Nome do Projeto
SERVIÇO DE TRIAGEM INFANTO-JUVENIL DE UMA CLÍNICA ESCOLA DE PSICOLOGIA
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
20/04/2022 - 31/12/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas
Resumo
A clínica escola do curso de psicologia tem por objetivo disponibilizar atendimento à população local e fomentar o desenvolvimento do aluno durante a sua formação. Ambos foram afetados pela pandemia de COVID-19 com a paralisação das atividades na Universidade Federal de Pelotas, acarretando na defasagem de mais de 200 encaminhamentos para atendimento psicológico materno-infantil (2019-2021). Com o retorno das atividades no presente ano fez-se necessário a realização de triagens para evolução das queixas e acolhimento das famílias no serviço de psicologia. As informações coletadas nas triagens serão base para um estudo descritivo transversal com enfoque quantitativo, cujo objetivo é elaborar um levantamento das características e queixas de saúde mental do público infanto-juvenil no Departamento Materno-Infantil da universidade.

Objetivo Geral

Caracterizar a população infanto-juvenil através das triagens do Serviço Escola de Psicologia da UFPel a partir de novembro de 2021.

Justificativa

A fase da infância é compreendida por ser um período de muitas descobertas e inquietações. O reconhecimento de novas emoções, a criação de vínculos com cuidadores e com iguais e a busca incessante em entender o que está acontecendo ao seu redor são fatores que marcam esse estágio na vida do ser humano. Assim, são várias as dimensões e determinantes que estruturam o psiquismo da criança, tais como o contexto social em que está inserida, sua rede de apoio, aspectos genéticos e físicos etc. (Coll, Marchesi, Palácios & Cols, 2004).
Já na fase da adolescência, Savietto (2010) destaca que o indivíduo é redimensionado do seu referencial identificatório, ou seja, o mesmo é desligado de sua posição de criança para então tornar-se adolescente. As questões adolescentes passam a ser, portanto, diferentes das de quando criança e novos aspectos entram em cena: a relação com o corpo/consigo mesmo, um novo olhar da sociedade, uma nova posição social etc. Dessa forma, essa fase é considerada um período de fragilidade pela autora, pois demanda do sujeito depreender-se do passado e criar novas possibilidades de existir no mundo.
Em relação ao contexto brasileiro, Fleitlich-Bilyk e Goodman (2004) comprovaram que, em uma amostra no sudeste do país, uma a cada oito crianças desenvolvem algum transtorno psiquiátrico durante esta fase do desenvolvimento. Neste sentido, liderados pelo Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade e Transtorno de Conduta, demais psicopatologias como os Transtornos de ansiedade, Transtorno de estresse pós-traumático e Transtorno obsessivo-compulsivo, são os quadros psicopatológicos mais comuns na infância (OMS, 2016).
O Departamento Materno-Infantil, da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), responde às demandas de saúde mental do público infanto-juvenil por meio de atendimento psicológico e avaliação psicológica a esta população. Isto é, os jovens que são atendidos ao longo do desenvolvimento pelo serviço são encaminhados para a Clínica-Escola de Psicologia quando, nas consultas pediátricas, apresentam queixas relacionadas à dificuldades de adaptação ou indicativos psicopatológicos.
A pandemia de COVID-19, oriunda do vírus SARS-CoV-2, detectado na China no ano de 2019, trouxe problemáticas a nível global, demandando medidas de biossegurança específicas, tais como o isolamento social (Organização Pan-Americana de Saúde, 2020). Deste modo, as medidas de distanciamento adotadas, devido à pandemia de COVID-19, ocasionaram múltiplos efeitos negativos no público infanto-juvenil, dentre eles, a interrupção da rotina, medo da infecção pelo vírus, distanciamento dos pares e aumento do sentimento de insegurança (Imran; Zeshan & Pervaiz, 2020).
Durante a pandemia, uma importante revisão sistemática atestou o aumento de incidência de psicopatologias no público infanto-juvenil, em diferentes contextos (Samji et al, 2021). Neste sentido, atestou-se o aumento da prevalência de sintomatologia ansiosa e depressiva em crianças e adolescentes, com destaque para a população de adolescentes mais velhos, meninas, pessoas neuro diversas e que vivem com doenças crônicas (Samji et al, 2021).
Devido à medida de biossegurança do isolamento social, adotado durante os anos de 2020 e 2021, foram suspensos os atendimentos presenciais do serviço de Psicologia no Departamento Materno-Infantil. Contudo, em novembro de 2021, as atividades do local retornaram, tendo em média 300 encaminhamentos defasados, desde o ano de 2019. Sob esse contexto, fez-se necessária a realização de triagens psicológicas com os responsáveis de cada criança ou adolescente, a fim de atualizar a evolução das queixas e acolher novamente às famílias no serviço.
A triagem psicológica é um método de psicodiagnóstico, com o objetivo de acolhimento e compreensão inicial da queixa e do sofrimento do paciente (Marques, 2005) Neste sentido, autores como Deluca et al. (2018), em Porto Alegre, e Melo & Perfeito (2006), em Uberlândia, têm demonstrado a importância do serviço de triagem em clínicas-escola de psicologia, a fim de direcionar tratamentos e elaborar levantamentos epidemiológicos e clínicos dos pacientes atendidos.
No Serviço-Escola de Psicologia da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL), As triagens tiveram o objetivo de coletar informações sobre os sujeitos que encaminhados para atendimento ou avaliação psicológica, tais como sexo, idade, escolaridade, presença de diagnósticos prévios, queixa principal, acompanhamento psicoterápico ou psiquiátrico, histórico familiar de transtorno psiquiátrico e etc. Isto é, a coleta de dados valeu-se para realização de futuras intervenções individualizadas a cada paciente, bem como para a elaboração de um levantamento das características e queixas de saúde mental do público infanto-juvenil no Departamento Materno-Infantil da universidade.

