Nome do Projeto
Histórias sobre arte, memória e patrimônio em Pelotas-RS
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
23/10/2023 - 05/12/2025
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas
Resumo
O projeto irá desenvolver estudos referentes a história da arte em Pelotas. Nesse sentido, para cada exemplo estudado será proposta uma ação específica. Espera-se que os resultados dessas ações revelem, na medida em que os estudos avancem, um panorama de artistas, linguagens, técnicas e bens culturais com valores artísticos e patrimoniais ainda pouco estudados, de maneira que o trabalho resulte em novos conhecimentos sobre a arte e o patrimônio de Pelotas. Serão preocupações do projeto principalmente quatro linhas de pesquisa, tais como artistas locais com obras pouco estudadas; a arte integrada na arquitetura e no centro histórico; expressões de arte popular e a arte pública contemporânea. Outras abrangências temáticas poderão ser estabelecidas na medida em que os primeiros resultados apontem novas demandas. Essas linhas tem potencial para a produção de conhecimento relativo à arte e a cultura local, como também para o desenvolvimento de reflexões sobre interfaces entre arte, memória social e patrimônio cultural. Nesse sentido, o projeto buscará inserir-se em demandas de instituições locais, bem como proporcionar aos estudantes envolvidos com o projeto experiências em pesquisa que poderão também ser convertidas em horas a serem integralizadas em seus respectivos históricos escolares.

Objetivo Geral

- Desenvolver estudos investigativos sobre artistas, linguagens, técnicas e bens culturais importantes para a arte que é preservada ou produzida em Pelotas.

Justificativa

Este projeto parte dos resultados obtidos a partir da elaboração de dois artigos científicos recentemente desenvolvidos pelo seu proponente. O primeiro deles intitula-se "Ladrilhos cerâmicos da Villeroy & Boch: estudo sobre a técnica, modelo e história a partir do caso do hall de entrada do Museu do Doce (Pelotas-RS)" (publicado na Revista Museologia e Patrimônio). O segundo artigo, denomina-se “Ornamentação e imaterialidade: as pelotines em papel recortado no contexto das tradições doceiras de Pelotas (RS)" (título provisório, a publicação será submetida em breve). Em ambos os trabalhos investiguei diferentes aspectos da arte presente em Pelotas, seja como elemento decorativo e integrado à arquitetura, seja como forma de arte popular associada a um patrimônio imaterial. Em ambos os exemplos, durante o processo de consulta as fontes, ficou evidente que esses estudos abriam portas para temas correlatos e que demandavam novas frentes de pesquisa, tais como a arte popular na cidade de Pelotas, as diferentes tipologias de arte decorativa e contemporânea no contexto do centro histórico, além de obras de arte que integram acervos com importância cultural. Muitos desses exemplos permanecem pouco visíveis, em parte por falta de estudos mais elaborados. Dessa forma, o presente projeto se justifica na medida em que irá propor diversas ações de pesquisa que busquem ampliar a compreensão sobre a diversidade artística que se observa em Pelotas.

Metodologia

- A partir do escopo geral delineado para o projeto de pesquisa serão propostas diversas ações tematicamente focadas de modo a compreender artistas, linguagens, técnicas e bens culturais importantes para a arte que é preservada ou produzida em Pelotas.
- Serão realizadas reuniões regulares com os membros participantes do projeto e as atividades ocorrerão na perspectiva da construção coletiva de estratégias e ações que tornem possível o alcance dos objetivos.
- Será feita revisão de literatura sobre temas ligados a história da arte em Pelotas e suas relações com a história da arte brasileira e internacional.
- Será realizada pesquisa documental, bem como o uso de outros materiais e métodos de pesquisa próprios para estudos em memória, história e patrimônio.
- Serão organizados questionários para a realização de entrevistas.
- Serão elaborados textos acadêmicos para publicação com reflexões sobre temas ligados a história da arte em Pelotas.
- Serão propostas novas ações que estejam articuladas com os princípios do projeto, bem como com demandas da comunidade.

Indicadores, Metas e Resultados

O projeto terá resultado satisfatório na medida em que, por meio de suas propostas e ações, colaborar com a ampliação da capacidade de registro e divulgação de conhecimento referente a arte em Pelotas, bem como suas relações com temas tais como memória social e patrimônio cultural. Nesse sentido, a contagem do número de produções culturais diversas que dialoguem com o tema, constitui-se em um indicador simples, porém, efetivo, do alcance e possível sucesso das referidas propostas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALINE DUVAL DA CUNHA
ANDREA LACERDA BACHETTINI3
CLOVIS RENATO HEINRICH DOS SANTOS
ELISABETE BARBOSA CARDOSO
FERNANDA DA COSTA WACHHOLZ
MARI TEREZINHA VAHL MATTIES
MARIA CELOI DA SILVA VOLZ
ROBERTO HEIDEN12

Página gerada em 19/05/2024 14:35:22 (consulta levou 0.161917s)