Nome do Projeto
41º Encontro de Debates sobre o Ensino de Química
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
07/04/2022 - 30/12/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Multidisciplinar
Eixo Temático (Principal - Afim)
Educação / Trabalho
Linha de Extensão
Educação profissional
Resumo
O Encontro de Debates sobre o Ensino de Química (EDEQ) é um dos eventos mais tradicionais no campo educacional no Brasil. Iniciado em 1980, é anualmente realizado pela comunidade de Ensino de Química a partir de uma instituição sede, a qual é itinerante entre aquelas do Rio Grande do Sul. Com objetivos de integrar a comunidade que atua no campo do Ensino de Química e das Ciências em um espaço-tempo de discussões, articulações, parcerias e formação coletiva, tanto nos contextos do Ensino Básico quanto Superior, a história dos EDEQs evidencia sua importância no cenário educacional brasileiro e internacional. Com participantes de todos os níveis educacionais e de diferentes regiões do Brasil e de países vizinhos, em sua história, apenas nos anos de 1991 e 2020 o evento não ocorreu. No primeiro caso, a constituição incipiente da comunidade não viabilizou sua organização. No segundo, a situação de pandemia, vivenciada desde inícios do ano de 2020, impediu a sua realização. Ainda como desdobramentos da pandemia, em 2021 a 40ª edição do evento foi realizada de modo on-line, contanto com mais de 300 participantes. Em 2022, a 41ª edição busca retomar as ações do evento num sistema híbrido, com atividades presenciais e remotas. Isso se deve ao cenário de vacinação completa de mais de 70% da população brasileira, além do aumento do número de pessoas com a dose de reforço, e, necessariamente, ao seguimento de protocolos de saúde, higiene e segurança a serem adotados num formato presencial. Nesse contexto, realizar novamente o EDEQ no formato que contemple ações presenciais e remotas reforça o compromisso da comunidade do Ensino de Química em se articular. Mesmo com toda a dor causada pelos efeitos da pandemia, com mortes, crises sociais, políticas, econômicas e outras, em 2022 o EDEQ pretende ser um momento de celebração. Com a temática Celebrar a Vida, pretende-se constituir um momento de trocas e compartilhamento de pesquisas, experiências e ações que possam celebrar todo o esforço que nossa vida cotidiana e profissional nos implica para um trabalho de qualidade, principalmente em momentos adversos como os que temos vivenciado desde 2020. Além disso, celebrar a vida é uma forma de homenagear todas as pessoas que contribuíram para a saúde, segurança, educação e bem-estar da coletividade durante todo esse processo. No contexto dessa 41ª edição, celebrar também a ação docente especialmente pela data comemorativa do dia do professor, celebrada no dia 15 de outubro de 2022. Sendo pensado pela parceria entre UFPel e IFSul, o 41º EDEQ buscará integrar nos dias 14 e 15 de outubro de 2022 os aprendizados relacionados aos processos remotos no formato presencial, buscando criar ações híbridas, com participantes presentes física e remotamente. Para isso, espera-se que as agências de fomento e a própria comunidade, por meio de sua inscrição e participação, viabilizem mais uma bela edição desse evento tão significativo, marcante e importante à área, permitindo-nos, mais uma vez, celebrar a Educação, a Vida, a Amizade, a Coletividade e o próprio Ensino de Química.

Objetivo Geral

O 41º Encontro de Debates sobre o Ensino de Química tem como objetivo geral constituir e, cada vez mais, legitimar um espaço e tempo de articulação, compartilhamento, reflexão e compreensão das diferentes experiências que ocorrem cotidianamente no fazer educação por meio da Química, possibilitando à comunidade da Educação Química (atuante nos diferentes níveis de ensino) movimentos e intercâmbios regionais, nacionais e internacionais que promovam o desenvolvimento e a ampliação da capacidade criativa das suas concepções e práticas.

