Nome do Projeto
Pecuária Leiteira Digital: Circuito fechado de informação e metabolismo
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
15/09/2022 - 16/09/2024
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias
Resumo
O objetivo do presente projeto é o desenvolvimento de um Sistema Integrado de Informações sobre a produção leiteira. Para o desenvolvimento deste estudo, serão nomeados conjuntos de dados, na forma de Big data, de sistemas de produção leiteira, incluindo: análise, captura, curadoria de dados, pesquisa, compartilhamento, armazenamento, transferência e visualização. Serão utilizados dados fornecidos de três fazendas produtoras de leite, localizadas no estado do Rio Grande do Sul: Granjas 4 Irmãos, Gadolatte e Chichelero. Através das informações obtidas com os diferentes sistemas, sensores e análises realizadas serão desenvolvidos modelos de software, algoritmos e indicadores de produção, econômicos e de saúde do rebanho, voltados para os diferentes distúrbios metabólicos com o objetivo de facilitar e otimizar a tomada de decisões e intervenções no rebanho quando necessário, além de determinar a influência de tais distúrbios no rendimento econômico das fazendas, com o desenvolvimento de um Sistema Integrado de Informações sobre a produção leiteira.

Objetivo Geral

Desenvolver um sistema de avaliação integrado de dados, que permita a
compreensão do desempenho animal e financeiro, considerando o máximo possível
de informações obtidas a partir dos sistemas de gerenciamento zootécnico e
econômico, mas também do metabolismo animal (nos aspectos sanitários, nutricionais
e reprodutivos).

Justificativa

Na criação e produção de ruminantes a pecuária de precisão teve maior
implementação no setor da pecuária leiteira à medida em que a intensificação das
fazendas ocorreu, sendo o setor que desfruta de um alto nível de concorrência entre
os desenvolvedores de sistemas e sensores, o que tende a melhorar os produtos e
serviços técnicos desenvolvidos. Atualmente os produtores de leite estão cientes da
variedade de ferramentas de manejo à sua disposição e da necessidade de
implementação desses produtos em um mercado cada vez mais competitivo. O desenvolvimento de um sistema para análise integrada dos dados possibilita aos produtores uma maior assertividade na tomada de decisões.

