Nome do Projeto
Estudo retrospectivo da casuística de recebimento de animais silvestres no NURFS/Cetas UFPel.
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
14/12/2022 - 31/12/2024
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias
Resumo
Atividades humanas, que levam a perda e fragmentação de habitat, superexploração dos recursos naturais, expansão de cidades, invasão de espécies exóticas, entre outros, são ameaças permanentementes à vida selvagem. Essas atividades elevam o número de acidentes rodoviários, envenenamentos, queimaduras, choque elétrico, caça, interação com cães e gatos domésticos, incluindo ataques e transmissão de doenças. A reabilitação dos animais silvestres é definida como o cuidado temporário de animais órfãos, feridos, doentes e subsequente liberação dos mesmos saudáveis ​​para habitats apropriados na natureza. O Núcleo de Reabilitação da Fauna Silvestre (NURFS) e o Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), atua no recebimento e tratamento de animais silvestres que são encontrados feridos, órfãos ou apreendidos pelos órgãos de fiscalização ambiental na Região Sul do Estado do Rio Grande do Sul. Este projeto tem como objetivo levantar dados da casuística de atendimento de animais silvestres recebidos no NURFS.

Objetivo Geral

Reunir informações sobre o número de animais silvestres encaminhados para atendimento no NURFS/Cetas. Também analisar os dados sobre a espécie, idade, peso, procedência, motivo do encaminhamento e destinação dos animais.

Justificativa

Mostrar através dados obtidos, a importância do trabalho realizado no NURFS/Cetas UFPel, com animais silvestres para toda a população. Também gerar dados relevantes para os profissionais que atuam no local e para os que pretendem atuar, além de gerar dados que poderão ser utilizados em outras regiões do país.
Com essas informações será possível realizar um estudos de tendências de longo prazo para uma melhor compreensão sobre os impactos das atividades humanas e das mudanças climáticas sobre vida selvagem, além disso, propor políticas publicas que minimizem os impactos das atividades antrópicas sobre a vida dos animais.

Metodologia

A analise dos dados será feita através do livro de entrada e fichas clínicas dos animais silvestres encaminhados ao NURFS/Cetas UFPel. Serão utilizados as informações referentes a espécie (aves, mamíferos e répteis), peso, data de entrada, idade (filhote, juvenil e adulto), sexo (fêmea, macho ou indefinido), procedência, histórico e destinação.

Indicadores, Metas e Resultados

Esperamos com esse levantamento, informar sobre a totalidade de animais silvestres encaminhados ao NURFS/Cetas UFPel, compreender os impactos das atividades humanas e das mudanças climáticas sobre vida selvagem, além disso, propor políticas publicas que minimizem os impactos das atividades antrópicas sobre a vida dos animais.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
GREICI MAIA BEHLING1
JOÃO SÉRGIO LIMA NUNES
LARA SILVA DE PAULA
LILIAN KARNOPP
LUIZ FERNANDO MINELLO1
MARCO ANTONIO AFONSO COIMBRA1
PAULO MOTA BANDARRA1
RAQUELI TERESINHA FRANCA1

Página gerada em 23/04/2024 00:52:17 (consulta levou 0.171505s)