Nome da Atividade
HISTÓRIAS DO TEATRO II
CÓDIGO
05001444
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Estudo do teatro inglês no período elisabetano e jacobino, do teatro clássico francês, do teatro burguês europeu incluindo aí os movimentos como romantismo e realismo até o advento do diretor teatral e as vanguardas europeias.

Objetivos

Objetivo Geral:

- Caracterizar e identificar os movimentos e os gêneros do teatro do Renascimento às vanguardas do início do século xx;
- Contextualizar os aspectos históricos, sociais, culturais, filosóficos e estéticos do período;
- Estabelecer relações com o universo da prática/fazer teatral, tal como a dramaturgia, o trabalho do organizador/diretor e do ator;
- Estudar peças teatrais emblemáticas e a relação das artes da cena com os espectadores e contexto.

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • DEMPSEY, Amy. Estilos, escolas e movimentos: guia enciclopédico da arte moderna. 2. ed. São Paulo: Cosac & Naify, 2010.
  • SANTOS, Marlene Soares dos. Shakespeare, o leitor. Scripta Uniandrade, v. 14, n. 1 (2016), p. 223-244. Curitiba, Paraná, Brasil. Data de edição: 31 jul. 2016. Disponível em: https://revista.uniandrade.br/index.php/ScriptaUniandrade/article/view/591. Acesso em 03 jul. 2022.
  • SZONDI, Peter. Teoria do drama moderno: (1880-1950). 2. ed. São Paulo: Cosac & Naify, 2011. 184 p. (Coleção Cinema, Teatro e Modernidade ; 2).

Bibliografia Complementar:

  • BARRETINI, Célia. O teatro, ontem e hoje. São Paulo: Perspectiva, 1980.
  • BOQUET, Guy. Teatro e sociedade: Shakespeare. São Paulo: Perspectiva, 1989.
  • CASTAMAN , A. .; SPERBER, S. F. O que se sabe sobre a preparação do ator profissional elisabetano e jacobino para cada espetáculo?. Pitágoras 500, Campinas, SP, v. 4, n. 2, p. 85–103, 2014. DOI: 10.20396/pita.v4i2.8634703. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/pit500/article/view/8634703. Acesso em: 1 jul. 2022.
  • D’AGOSTINI, Nair. Stanislávski e o método de análise ativa: a criação do diretor e do ator. São Paulo: Perspectiva, 2019.
  • ROUBINE, Jean-Jacques. A linguagem da encenação teatral, 1880-1980. 2. ed. Rio de Janeiro: J. Zahar, 1998.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
HISTÓRIAS DO TEATRO II Teatro (Licenciatura)

Página gerada em 20/02/2024 22:22:55 (consulta levou 0.109396s)