Nome do Projeto
EXPERIÊNCIAS EDUCATIVAS: INFÂNCIA E EDUCAÇÃO DO CORPO NA OBRA DE PORTINARI
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
21/03/2022 - 22/03/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas
Eixo Temático (Principal - Afim)
Educação / Cultura
Linha de Extensão
Metodologias e estratégias de ensino/aprendizagem
Resumo
Este projeto busca contribuir para promoção de uma pedagogia que valorize as dimensões ética, estética, conceitual e técnica dos conhecimentos, através do investimento coletivo e colaborativo entre professores de diferentes os componentes curriculares, em processos de formação que valorize as práticas docentes, o estudante e sua relação com os saberes e a escolaridade. Neste sentido, temos como horizonte a emancipação humana, o pensar por si mesmo, fundamental nos processos de transformação social que passa pela transformação de si mesmo, do sentido da escolaridade e da vida, considerando as suas dimensões antropológica, sociológica e psicofísica. Considerando a necessidade de se refletir sobre a educação pública, sobretudo a destinada as classes populares, em tempos de luta social e política por direitos não somente do seu acesso como também o de uma educação de qualidade para todos, de efetiva democratização dos saberes e conhecimentos mais elaborados e historicamente produzidos pela humanidade, este projeto surge como uma estratégia didático-pedagógica, coletiva e interdisciplinar, colaborativa e transformadora, promotora do estudo, reflexão e resgate de princípios e valores humanos universais. Trata-se de investir na formação coletiva que valorize a educação dos sentidos e que proporcione o conhecimento do mundo em que vivemos, como ele se expressa nas suas mais diferentes linguagens, sobretudo um conhecimento que nos aproxime e fortaleça nossa relação com as comunidades e o país. Estudar e conhecer o artista Candido Portinari nos permite entrar em contato, contemplar e refletir sobre uma época e território, ou ainda com a formação do sentido de ser brasileiro, expresso na beleza de seus quadros. A valorização e reflexão sobre a sua obra denos leva a articular educação, infância e corpo presente em parte de sua obra dedicada a representar a sua cidade e seu país. O Brasil contemporâneo é traduzido em seus quadros com sua força estética, política e cultural, isso que nos remete aos grandes interpretes do Brasil como Gilberto Freyre, Caio Prado jr, Nelson Werneck, Sérgio Buarque de Holanda, mais recentemente, Florestan Fernandes e Darcy Ribeiro. Inspirados neste artista singular que pintou Brodówsqui, sua cidade natal, nos lançamos no desafio de socializar as experiências educativas que buscaram realizar este mesmo movimento em relação aos contextos particulares e comunidades locais como Campeche, Pantanal etc da cidade de Florianópolis. Buscando ultrapassar os muros da escola para conversar com os antigos, encontrar e conhecer os espaços de trabalho e lazer que outrora era palco de suas brincadeiras, jogos, folclore, tradições e que marcam suas infâncias e vidas. O Projeto Portinari, dirigido pelo seu filho João Candido Portinari buscou reunir a obra deste autor que pintou tão emocionadamente a alma, o povo e a vida do brasileiro. Um intenso trabalho de resgate sistemático, minucioso e abrangente da sua vida e obra, foi realizado contribuindo com a busca de uma identidade nacional e resgate da nossa memória. (http://www.portinari.org.br/) Esta proposta formativa se dirige prioritariamente aos professores da rede pública de ensino de Florianópolis, mas também a estudantes, professores e pesquisadores das universidades brasileiras.

Objetivo Geral

Propomos ações formativas, coletivas e interdisciplinares, que por meio das múltiplas linguagens promovam a aprendizagem das dimensões estéticas, éticas, conceituais e técnicas de conhecimentos relacionados a arte e a educação do corpo na obra de Candido Portinari. Buscamos ainda, como objetivos específicos:
1. despertar o interesse pela arte e cultura brasileira, particularmente a comunitária, através de atividades interdisciplinares em arte, línguas e educação física;
2. promover a formação inicial e continuada de professores sustentada numa pedagogia colaborativa, relacional, criativa e transformadora;
3. promover a reflexão sobre os limites e possibilidades da Proposta Curricular do município e a Base Nacional Comum Curricular.
4. Lançar o Livro EXPERIÊNCIAS EDUCATIVAS: INFÂNCIA E EDUCAÇÃO DO CORPO NA OBRA DE PORTINARI.