Metodologia

Trata-se de um estudo descritivo, transversal com enfoque quantitativo. De acordo com Lakatos e Marconi (2003), as pesquisas quantitativas-descritivas consistem em investigações de pesquisa empírica cuja principal finalidade é o delineamento ou a análise das características de fatos ou fenômenos, a avaliação de programas, ou o isolamento de variáveis principais. Para Gil (2007), as pesquisas descritivas são, juntamente com as exploratórias, as que habitualmente realizam os pesquisadores sociais preocupados com a atuação prática. Nesse sentido, esse estudo irá utilizar-se do levantamento de dados das triagens infantojuvenis realizadas no Serviço Escola de Psicologia desde o período de novembro de 2021, utilizando análises estatísticas e empregando probabilidades a fim de demonstrar significância.
Quanto aos procedimentos, este estudo pode ser classificado como de levantamento. Segundo Gil (2017), os levantamentos nem sempre são pesquisas em que participam todos os integrantes da população estudada. O autor afirma que mediante procedimentos estatísticos podem-se estabelecer uma amostra desta população, a qual será objeto de investigação. Com base nessa amostra, são obtidas conclusões, as quais poderão ser projetadas para a população total, sempre se considerando a margem de erro, obtida conforme cálculos estatísticos (Gil, 2017).

Indicadores, Metas e Resultados

Analisar as características dos pacientes infanto-juvenis que realizaram triagem no Serviço Escola de Psicologia;
Atualizar os encaminhamentos e as queixas dos pacientes encaminhados ao Serviço Escola de Psicologia.
Construção de um banco de dados atualizado dos pacientes encaminhados ao setor de Psicologia;
Planejar e realizar as intervenções necessárias de acordo com as queixas dos pacientes deste banco.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
DANIEL DA SILVA DALLA VECCHIA
DANIEL RODRIGUES ECHEVARRIA16
EDUARDA MARTINS MALUE
EDUARDA PIZARRO DE MAGALHAES
LUCIANA MECKING ARANTES16
MARIA TERESA DUARTE NOGUEIRA26
MARIANA GOUVÊA SILVEIRA
MARTA MIELKE VARZIM
PAMELA PIEPER DOS SANTOS
TIFFANI GOMES CARDOZO

Página gerada em 01/07/2022 23:46:07 (consulta levou 0.256069s)