Nome do Projeto
Construindo uma gestão cidadã e participativa do Programa de Crédito Fundiário no Estado do Rio Grande do Sul
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
10/12/2023 - 10/12/2027
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas
Resumo
A inovação gerencial desempenha um papel crucial na Administração Pública, uma vez que é fundamental para a adaptação e aprimoramento contínuo das instituições governamentais. As demandas dos cidadãos e a complexidade dos desafios enfrentados estão em constante mudança. Portanto, a capacidade de inovar em termos de gestão é vital para garantir que os recursos públicos sejam alocados de forma eficiente, os serviços sejam prestados com qualidade e transparência e a confiança dos cidadãos nas instituições pública seja elevada (MENDES, 2001). Este projeto tem como objetivo avaliar, descrever e propor melhorias nos processos administrativos, de modo a consolidar uma gestão cidadã e participativa do Programa de Crédito Fundiário no Estado do Rio Grande do Sul. A pesquisa adota como orientação metodológica a perspectiva dos métodos mistos, permitindo a união das vantagens das abordagens qualitativa e quantitativa, minimizando vieses e fragilidades. Além disso, a metodologia operacional também se apoiará na abordagem dos "momentos" do Planejamento Estratégico Situacional (PES). Será desenvolvido no âmbito do Ministério do Desenvolvimento Agrário, descrevendo e propondo melhorias nos processos administrativos.

Objetivo Geral

Este projeto tem como objetivo avaliar, descrever e propor melhorias nos processos administrativos, de modo a consolidar uma gestão cidadã e participativa do Programa de Crédito Fundiário no Estado do Rio Grande do Sul.

Justificativa

A implementação de um projeto de inovação gerencial e construção de uma gestão cidadã e participativa, no âmbito do Ministério do Desenvolvimento Agrário, justifica-se por ser uma estratégia essencial para melhorar a eficiência, a transparência e a qualidade dos serviços públicos, bem como para fortalecer a confiança dos cidadãos nas instituições governamentais. Isso não apenas atende às necessidades emergentes da sociedade, mas também fortalece a capacidade do governo de cumprir seu papel fundamental na promoção do bem-estar e do progresso social. Segundo BROSE (2014), a mudança por meio da incorporação de novos elementos da gestão pública ou de uma nova combinação dos mecanismos existentes, que produzam resultados positivos para o serviço público e para a sociedade são fundamentais, pois inovar é o ato de conceber e implementar meios de alcançar um resultado, envolvendo incorporação de novos elementos, uma nova combinação de elementos existentes ou mudança significativa quanto ao afastamento da forma tradicional de fazer as coisas: refere-se a produtos, políticas e programas, abordagens e processos (PLONSKI, 2017). Assim, Devido à escassez de verba para investimentos, a gestão eficiente de serviços públicos deveria maximizar os resultados obtidos com um dado nível de recursos ou minimizar os recursos necessários para obter determinado resultado. A implantação de serviços de tecnologia para controle dos custos e organização das informações são essenciais para que o gestor tenha recursos suficientes para uma tomada de decisão satisfatória ( DERMINDO, 2019). Nesse sentido, este projeto poderá contribuir com uma nova forma de trabalho cooperativo, construído a partir do mapeamento dos processos existentes, fazendo uma análise de fluxos, gargalos, formas de controle e avaliação da efetividade e eficiência; propondo melhorias e adequações, que poderão impactar na prestação de serviços por parte do Ministério do Desenvolvimento Agrário. Para a Universidade a relevância se dá no contexto de poder trazer para a universidade os conhecimentos adquiridos e transportar aos discentes através de ações no ensino, pesquisa e extensão, onde poderão ser expandidos e disseminados para a população.
Nesse sentido, este projeto poderá contribuir com uma nova forma de trabalho cooperativo, construído a partir do mapeamento dos processos existentes, fazendo uma análises de fluxos, gargalos, formas de controle e avaliação da efetividade e eficiência; propondo melhorias e adequações, que poderão impactar na prestação de serviços no Ministério do Desenvolvimento Agrário.
Para a Universidade a relevância se dá no contexto de poder trazer para a universidade os conhecimentos adquiridos e transportar aos discentes através de ações no ensino, pesquisa e extensão, onde poderão ser expandidos e disseminados para a população.