Justificativa

Consideramos a arte e educação em sua dimensão transformadora, criativa, de conhecimento vinculado a forte articulação entre o conceito e a técnica, teoria e prática. Surge desta tensão uma Pedagogia colaborativa, relacional, criativa e transformadora tendo a obra de Portinari como referencia, demarcando sobretudo a importância do brincar, brinquedos e jogos que transcendem as barreiras geracionais, ou ainda que se expressam comunitariamente como pulsão para vida.

Num esforço interdisciplinar que mobiliza disciplinas como arte, educação física, língua portuguesa e estrangeira, vamos estabelecendo uma outra relação com estes espaços e histórias, para conhecer, experimentar, aprender estas expressões da vida, reinventando novas formas de viver o presente a partir da tradição e da valorização da nossa história e cultura na direção da construção de relações de reciprocidade que atentem para o bem comum.

Este projeto tem referencia em toda uma tradição pedagógica do qual participam Anísio Teixeira, Fernando de Azevedo, Antonieta de Barros, Paulo Freire, Emília Ferreiro, Demerval Saviani, outros/as. Mas recentemente ele vem se inscrever no que prescreve LDB (LEI 9393/1996) e a nova BNCC (PORTARIA MEC 1570, 20/12/2017) entre outros

Metodologia

Curso de formação de professores em duas etapas:

1) 21 e 22 de março de 2022: Abertura, lançamento de livro e-book e três mesas redondas dirigidas aos professores da PMF, estudantes da UFSC e UFPEL, entre outros professores e estudantes, tematizando: INFÂNCIA E EDUCAÇÃO DO CORPO NA OBRA DE PORTINARI

2) 20 a 24 de junho de 2022: Abertura, lançamento de livros (física) e um curso dirigido aos professores da PMF e estudantes da UFSC, entre outros professores e estudantes, tematizando: INFÂNCIA E EDUCAÇÃO DO CORPO NA OBRA DE PORTINARI

Este projeto e organiza de forma interdepartamental, buscando potencializar os recursos humanos e físicos da universidade, escolas e comunidades onde se realizam. Utilizaremos dos recursos tecnológicos que nos permitem o trabalho remoto como forma de ampliar o alcance das nossas iniciativas e preservar os sujeitos envolvidos em tempos de pandemia ou de seu recrudescimento.

Criar condições para o trabalho interdisciplinar e a inovação pedagógica no âmbito da escola pública, promovendo a formação de seus quadros.

Lançar e publicizar o Livro EXPERIÊNCIAS EDUCATIVAS: INFÂNCIA E EDUCAÇÃO DO CORPO NA OBRA DE PORTINARI, produzidos por estudantes e professores da universidade, alunos e professores da educação básica, e destinados a formação de pesquisadores, professores (inicial e continuada) quanto para utilização de escolares e seus professores nas escolas da rede.

Indicadores, Metas e Resultados

Esperamos mobilizar professores (100), pesquisadores (30) e estudantes universitários (20) durante o primeiro semestre de 2022 em torno de uma proposta de tematização da obra de Candido Portinari, a fim de promover a arte e as práticas corporais comunitárias. Também fazem parte deste horizonte criar condições para o trabalho interdisciplinar e a inovação pedagógica no âmbito da escola pública e refletir e criar estratégias pedagógicas de transição da educação infantil para os anos iniciais. Assim, busca-se estreitar as relações entre as unidades da rede pública, sobretudo entre Núcleos de educação infantil e escolas básicas. A articulação dos projetos escolares, principalmente com “Cultura da Paz”, busca potencializar as atividades escolares e sua relação com a comunidade.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANGÉLICA DE SOUSA MARQUES
Fábio Machado Pinto30
GABRIELA DE MORAES DAMÉ
PAULO RENATO VIEGAS DAME30

Página gerada em 18/05/2024 08:17:19 (consulta levou 0.138521s)