Nome do Projeto
Acolhida dos Ingressantes do Curso de Química Industrial 2021/2
Ênfase
Ensino
Data inicial - Data final
21/03/2022 - 30/04/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra
Resumo
Os últimos dois anos foram verdadeiramente desafiadores para professores e alunos, que tiveram que adaptar-se a um novo modo de ensino, com enormes prejuízos no aprendizado. Os desafios foram enfrentados em todos os níveis de ensino, incluindo o ensino superior. Neste período, não apenas os alunos que já estavam matriculados nos cursos de ensino superior sofreram com retenção e evasão, mas também alunos que entraram na universidade e tiveram que aguardar um semestre inteiro para iniciar a graduação. No curso de Química Industrial da UFPel observou-se recentemente um aumento da desistência entre os alunos ingressantes de 2021/2 e que aguardam para iniciar o curso em março de 2022. Os ingressantes encontram-se em um estado de ansiedade muito grande, com muitas dúvidas sobre o curso e referentes às matrículas, vacinação, auxílios, entre outras que chegam diariamente no Colegiado. Dessa forma, o Colegiado do Curso de Química Industrial, juntamente com os representantes discentes, está propondo um projeto de ensino para que os ingressantes possam sentir-se acolhidos e mais seguros para o retorno das atividades acadêmicas, presenciais e remotas. Além de palestras apresentando a instituição, o curso e projetos institucionais, serão realizados momentos de encontro remoto com egressos do curso e palestras para esclarecimento de dúvidas recorrentes. O projeto será executado nos meses de março e abril, com previsão de palestras semanais.

Objetivo Geral

Amparar os alunos ingressantes do semestre 2021/2 do curso de química Industrial, que aguardam para iniciar a graduação em março de 2022. O projeto tem por objetivo dar o suporte necessário para que os ingressantes possam integrar-se à comunidade acadêmica com o mínimo de prejuízo na sua formação e andamento no curso, orientando sobre temas pertinentes e esclarecendo as dúvidas recorrentes.

Justificativa

A transição do ensino médio para o ensino superior sempre é seguido por muita expectativa pelos alunos. Entretanto, a coordenação do curso de Química Industrial tem observado que os alunos ingressantes do semestre 2021/2 estão muito mais ansiosos e inseguros do que normalmente ocorre. Além de todas as dúvidas usuais que os alunos apresentam ao ingressar no curso, há ainda as dificuldades impostas pela pandemia e a necessidade de adaptação tanto às atividades remotas, ainda necessárias, e às atividades presenciais que estão sendo retomadas. Muitos alunos são de fora do estado e precisam se organizar para o início das aulas em Pelotas. Assim, o Colegiado do curso está organizando atividades acadêmicas e de apoio que possam ser realizadas para deixar os alunos ingressantes mais seguros.

Metodologia

As atividades serão realizadas principalmente de modo remoto e algumas, de modo presencial. No modo remoto, serão realizadas palestras com a coordenação, com os representantes discentes, com alunos egressos do curso, com professores do projeto GAMA, entre outras atividades. No início do semestre, os representantes discentes vão orientar e acompanhar os ingressante do curso até o Campus Capão do Leão, local onde a maioria das disciplinas do curso será realizada. Esta atividade tem por objetivo tornar mais seguro o deslocamento dos alunos até o local da primeira aula presencial, principalmente para os alunos de fora de Pelotas. Os representantes discentes também farão um tour pelo campus com os alunos ingressantes para mostrar os prédios onde ocorrerão as aulas, a secretaria do curso, a biblioteca, o posto de saúde, o RU, os bancos, entre outros locais.

Indicadores, Metas e Resultados

Com as atividades propostas neste projeto, espera-se que os alunos ingressantes do semestre 2021/2 possam sentir-se acolhidos pela instituição e encontrar condições iniciais adequadas para integra-se ao meio acadêmico, reduzindo a evasão no curso. Em muitos casos, a evasão não ocorre apenas por questões econômicas de permanecer na cidade, mas também pela motivação em seguir o curso diante de dificuldades de diversas naturezas, como emocionais, por exemplo.
Ao final do projeto, os ingressantes preencherão um formulários apontando as suas percepções sobre as atividades e auxiliando a coordenação na organização de um projeto que poderá ser submetido no futuro.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALDELAINY MENEZES DA SILVA
ALECIA FERREIRA DA SILVA
AMANDA GOLDBECK GERBAUDO
ANA PAULA MARQUES DE OLIVEIRA
ANDRIELE LIMA DE SA
CLAUDIO DOS SANTOS NASCIMENTO
CÍCERO NACHTIGALL
DANIELA BIANCHINI3
EDUARDA BRIZOLA DE BONA
ERICA RAYANE SUCHARD AIRES
EULER VIEGAS LIMAS
GABRIEL TAVARES COUTO
INACIO LOPES KNEIB
JULIA LUCAS NEUMANN
JULIA SCHWENGBER
KARINE FLORES VILKE
KAUELY DE AVILA DOS SANTOS
LAVINIA PAULSEN BRAGA CARVALHO
LIVIA CONCEICAO LIMA VALENTE
LUCIO FLAVIO DE OLIVEIRA
MARCELA BELEN ALVAREZ
MARIANA ANTUNES VIEIRA1
MARIANA MOREIRA DA CUNHA
MIGUEL PEREIRA SOARES
MÁRCIO SANTOS DA SILVA
NATACIA GORES COSTA
NATHALIA BARBOZA COI
RAFAELA RUBIA SANT ANA DOS SANTOS
RAQUEL GUIMARAES JACOB
REJANE PERGHER
RODRIGO OLIVEIRA MOREIRA
Roberto Alves de Sousa Luz
SAVANA PEREIRA DE MEDEIROS
VANESSA SIAS GOMES
VICTORIA ROSS SOARES

Página gerada em 30/06/2022 17:10:30 (consulta levou 0.104487s)