Metodologia

Considerando a concepção deste projeto, a orientação metodológica adotada será baseada na perspectiva dos métodos mistos. Como enfatizado por Creswell (2010), a fusão das abordagens qualitativas e quantitativas, viabilizada pela metodologia dos métodos mistos, tem vindo a ganhar crescente aceitação na pesquisa das ciências sociais, incluindo a área da administração. Conforme destacado pelo autor, a metodologia dos métodos mistos permite a união das vantagens das abordagens qualitativa e quantitativa, minimizando vieses e fragilidades.
Neste projeto, a aplicação personalizada dos procedimentos metodológicos será guiada pela natureza da ação, pelo contexto organizacional, pelo problema gerencial e pela metodologia de gestão a ser empregada. Como estratégia de pesquisa, o projeto adotará elementos do Estudo de Caso e da Pesquisa-Ação, de acordo com as características de cada organização e situação. A metodologia pode ser aplicada em organizações tanto do setor público quanto privado, com o objetivo de compreender, descrever e propor melhorias nos processos administrativos, na gestão e nos resultados.
Além disso, a metodologia operacional também se apoiará na abordagem dos "momentos" do Planejamento Estratégico Situacional (PES). Esses momentos compreendem a identificação do problema, a formulação do problema, a definição da estratégia de ação e a fase de operação da equipe de trabalho (TONDOLO, et al, 2023).

Indicadores, Metas e Resultados

a) Contribuir com a melhoria dos processos administrativos;
b) Redução de custos operacionais e desperdícios de recursos públicos;
c) Aumento da satisfação dos cidadãos devido a serviços públicos de melhor qualidade e acessibilidade;
d) Otimizar os fluxos de trabalho administrativos;
e) Proporcionar rapidez, agilidade e eficiência aos serviços;
f) Fortalecimento da confiança nas instituições públicas por meio da transparência e agilidade;
g) Disponibilizar informações rápidas e ágeis aos tomadores de decisão.
h) Reestabelecer as rede de apoio;
i) Fortalecimento da governança.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CECILIA OLIVEIRA KRAMER
DANIEL LENA MARCHIORI NETO8
ISABEL CRISTINA ROSA BARROS RASIA8
JOANA CECY BRANCO MICHAELLO
KAYAN GARCEZ GABRIEL
LUCIANA FLORENTINO NOVO2
MARIA EDUARDA PRATES MACHADO
PEDRO HENRIQUE GOMES MONTEIRO
RAPHAELA LEITE DA SILVA
ROSANA DA ROSA PORTELLA TONDOLO7
VILMAR ANTONIO GONCALVES TONDOLO7
VITOR ALEXANDRE DO AMARAL ASTONI

Recursos Arrecadados

FonteValorAdministrador
Prestação de ServiçoR$ 1.000.000,00Fundação Delfim Mendes da Silveira

Plano de Aplicação de Despesas

DescriçãoValor
339033 - Passagens de Despesas de LocomoçãoR$ 40.000,00
339030 - Material de ConsumoR$ 90.000,00
339020 - Auxílio Financeiro a PesquisadorR$ 490.000,00
339018 - Auxílio Financeiro a EstudantesR$ 80.000,00
339014 - Diária Pessoa CivilR$ 80.000,00
449052 - Equipamentos e Material PermanenteR$ 50.000,00
339039 - Outros Serviços de Terceiro - Pessoa JurídicaR$ 170.000,00

Página gerada em 23/02/2024 06:13:11 (consulta levou 0.219434s)