Nome do Projeto
Estratégias de diferenciação de produtos agroalimentares no Brasil e na Europa.
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
10/03/2022 - 09/03/2026
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas
Resumo
O mundo da alimentação caminha para uma nova economia de qualidades entendida aqui não apenas do ponto de vista das características organolépticas e sensoriais, mas para a importância crescente de aspectos tais como a sustentabilidade, a revalorização dos atributos locais, a tradição, o respeito às justas relações de trabalho nos processos de produção, à equidade de gênero, etc. As indicações geográficas (IG), e os signos distintivos de mercado como um todo, ganham protagonismo no contexto das grandes transformações que atravessam os sistemas agroalimentares na atualidade. Espelham a transição de uma economia de volume para uma economia de valor, onde a ideia de qualidade assume uma conotação de excelência. O foco deste projeto de pesquisa é abordar as estratégias de diferenciação do ponto de vista de sua concepção e desenvolvimento, assim como dos desdobramentos de processos nesse âmbito.

Objetivo Geral

Analisar as estratégias dos diferentes atores sociais e instituições implicados em projetos de diferenciação de produtos agroalimentares no Brasil e na Europa, estudando os diferentes contextos institucionais que cercam a emergência de indicações geográficas e outros sinais distintivos de mercado.

Justificativa

O mundo da alimentação vem sofrendo mutações importantes no que tange à necessária transição para uma economia de qualidades. Isso inclui diversos fatores que sacudiram os pilares dos sistemas agroalimentares em nível mundial. Nesse âmbito tem-se a volta do Brasil ao "mapa da fome", bem como os efeitos deletérios da pandemia da Covid-19. O outro lado da moeda é o incremento dos níveis de sobrepeso e obesidade devido ao consumo de produtos ultraprocessados e de baixa qualidade nutricional. Taís aspectos cobram importância do ponto de vista acadêmico e institucional.

Metodologia

A metodologia envolve tanto o uso de fontes primárias como secundárias. No primeiro caso tem-se a coleta de dados mediante a realização de entrevistas e aplicação de questionários. No segundo caso consta o levantamento de informações de âmbito público e privado, incluindo censos e estudos de caráter e geral e específico. Há um amplo conjunto de pesquisas realizadas dentro e fora do Brasil dentro do que se convencionou chamar "dinâmica das redes agroalimentares alternativas". Nesse sentido, o presente projeto de pesquisa inclui uma revisão bibliográfica profunda e que sirva de base para o desenvolvimento de estudos de tipo comparado, assim como estudos de caso. Tal projeto esta conectado com a atuação dos membros da equipe na orientação de teses de doutorado e dissertações de mestrado.

Indicadores, Metas e Resultados

Apresentação de seis (06) trabalhos em congressos nacionais.
Apresentação de seis (06) trabalhos em congressos internacionais.
Publicação de seis (06) artigos em revistas indexadas.
Publicação de um (01) livro coletânea.
Orientação de duas (02) teses de doutoramento

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
FLAVIO SACCO DOS ANJOS10
GERMANO EHLERT POLLNOW
NADIA VELLEDA CALDAS4

Página gerada em 25/06/2022 16:23:01 (consulta levou 0.064782s)