Nome do Projeto
Reurbanismo colaborativo: revitalização da área degradada do campus Anglo pela disposição de resíduos da construção civil
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
20/06/2022 - 24/06/2024
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Engenharias
Eixo Temático (Principal - Afim)
Meio ambiente / Direitos Humanos e Justiça
Linha de Extensão
Patrimônio cultural, histórico e natural
Resumo
O Projeto de Recuperação de Área Degradada (PRAD) é um estudo ambiental que contém programas e ações que permitem minimizar o impacto ambiental causado por uma determinada atividade ou empreendimento. Normalmente este estudo é solicitado por órgãos ambientais como parte integrante do processo de licenciamento. Preconiza-se que o PRAD proponha métodos e técnicas a serem empregados de acordo com as peculiaridades de cada área e do dano observado. O reurbanismo colaborativo participativo, permite a participação da população na tomada de decisão, estimulando o uso da mesma e o sentimento de pertencimento, uma vez que são atores de transformação. Esta prática é empregada na execução de planos de recuperação de áreas degradadas. O PRAD do Campus Anglo, condicionante da licença ambiental de operação de regularização, foi aprovado pelo órgão de controle municipal, sendo a próxima etapa a execução deste. Dentre os usos futuros da área, uma parcela será destinada à parque urbano, para uso da população residente e da comunidade universitária, como forma de remediar o impacto causado as comunidades. proporcionando um espaço seguro de convívio e lazer. Com isto, o objetivo principal deste projeto é implementar a reurbanização colaborativa da parcela do PRAD destinada ao parque urbano, com o intuito de estabelecer o que será implementado na área, de acordo com as percepções e anseios dos futuros usuários, diante das possibilidades técnicas pertinentes ao local, avaliadas e estabelecidas pelo corpo técnico do Núcleo de Planejamento Ambiental setor da Comissão de Desenvolvimento do Plano Diretor da UFPel. Para tanto, um Diagnóstico Rápido Urbano Participativo (DRUP) será o método de trabalho para dar início aos processos participativos de propostas de reurbanização da parcela da área do PRAD destinada ao parque urbano. Com isto, a partir do compromisso da UFPel em recuperar a área, pretende-se com o reurbanismo colaborativo o envolvimento popular, desenvolvido por meio de oficinas e levantamentos de dados, capazes de gerar identidade e apropriação da parcela destinada ao parque urbano, com ações de renovação espacial que estimulem a vivência e valorização espacial da área, proporcionando um ambiente de qualidade, segurança e lazer para a população residente e a comunidade universitária, o que difere do cenário atual da área.

Objetivo Geral

Implementar a reurbanização colaborativa da parcela do PRAD destinada ao parque urbano, com o intuito de estabelecer o que será implementado na área, de acordo com as percepções e anseios dos futuros usuários, diante das possibilidades técnicas pertinentes ao local, avaliadas e estabelecidas pelo corpo técnico do Núcleo de Planejamento Ambiental setor da Comissão de Desenvolvimento do Plano Diretor da UFPel.

Justificativa

A UFPel ao buscar a licença ambiental de operação de regularização do Campus Anglo, se comprometeu, dentre outras condicionantes, em recuperar a área degradada com a disposição inadequada de resíduos da construção civil. Na Área do PRAD foi estabelecido um zoneamento ambiental e a gleba total fatiada para diferentes usos futuros, dentre aos quais, uma parcela é destinada à parque urbano. Com esta parcela, pretende-se disponibilizar uma área, à população residente e à comunidade universitária, de segura de lazer e convívio. Para tanto, entende-se que o reurbanismo colaborativo, da parcela do PRAD do Campus Anglo destinado ao parque urbano, pode constituir-se uma eficiente ferramenta para as ações de recuperação da referida área. Uma vez que, ações colaborativas provocam na sociedade o compromisso da mudança, conscientização e pertencimento quanto aos problemas comuns da comunidade. Sendo esta uma importante área de lazer e convívio tanto para a população residente como para a comunidade universitária.

Metodologia

O projeto está estruturado em métodos e técnicas de projetos participativos, dando ênfase nas vozes dos usuários e na validação técnica prestada pela equipe do Núcleo de Planejamento Ambiental, setor vinculado à Comissão de Desenvolvimento do Plano Diretor da Pró-reitoria de Planejamento da UFPel.

Indicadores, Metas e Resultados

Com este projeto espera-se propor soluções voltadas ao reurbanismo colaborativo da parcela do PRAD do Campus Anglo da UFPel, destinada ao parque urbano, buscando juntamente com a população residente e a comunidade universitária a criação de intervenções para a conscientização e ação na revitalização do espaço (passivo ambiental), assegurando a socialização dos usuários em um espaço revitalizado e portanto, mais salubre e seguro, que forneça práticas de lazer e saúde.

Página gerada em 08/02/2023 00:55:41 (consulta levou 0.171484s)