Justificativa

O histórico de desenvolvimento dos EDEQs ao longo de suas 41 edições evidencia tanto sua consolidação quanto seu deslocamento territorial. Sendo realizado no leste, centro, centro-oeste, sul e norte do estado do Rio Grande do Sul, ele contemplou, em sua história, múltiplos sujeitos e realidades. Trazê-lo novamente à região de Pelotas significa, nesse sentido, possibilitar à comunidade do EDEQ o contato com uma cidade histórica, centro geopolítico e econômico da região sul. Além dessas características, Pelotas também se destaca como pólo educacional dessa região, apresentando diversas instituições de ensino público e privado em todos os níveis. Em termos de formação docente em química, a cidade, hoje, oferece cursos de licenciatura na UFPel e no IFSUL, instituições organizadoras do atual EDEQ.
Uma vez que o evento circula entre distintas instituições de ensino do Rio Grande do Sul em sua organização, os desafios de organizá-lo também se multiplicam a cada ano. Especialmente na presente edição, que ainda se coloca num contexto de pandemia, os desafios de realizar um evento com ações presenciais e remotas se faz presente e coloca como fundamental o apoio das agências de fomento para sua realização. Haja visto o cenário de vacinação completa de mais de 70% da população brasileira, o aumento do número de pessoas com a dose de reforço, a diminuição da ocupação dos leitos hospitalares e as aprendizagens a respeitos das potencialidades das ações remotas via sistemas de comunicação, assume-se viável a proposta de sua organização no formato híbrido (com atividades presenciais e remotas).
Dado esse cenário, o apoio financeiro justifica-se pela importância de sua realização e os custos envolvidos num evento que traga todas as características de uma edição presencial (com infraestrutura de salas, material, passagens, estadias, alimentação, serviços técnicos e outros), que siga os protocolos de saúde, higiene e segurança a serem adotados no momento atual e, ainda, viabilize ações remotas a seus participantes a partir de infraestrutura das tecnologias da informação e comunicação.

Metodologia

Para o 41º EDEQ serão realizadas:

- atividades descentralizadas, já clássicas ao evento, denominadas de "Pré-EDEQ", sobre as quais os diferentes grupos de participantes se organizam e discutem sobre um tema comum indicado pela coordenação do evento;

- atividades presenciais nos dias 14 e 15 de outubro de 2022, que constituem o próprio evento

- atividades híbridas nos dias 14 e 15 de outubro de 2022, que constituem a tentativa inaugural de trazer ações híbridas ao evento

- atividades culturais e gastronômicas que integrem os participantes e os insiram no contexto da cultura da região de Pelotas

- atividades de reunião da comissão de organização, desde o índio do projeto

- atividades de gestão do evento, distribuição de atividades, avaliação de trabalhos e interação com os participantes

-atividades de integração com a Escola Básica

- atividades de avaliação final do evento realizado

Indicadores, Metas e Resultados

Como metas e indicadores há:

- Meta: Participação de docentes e discentes dos diferentes níveis educacionais.
Indicador: participantes inscritos

- Meta: Participação de sujeitos de diferentes regiões do Rio Grande do Sul, do Brasil e de países vizinhos
Indicador: participantes inscritos

- Meta: Realização de atividades específicas de aprofundamento no campo do Ensino de Química e atividades gerais de interação e integração entre os participantes.
Indicador: Programação do Evento

- Meta: Valorização dos sujeitos docentes da Escola Básica.
Indicador: Inserção dos sujeitos docentes nas atividades programadas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALESSANDRO CURY SOARES24
ALZIRA YAMASAKI24
BRUNA GABRIELE EICHHOLZ VIEIRA
BRUNO DOS SANTOS PASTORIZA2
CAMILA LITCHINA BRASIL
FABIO ANDRE SANGIOGO24
FERNANDA KAROLAINE DUTRA DA SILVA
Flávia Moura de Freitas
MARCELO MOLLER ALVES
MATHEUS ZORZOLI KROLOW
NATALÍ FARIAS CARDOSO
PAOLA BORK ABIB KOHN
THAÍS RUAS VIEGAS
VERIDIANA KROLOW BOSENBECKER
VITÓRIA SCHIAVON DA SILVA
VIVIANE MACIEL DA SILVA

Recursos Arrecadados

FonteValorAdministrador
Taxa de InscriçãoR$ 125.000,00Fundação Delfim Mendes da Silveira

Plano de Aplicação de Despesas

DescriçãoValor
339014 - Diária Pessoa CivilR$ 2.000,00
339018 - Auxílio Financeiro a EstudantesR$ 4.000,00
339020 - Auxílio Financeiro a PesquisadorR$ 7.000,00
339030 - Material de ConsumoR$ 10.000,00
339031 - Premiações Culturais, Científicas, Desportivas e OutrasR$ 10.000,00
399032 - Material de Distribuição GratuitaR$ 12.000,00
339033 - Passagens de Despesas de LocomoçãoR$ 10.000,00
339036 - Outros Serviços de Terceiro - Pessoa FísicaR$ 2.000,00
339039 - Outros Serviços de Terceiro - Pessoa JurídicaR$ 39.600,00
339040 - Serviços de Tecnologia da Informação e Comunicação Pessoa JurídicaR$ 5.000,00
339147 - Obrigações Tributárias e ContributivasR$ 400,00
449052 - Equipamentos e Material PermanenteR$ 23.000,00

Página gerada em 01/07/2022 23:08:37 (consulta levou 0.100941s)