Nome do Projeto
Estudos e desenvolvimento acadêmico dos cursos de Educação Física: CEFID/UFRGS e ESEF/UFPEL
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
31/05/2022 - 15/12/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde
Resumo
O objetivo desse estudo será analisar o banco de dados gerados a partir da pesquisa "Acadêmicos de Educação Física da UFRGS e da UFPEL na pandemia de COVID-2019: Estudo sobre variáveis associadas à saúde, acesso à tecnologia e ensino remoto" o qual buscou investigar o estado de saúde e a realização de atividade física, sintomas e testagem de COVID-19 dos acadêmicos do curso de Educação Física da UFRGS e da UFPel durante o período de distanciamento social oriundo da pandemia de COVID-19. A justificativa é baseada na necessidade de analisar o banco de dados referente ao acadêmicos nesse período, bem como o estado de saúde biopsicossocial e o nível de atividade física. O delineamento do estudo foi do tipo survey e a amostra foi composta por 20% dos acadêmicos dos cursos de Educação Física de ambas as Universidades. O instrumento foi um questionário enviado via digital através de formulário Google Docs.

Objetivo Geral

Analisar o banco de dados gerados a partir da pesquisa "Acadêmicos de Educação Física da UFRGS e da UFPEL na pandemia de COVID-2019: Estudo sobre variáveis associadas à saúde, acesso à tecnologia e ensino remoto"

Justificativa

A justificativa é baseada na necessidade de analisar o banco de dados referente ao acadêmicos nesse período, bem como o estado de saúde biopsicossocial e o nível de atividade física. Os dados gerados pela pesquisa são de extrema importância para melhor compreender os efeitos da pandemia na vida dos discentes de duas universidades públicas do sul do Brasil.

Metodologia

Será analisado o banco de dados de uma pesquisa descritiva com delineamento survey (FREITAS et al., 2000) para procurar as práticas (ou opiniões) presentes na população específica de universitários de cursos de Educação Física (bacharelado e licenciatura) na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e na Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Os dados que serão analisados são originários de 20% (RICHARDSON, 2017) dos alunos matriculados de ambas universidades, totalizando 216 na UFRGS e 130 na UFPel, matriculados no primeiro semestre de 2020.
O instrumento do estudo foi composto por um questionário com perguntas fechadas e abertas, organizadas em blocos de acordo com as variáveis do estudo: perfil sociodemográfico, curso e formação acadêmica, acesso à tecnologia e ensino remoto, realização de atividade física, percepção de saúde, sintomas e testagem de COVID-19. O questionário foi validado por dois professores doutores com experiência na área de formação. O contato com os acadêmicos foi realizado via convite através de correio eletrônico, no qual foi disponibilizado o instrumento num formulário eletrônico (Google Forms). O projeto foi aprovado ao Comitê de Ética da UFRGS sob número 4.208.689

Indicadores, Metas e Resultados

Espera-se compreender os efeitos gerados, da pandemia do COVID-19, nos acadêmicos de duas universidades públicas do sul do Brasil.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BRUNA CORVELLO STIFFT
CLARA ZILLIG ECHENIQUE
DEBORAH KAZIMOTO ALVES
FELIPE GARCIA MALLUE
HENRIQUE SANTOS FERREIRA
ISADORA OXLEY RODRIGUES EIDELWEIN
JOSE ANTONIO BICCA RIBEIRO
LARISSA FRANK HARTWIG
LUCA SCHULER CAVALLI
MARIANGELA DA ROSA AFONSO4
TALES CONCEIÇÃO DIAS
VITÓRIA CAMARGO SILVEIRA

Página gerada em 28/02/2024 23:55:30 (consulta levou 0.118662s)