Metodologia

Para o desenvolvimento deste estudo, serão nomeados conjuntos de dados, na
forma de Big Data, de sistemas de produção leiteira, incluindo: análise, captura,
curadoria de dados, pesquisa, compartilhamento, armazenamento, transferência
visualização.
Serão utilizados dados fornecidos de três fazendas produtoras de leite, localizadas
no estado do Rio Grande do Sul: Granjas 4 Irmãos, Gadolatte e Chichelero. Através
das informações obtidas com os diferentes sistemas, sensores e análises realizadas
serão desenvolvidos modelos de software, algoritmos e indicadores de produção,
econômicos e de saúde do rebanho, voltados para os diferentes distúrbios
metabólicos com o objetivo de facilitar e otimizar a tomada de decisões e intervenções
no rebanho quando necessário, além de determinar a influência de tais distúrbios no
rendimento econômico das fazendas, com o desenvolvimento de um Sistema
Integrado de Informações sobre a produção leiteira.
Obtenção de dados:
Através de sistemas já existentes para a pecuária leiteira serão coletados dados
referentes ao desempenho zootécnico e econômico, além de informações metabólicas
dos animais através de análises de marcadores metabólicos.
Dados Alimentares:
Dados referentes a Ingestão de Matéria Seca (IMS) serão avaliados através da
utilização de cochos automatizados (INTERGADO®, Brasil), sendo coletadas as
seguintes informações: Consumo diário de alimento (Kg/dia); Consumo de alimento
em cada visita ao cocho; Taxa de consumo (gramas/minuto); Frequência de visitas ao
cocho (número de eventos por dia); Duração das visitas ao cocho; Horário dos tratos
e quantidade de alimento fornecido; Monitoramento das sobras no cocho; Tempo de
permanência em frente ao cocho, sem consumo de alimento; Intervalo entre os
eventos alimentares; taxa de ocupação dos cochos ao longo do dia; Hierarquia social:
ordem de entrada no cocho.
Dados referentes a atividade diária:
Com a utilização de coleiras eletrônicas (Chip Inside®, Brasil), serão obtidas
informações em relação a atividade diária dos animais, como: taxa de ruminação, ócio
e atividade.
14
Dados de Produtividade e Qualidade do Leite:
A partir da utilização de ordenha robotizada (DeLaval®) pelas fazendas citadas,
será possível a obtenção de dados quanto a produtividade e qualidade do leite.
Dados Econômicos/Financeiros:
Dados econômicos de produção serão obtidos pela utilização de um software
(IDEAGRI®, Brasil) específico para pecuária leiteira.
Dados de Metabolismo:
Para análise dos principais distúrbios que podem acometer o rebanho serão
realizadas análises de marcadores metabólicos sanguíneos e teciduais de relevância,
assim como de indicadores de saúde, nutrição e reprodução das vacas.
Dados de Saúde e Bem-Estar:
Através da utilização de termômetros digitais, tanto no ambiente quanto em
sensores acoplados aos animais, serão obtidos dados em relação ao bem-estar e
conforto térmico, a fim de identificar alterações do ambiente que podem influenciar na
saúde da vaca e consequentemente na produção de leite.
Com estas informações obtidas a partir desses instrumentos de aferição,
atende-se os 5 V´s do Big Data adquirindo alto potencial de gerar melhor desempenho
biológico e financeiro a sistemas leiteiros, sendo eles: Volume de dados obtidos pelos
diferentes sistemas, coletas e análises; Velocidade através do desenvolvimento e
utilização de instrumentos e dispositivos que permitem a geração e interpretação
remota e imediata dos dados para os sistemas de captação de informação; Variedade
quanto aos dados de variadas fontes mas que se complementam para a geração de
respostas, favorecendo a tomada de decisões e rapidez de atuação para a resolução
de problemas; Variabilidade em relação a captura dos dados, podendo ser de tempos
em tempos ou em lugares diferentes, podendo ser interpretados de forma relevante
e com impacto ao sistema de produção, favorecendo a compreensão temporal dos
problemas; Valor, transformando uma grande quantidade de dados em informações
valiosas aos produtores, auxiliando no crescimento do sistema de produção e tomada
de decisões.

Indicadores, Metas e Resultados

Além de favorecer as tomadas de decisão, considerando de forma total o sistema
de produção, ou seja, na forma de circuito fechado de informações, criar produtos que
possam ser utilizados por produtores que já disponham dessas estruturas ou de parte
delas, bem como fomentar o uso destas ferramentas de tecnologia, nutricionais ou
farmacêuticas.
Inovação Pretendida para o Setor Empresarial e Potencial de Impacto dos Resultados:
- Desenvolvimento de Software e aplicativo;
- Desenvolver protocolos profiláticos e terapêuticos.
A partir dos diagnósticos gerados pelo sistema integrado, proporcionar, a
interação com empresas que disponham destes pacotes tecnológicos ou mesmo
desenvolver formulações específicas para os problemas detectados, que
sabidamente, são problemas que exigem soluções multidisciplinares.
Após o levantamento de dados, serão realizadas diferentes avaliações a fim de
determinar os melhores resultados para desenvolvimento do sistema integrado de
informações e metabolismo.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CARLA AUGUSTA SASSI DA COSTA GARCIA
FRANCISCO AUGUSTO BURKERT DEL PINO1
LEONARDO MARINS
LILIANE HACKBARTH KÜTTER
MARCIO NUNES CORREA6
VIVIANE ROHRIG RABASSA1

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
G4I / Granjas 4 Irmãos S/A - Agropecuária, Indústria e ComércioR$ 18.912,00Fundação Delfim Mendes da Silveira

Plano de Aplicação de Despesas

DescriçãoValor
339033 - Passagens de Despesas de LocomoçãoR$ 18.912,00

Página gerada em 15/06/2024 07:11:40 (consulta levou 0.152367s)