Nome do Projeto
Consulta de dados referentes a terapia antifúngica sistêmica de pacientes internados no hospital escola da Universidade Federal de Pelotas (HE-UFPEL-EBSERH)
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
01/09/2022 - 31/05/2024
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde
Resumo
As infecções relacionadas à assistência à saúde (IRAS) são um dos eventos adversos mais frequentes associados à assistência à saúde e um grave problema de saúde pública, pois aumentam a morbidade, a mortalidade e os custos a elas relacionados, além de afetar de forma negativa a segurança do paciente e a qualidade dos serviços de saúde Medidas para prevenção de IRAS baseadas em evidências devem ser adotadas em todos os serviços de saúde. O objetivo deste projeto é coletar dados referentes a dispensação de antifúngicos em pacientes, sob uso de antifúngicos sistêmicos, internados no Hospital Escola da UFPEL (HE-UFPEL-EBSERH), para projeção estatística e construção de desenho de pesquisa com tratamento antifúngico de infecções fúngicas sistêmicas. Em estudo retrospectivo e transversal, referentes a dados parciais referentes a dados de indicação e dispensação de antifúngicos sistêmicos a pacientes internados no HE-UFPEL-EBSERH, no período de janeiro de 2018 a janeiro de 2020. Pretende-se que os dados de indicação e dispensação de antifúngicos sistêmicos sejam obtidos utilizando-se os bancos de dados da Farmácia Hospitalar, do Laboratório de Microbiologia, e da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar CCIH, do HE-UFPEL. Conhecer a realidade do manejo da dispensação de antifúngicos sistêmicos, antes do período de pandemia de COVID-19.

Objetivo Geral

O objetivo deste projeto é coletar dados referentes a dispensação de antifúngicos em pacientes, sob uso de antifúngicos sistêmicos, internados no HE-UFPEL-EBSERH, com tratamento antifúngico de infecções fúngicas sistêmicas.

Justificativa

O HE-UFPEL-EBSERH possui 175 leitos de internação hospitalar, distribuídos em quatro áreas: Ginecologia e Obstetrícia, Pediatria, Clínica Médica e Clínica Cirúrgica, atendendo a população de 22 municípios da região sul do estado do Rio Grande do Sul, que representa mais de um milhão de pessoas. Para implementação do PMRA é necessário avaliar a magnitude do problema em cada centro, para isso, recomenda-se uma auditoria do uso de antifúngicos para detectar onde, como e por quem os antifúngicos são prescritos e quais são os pontos de uso indevido mais importantes.

Metodologia

Desenho do estudo e coleta de dados
Em estudo retrospectivo e transversal, referentes a dados parciais referentes a dados de indicação e dispensação de antifúngicos sistêmicos a pacientes internados no Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas (HE-UFPEL), no período de janeiro de 2018 a janeiro de 2020.
Coleta de dados de arquivos de dispensação farmacêutica de antifúngicos, referentes ao período de março de 2018 a março de 2020, sendo estes:
1. Dados de indicação e dispensação de antifúngicos sistêmicos serão obtidas utilizandose os bancos de dados da Farmácia Hospitalar, do Laboratório de Microbiologia, e da
Comissão de Controle de Infecção Hospitalar CCIH, do HE-UFPEL, sendo este:
a. Dados numéricos associados a medicamentos específicos (antifúngicos),
b. Setor de internação do paciente,
c. Tempo e quantidade de dispensação por paciente,
d. Dados de autorização de dispensação de antifúngicos e indicadores epidemiológicos pela CCIH.
2. Dados clínicos serão recuperados de prontuários médicos considerando informações demográficas, co-morbidades anteriores, tipo de Infecções Fúngicas Invasivas (IFI), tipo de antifúngico usado, duração e indicação, bem como, resultados como desenvolvimento de lesão renal aguda (LRA), lesão hepática (LH), admissão na UTI, permanência hospitalar e mortalidade. As seguintes definições foram usadas: LRA foi definida como um aumento ≥ 2 vezes na creatinina sérica em comparação ao nível basal e / ou presença de hipocalemia ou hipomagnesemia durante a terapia antifúngica; LH será definida como um aumento ≥ 2 vezes em AST / ALT ou bilirrubina total em comparação com o nível basal durante a terapia antifúngica; As IFIs serão classificadas de acordo com os critérios do EORTC / MSG. Possíveis IFIs serão categorizados como possíveis IFIs em indivíduos com febre neutropênica (FN) ou possíveis IFIs em indivíduos não FN.

Indicadores, Metas e Resultados

Meta
Conhecer a realidade do manejo da dispensação de antifúngicos sistêmicos no HEUFPEL-EBSERH.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
DANISE SENNA OLIVEIRA4
DULCINEA BLUM MENEZES7
LIVIA SARAIVA CARRICONDE
MURILLO OLIVEIRA HONORIO
RAYANE GONCALVES DE OLIVEIRA
SILVIA ELAINE CARDOZO MACEDO4
VINICIUS KAISER QUEIROZ

Recursos Arrecadados

FonteValorAdministrador
PróprioR$ 4.260,00Coordenador

Plano de Aplicação de Despesas

DescriçãoValor
339033 - Passagens de Despesas de LocomoçãoR$ 1.260,00
339004 - Contratação por Tempo DeterminadoR$ 500,00
339040 - Serviços de Tecnologia da Informação e Comunicação Pessoa JurídicaR$ 2.500,00

Página gerada em 28/05/2024 18:07:19 (consulta levou 0.154677s)