Nome do Projeto
Multiações patrimoniais no Museu do Doce - Edição 2023
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
25/01/2023 - 20/12/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas
Eixo Temático (Principal - Afim)
Cultura / Educação
Linha de Extensão
Patrimônio cultural, histórico e natural
Resumo
Esse projeto objetiva promover ações de extensão no âmbito do Museu do Doce-ICH/UFPel. As atividades serão desenvolvidas junto ao Museu do Doce (ICH) bem como para seu website e perfis em redes sociais. O projeto tem como parâmetro conceitos gerais sobre memória e patrimônio e o próprio patrimônio representado pela sede do museu e de seu acervo. Serão envolvidos estudantes da UFPel dos cursos de Museologia e de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis, dentre outros. O projeto tem também base na publicação "Subsídios para a elaboração de Planos Museológicos" além do "Dossiê de Registro da Região Doceira de Pelotas e Antiga Pelotas do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN)" e do próprio regimento do Museu do Doce da UFPel "Resolução nº 16, de 19 de dezembro de 2019". A proposta reconhece a importância do patrimônio encontrado no Museu do Doce, seja pela dimensão arquitetônica de sua sede e entorno, seja pela cultura do Doce propriamente dita, Patrimônio Cultural Imaterial de Pelotas.

Objetivo Geral

Espera-se que os resultados do projeto colaborem com a consolidação dos espaços e ações institucionais do Museu quanto a sua missão, de acordo com o Art. 2º de seu regimento, qual seja: "salvaguardar os saberes e fazeres da tradição doceira de Pelotas e região, bem como, a pesquisa e comunicação desse patrimônio" de forma articulada com as ações de extensão previstas na proposta.

Justificativa

Esse projeto de extensão considera, a partir do "Dossiê de Registro da Região Doceira de Pelotas e Antiga Pelotas do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN)", a importância do trânsito das práticas e saberes relacionados aquilo que torna o doce em Pelotas uma forma singular de Patrimônio Imaterial. Portanto, a realização das ações previstas pelo projeto, ao colaborarem com as atividades do museu, colaboram também com a valorização desse patrimônio na medida em que irão potencializar essa circulação de saberes e memórias por meio de atividades museais.

Metodologia

- Realização de reuniões regulares com os membros participantes do projeto.
- Construção coletiva de estratégias e ações que tornem possível o alcance dos objetivos do projeto.
- Prática de leitura e discussão sobre os temas pertinentes ao projeto.
- Ações práticas e variadas no âmbito do Museu do Doce, no sentido de materializar propostas e objetivos do projeto.
- Proposição de novas ações que estejam articuladas com os princípios do projeto ao longo de 2023 e de acordo com demandas da instituição e da comunidade.

Indicadores, Metas e Resultados

O projeto terá resultado satisfatório na medida em que, por meio de suas propostas e ações, colaborar com a ampliação da capacidade de registro e divulgação das informações e conhecimentos oriundos do patrimônio cultural imaterial relativo ao Doce de Pelotas e região da antiga Pelotas. Nesse sentido, a contagem do número de produções culturais diversas que dialoguem com o tema do doce, constitui-se em um indicador simples, porém, efetivo, do alcance e possível sucesso das referidas propostas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA INEZ KLEIN4
ANDREA LACERDA BACHETTINI2
ANNA LUISA ORTEGA DE FREITAS
ANNELISE COSTA MONTONE1
Camilo Cechinel Fontana
DEBORA DA SILVA OLIVEIRA
ERIKA DOS SANTOS GILLMEISTER BONOW
GIOVANI RODRIGUES ROLIM
GREICE RAMOS SOUZA DA SILVA
ISABELLA CARDOSO BARCELLOS
JULLIEINNY MACHADO SEDREZ
MARIA CELOI DA SILVA VOLZ
PAULO RICARDO PEZAT4
RAFAELA DOMINGUES CAVALHEIRO
ROBERTO HEIDEN5

Página gerada em 18/07/2024 20:12:06 (consulta levou 0.252094s)