhos de extensão em diálogo com o campo das artes, experiências de troca
com saberes populares e intercâmbios com comunidades à margem da academia.
Eixo Temático 6 - Arte e meio ambiente
Como a arte pode dialogar com a natureza neste momento de colapso? Neste eixo
temático discutiremos trabalhos que abordam relações entre cultura e natureza, o
antropoceno, a sustentabilidade, cosmopercepções e religiosidades que encontram nos
elementos naturais suas respostas e suas abordagens nas artes contemporâneas,
assim como também trabalhos artísticos que façam uso de materiais da natureza em
sua composição.
Eixo Temático 7 - Escrevivências em arte
Como a vivência coletiva de um grupo se inscreve na vida de cada um de seus
indivíduos? O que das nossas experiências vividas fica marcado nas nossas escritas -
e trabalhos artísticos? Este eixo temático busca discutir e compartilhar experiências de
escrevivências na arte, estão contempladas narrativas artísticas contadas em primeira
pessoa, obras baseadas no cotidiano do autore e seus pares, experiências coletivas e
memórias compartilhadas.

Metodologia

Organização do evento a partir do levantamento de temas da pesquisa em arte contemporânea. Convite a pesquisadores para integrarem o conjunto de atividades cientificas do Seminário. Sistematização de plataformas digitais de comunicação. A natureza aberta e híbrida permite operar com diferentes materiais e métodos para alcançar os objetivos propostos. Concorrem: identificação de demandas, discussão de propostas, redefinição de metas, pesquisa gráfica, divulgação, execução das ações e disseminação de resultados e produtos realizado

Indicadores, Metas e Resultados

Formação continuada, formação global, intercâmbio de experiências para potencializar e compartilhar o conhecimento em torno do pensar, fazer, ensinar arte, percebidos em suas dimensões pedagógicas, poéticas e processuais, relacionadas aos contextos culturais contemporâneos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALEXANDRE FREITAS CARDOSO40
ANDY HELLEN MARQUES REAL
ANGÉLICA DE SOUSA MARQUES
CAROLINA CORREA ROCHEFORT40
CAROLINA FOGACA TENOTTI
CAROLINA POHLMANN DE OLIVEIRA
CAROLINE LEAL BONILHA
CLAUDIA MARIZA MATTOS BRANDAO40
CLÁUDIA DA SILVA PARANHOS
DENISE CASTANHA DE AVILA DE LEMOS
EDUARDA AZEVEDO GONCALVES46
Everton Cardoso Leite
FELIPE MERKER CASTELLANI40
GABRIELA KREMER DA MOTTA
GIOVANNI FONSECA BOSICA
GIULIANNA PICOLO BERTINETTI
Guilherme Susin Sirtoli
HELENE GOMES SACCO40
HUMBERTO LEVY DE SOUZA
ISABELA MARIA SANTOS SILVA
JESSICA FERNANDES DA PORCIUNCULA
JESSICA FERNANDES DA PORCIUNCULA
JOSÉ PAULO PORTELA ALVES
JÚLIA PETIZ PORTO
Karina Constantino Brisolla
LARISSA PATRON CHAVES SPIEKER40
LISLAINE SIRSI CANSI
Matheus Guilherme de Oliveira
NADIA DA CRUZ SENNA50
RENAN SOARES
RENATA SCHMIDT DE ARRUDA GOMES44
ROSANGELA FACHEL DE MEDEIROS
Renata Santos Sampaio
URSULA ROSA DA SILVA40
Wagner Ferreira Previtali
Wagner Ferreira Previtali

Página gerada em 25/06/2022 11:17:27 (consulta levou 0.164603s)