Nome do Projeto
Guia fotográfico para identificação de plantas de propriedades leiteiras em transição agroecológica do extremo sul do Rio Grande do Sul
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
03/07/2017 - 28/03/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Biológicas
Eixo Temático (Principal - Afim)
Meio ambiente / Meio ambiente
Linha de Extensão
Divulgação científica e tecnológica
Resumo
O presente projeto está vinculado ao Programa de Extensão intitulado "Núcleo de Ensino, Pesquisa e Extensão para produção Agroecológica de Leite", coordenado pela Professora Dra. Patrícia da Silva Nascente (Departamento de Microbiologia e Parasitologia - IB - UFPEL). O Programa tem por objetivo principal prospectar e instrumentalizar o grupo de produtores para a produção de leite orgânico na região Sul do RS, com vistas à implementação do processo de transição. Um dos objetivos específicos deste programa é o acompanhamento do processo de conversão agroecológica nas propriedades de pecuária leiteira, avaliando, dentre outros aspectos, as alterações na biodiversidade vegetal. Para tanto, se faz necessária a realização do diagnóstico da vegetação das propriedades, com vistas à detectar espécies de interesse, como as tóxicas, medicinais, nativas, invasoras, forrageiras, entre outras, além de converter, caso necessário a vegetação exótica ou degradada em uma vegetação própria para a pecuária leiteira resultando na validação do produto orgânico. Neste sentido, o levantamento florístico inicial visando um diagnóstico da vegetação das propriedades será realizado e, com isso, será possível elaborar um Guia Fotográfico das principais espécies de interesse encontradas em propriedades leiteiras do extremo Sul do Rio Grande do Sul, o qual será disponibilizado aos produtores envolvidos no programa e também para a comunidade regional em geral.

Objetivo Geral

Objetivo Geral: produzir um guia fotográfico prático, de fácil entendimento e manuseio para a identificação das espécies de plantas com maior interesse que são encontradas nas propriedades de pecuária leiteira em transição agroecológica.
Objetivos Específicos:
- coletar, identificar e fotografar as espécies vegetais;
- descrever brevemente as principais espécies de interesse das propriedades (tóxicas, forrageiras, ornamentais, medicinais, exóticas, invasoras, etc...)
- proporcionar, ao produtor, um mecanismo prático e acessível para detectar as plantas com potenciais diversos na sua propriedade, aliando o ensino, pesquisa e a extensão do conhecimento.

Justificativa

Segundo Vargas et al. (2003), a agroecologia preconiza um manejo ecológico dos recursos naturais, para que, através de uma ação social coletiva de caráter participativo e de uma estratégia sistêmica seja construído um modelo de agricultura e de vida sustentável. Neste sentido, é notória a alta e crescente demanda por produtos orgânicos, ou seja, produtos livres de agrotóxicos, adubos químicos, antibióticos, vermífugos e outras drogas veterinárias, cultivados em ambientes que considerem a sustentabilidade social, ambiental e econômica, valorizando as pequenas propriedades rurais.
Para Castro et al. (2016), na produção orgânica, os animais são criados com base em princípios de bem-estar, higiene e saúde, sem a utilização de antibióticos, hormônios, vermífugos, promotores de crescimento, estimulantes de apetite, uréia e demais aditivos não autorizados. O leite orgânico difere daquele obtido na pecuária convencional por não conter resíduos químicos de qualquer espécie, possuindo mesmo sabor e valor nutritivo, podendo ser consumido puro, sob a forma de lactoderivados ou incorporado a outros produtos.
Frente à esta demanda sustentável e ecologicamente correta, a produção de leite orgânico tem algumas regras no que tange a composição florística dos campos que serão utilizados na alimentação do rebanho, sendo proibido o uso de queimadas regulares, a superlotação dos pastos, o uso de agrotóxicos e a adubação mineral de alta concentração e solubilidade, como a uréia, sulfato de amônia, superfosfatos e cloreto de sódio.
Para tornar o conhecimento científico e acadêmico acessível para o produtor rural, o presente projeto objetiva fornecer de forma prática e didática, um guia fotográfico das principais espécies vegetais encontradas nas propriedades leiteiras da Região Sul, para que o pecuarista leiteiro possa conhecer, identificar e até mesmo conservar os táxons vegetais de interesse.

Metodologia

As propriedades que farão parte do projeto serão visitadas e o levantamento da flora será realizado. Coletas e fotografias serão realizadas para a identificação e posterior confecção do Guia. A identificação das plantas será realizada através da utilização de bibliografia botânica especializada, comparação direta com exemplares herborizados, depositados no acervo do Herbário PEL, e, quando necessário, pela consulta à especialistas. Quando necessário, coletas serão realizadas e posteriormente inseridas no acervo do Herbário PEL, Departamento de Botânica da UFPEL.
O Guia Fotográfico será constituído por fotografias feitas à campo para cada uma das espécies vegetais de interesse, bem como por uma breve descrição e observações adicionais (nome-popular, utilizações, curiosidades, etc.).

Indicadores, Metas e Resultados

O presente projeto objetiva alcançar de forma plena os objetivos propostos a fim de divulgar o conhecimento científico de forma rápida e didática. Com o guia fotográfico, o produtor leiteiro poderá reconhecer, identificar e, como consequência, conservar e manejar de forma adequada as espécies de sua propriedade.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
FRANCIELI PETER DA SILVEIRA
ISIS PAGLIA VITAL CHAVES
JÉSSICA DA CUNHA RAMOS
NATÁLIA CASTILHOS PIONER
RAQUEL LUDTKE3

Página gerada em 04/07/2022 08:24:10 (consulta levou 0.065590s)