Nome do Projeto
A depressão pós-parto: biomarcadores e efeitos no neurodesenvolvimento da prole
Ênfase
Ensino
Data inicial - Data final
02/05/2022 - 02/05/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Biológicas
Resumo
A depressão pós-parto (DPP) tem ganhado atenção nos últimos anos da população em geral e da saúde pública. Estima-se que 15% das mulheres sofrerão de DPP até o primeiro ano após o nascimento do bebê (1). Os efeitos da DPP são variados e ainda não totalmente conhecidos, afetando desde a qualidade de vida da mãe, a sua interação e cuidado com a prole e o desenvolvimento das crianças que podem apresentar prejuízos até na vida adulta. Ainda, o suicídio da mãe é a segunda maior causa de morte no período pós-natal (2). O tratamento com antidepressivos tem sido muito utilizado e possui efeitos benéficos, mas seus efeitos colaterais geram preocupação. Outro fator relevante é o estigma que afeta as pessoas acometidas por transtornos como a depressão, ainda mais num período tão glamourizado da vida da mulher, como no nascimento de uma criança. Dessa forma, muitas mulheres retardam ou não procuram assistência médica e psicológica quando começam a apresentar os primeiros sintomas da DPP. O diagnóstico é totalmente clínico, muitas vezes demorando a ser fechado ou não sendo diagnosticado corretamente e, assim, atrasando o melhor tratamento e aumentando os danos nas mães e crianças. Assim, a busca por biomarcadores que possam ser usados como adjuvantes no diagnóstico, principalmente precoce, tem aumentado nos últimos anos. Entender também como a DPP pode afetar o neurodesenvolvimento da prole ao longo da sua vida, para então propor terapias/tratamentos e meios de prevenção também tem sido alvo de pesquisas de vários grupos ao redor do mundo. Dessa forma, esse projeto se propõe a fazer uma revisão na literatura quanto aos biomarcadores da DPP já avaliados e os efeitos no neurodesenvolvimento da prole que já foram demonstrados.

Objetivo Geral

O projeto visa realizar uma revisão na literatura acerca dos biomarcadores da DPP e efeitos desse transtorno no neurodesenvolvimento na prole.

Justificativa

Considerando o aumento dos casos de DPP ao redor do mundo, sua demora no diagnóstico que pode acarretar prejuízos a mãe e ao neurodesenvolvimento da prole a longo prazo que ainda não são muito conhecidos. Assim, o projeto visa entender mais sobre a DPP, seus mecanismos e efeitos, bem como seu possível diagnóstico por meio dos biomarcadores, abrindo possibilidade de futuros projetos para o grupo de pesquisa. A busca de artigos em revistas científicas internacionais, sua leitura crítica e interpretação, bem como o entendimento e uso da metodologia científica visam reforçar a formação de futuros profissionais atentos, atualizados e éticos em suas áreas de trabalho. Além disso, proporcionar aos alunos a troca de conhecimentos científicos, a apresentação de seminários e produção de trabalhos e artigos também irá colaborar nas suas formações profissionais.

Metodologia

Para a execução do projeto serão realizadas reuniões quinzenais de 2 horas, de forma remota inicialmente por conta da pandemia. Nesses encontros, haverá apresentação de artigos científicos na forma de seminários, bem como a atualização no andamento do trabalho.

Inicialmente será realizada uma busca inicial sobre as possíveis palavras-chaves que serão utilizadas para a produção dos artigos. Após a definição das palavras-chaves, serão determinados os critérios de exclusão de possíveis trabalhos. Uma tabela com os artigos que serão utilizados nas revisões será criada e as possíveis divisões de tarefas entre os integrantes do grupo será realizada.

Os alunos e a professora farão uma leitura atenta e crítica dos trabalhos, sempre discutindo com o restante do grupo nos encontros quinzenais. A partir dos principais achados, será produzida, pelo menos, uma revisão sistemática para ser apresentada em eventos científicos e publicada em revista internacional.

Além da produção científica a partir dos resultados da pesquisa, o projeto adota ata de frequência para registro de cada encontro. Os participantes deverão obter frequência de 75% nas reuniões para que possam ter certificado.

Indicadores, Metas e Resultados

Indicadores:

Estimular os alunos a leitura crítica de artigos científicos atualizados, a escrita de trabalhos e a apresentação de seminários.

Compreender e estimular o uso da metodologia científica pelos participantes.

Produção de artigo de revisão sobre os temas em inglês.



Metas:

Estimular o raciocínio científico dos participantes por meio de referências atualizadas.

Aprimorar a exposição oral, a leitura e interpretação de artigos em inglês, bem como a escrita de trabalhos científicos.

Produzir pelo menos um artigo de revisão a ser submetido para apreciação em revistas científicas internacionais.

Apresentação dos resultados encontrados em eventos científicos.

Estimular os alunos a pensar em futuros projetos dentro da temática que poderiam ser desenvolvidos tanto pela pesquisa clínica quanto pela pesquisa básica.

Resultados esperados:

A partir da leitura crítica dos artigos selecionados pela busca das palavras-chaves, espera-se que mecanismos e biomarcadores possam ser apontados, facilitando o desenvolvimento de futuras pesquisas sobre os temas por diferentes grupos de pesquisa no mundo.

Espera-se produzir pelo menos um artigo de revisão que será submetido para apreciação em revistas científicas internacionais.

Os participantes do projeto serão incentivados a participarem e apresentarem os resultados em eventos científicos regionais e nacionais.

Ainda, é esperado que ao se produzir a revisão científica, os alunos sejam estimulados ao pensamento científico crítico, bem como desenvolvam suas capacidades de leitura e escrita em inglês e apresentação de seminários.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BRUNA FERRARY DENIZ6
HAYANA LUIZA RUZZA ALTENHOFEN
ISABEL OLIVEIRA DE OLIVEIRA
JULIA BOEIRA RIBEIRO
LIA GUAREZI MENGARDA
MARIA FERNANDA MEES
VITOR TEIXEIRA COUTO DE ALBUQUERQUE CODOGNOTTO

Página gerada em 29/06/2022 15:18:21 (consulta levou 0.066759s)