Nome da Atividade
MÉTODOS, EXAMES E ANÁLISE DE MATERIAIS
CÓDIGO
10790133
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Introdução a métodos, exames e análise de materiais em conservação-restauração: critérios, princípios, objetivos e terminologia associada; Princípios, potencialidades e limitações das principais técnicas de imageamento macroscópico usadas na área; Descrição do objeto, hipóteses, coleta de amostras; Uso de estereomicroscópio e microscópio, descrição de amostra e preparo de corte estratigráfico; Introdução ao uso de técnicas espectroscópicas na investigação de bens culturais.

Objetivos

Objetivo Geral:

Apresentar a metodologia de análise científica para a caracterização e diagnóstico do estado de conservação dos bens culturais; experimentar as principais técnicas de exame e de análise que podem fornecer dados fundamentais ao planejamento das etapas de conservação-restauração.

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • EGIDO, Mariándel; CALDERÓN, Tomás. La ciencia y el arte: ciências experimentales y conservación del Patrimonio Histórico. 2008. (online) FIGUEIREDO JUNIOR, João Cura D'Ars de. Química aplicada à conservação e restauração de bens culturais: uma introdução. Belo Horizonte: São Jerônimo, 2012. (702.88 F475q) IPINZA, Fernanda Espinosa; POBLETE, Viviana Rivas. Fluorescencia visible inducida por radiación UV. Sus usos em conservación y diagnóstico de colecciones. Una revisión crítica. In: Revista Conserva, n.16, p. 27-38, 2011. Disponível em: http://www.patrimoniocultural.gob.cl/Recursos/Contenidos/Centro%20de%20 Conservación/archivos/2Iluminando%20lo%20invisible.pdf. Acesso em 29 jun. 2019. MENDES, Marylka; BAPTISTA, Antonio Carlos Nunes (Org.). Restauração: ciência e arte. 3. ed. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ: Iphan, 2005. (702.8 R436) ROSADO, Alessandra. História da arte técnica: uma reflexão sobre o emprego da história da arte e ciência no estudo de pinturas. In: PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, v. 4, n. 8, p. 148-157, 2014. Disponível em: https://www.eba.ufmg.br/revistapos/index.php/pos/article/view/212. Acesso em 29 jun. 2019.

Bibliografia Complementar:

  • ATKINS, P.; JONES, L. Princípios de Química: questionando a vida moderna e o meio ambiente. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2011. (Recurso online) CASAS-PÉREZ, Maríadel Carmen; SAROCCHI, Damiano. El análisis de imágenes como instrumento diagnóstico del estado de conservación: suaplicación a la pintura com soporte lapídeo de La Virgen de Analco, Puebla. Intervención (México DF), v. 3, n. 6, p. 18-25, 2012. GÓMEZ, Maria Luisa. La restauración: examen científico aplicado a la conservación de obras de arte. 7. ed. Madrid: Catedra, 2018. (702.88 G633r) MATTEINI, Mauro; MOLES, Arcangelo. La química em la restauración: los materiales del arte pictórico. 2.ed. Hondarribia: Nerea, 2008. (702.88 M435q) ROSADO, A; GONÇALVES, W. B. (Org.) Ciências do patrimônio: horizontes transdisciplinares. Belo Horizonte: Secretaria do Estado de Cultura de Minas Gerais, Arquivo Público Mineiro, 2015. (online) VOGEL, Arthur Israel. Química analítica qualitativa. 5. ed. São Paulo: Mestre Jou, 1981. (544 V878)

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
M1 2021 / 2 60 22 Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis (Bacharelado - Noturno)
Horários
ManhãTardeNoite
SEG19:00 - 19:50
19:50 - 20:40
20:40 - 21:30
21:30 - 22:20
KAREN VELLEDA CALDAS
Professor responsável pela turma

THIAGO SEVILHANO PUGLIERI
Professor Regente

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
MÉTODOS, EXAMES E ANÁLISE DE MATERIAIS Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis (Bacharelado - Noturno)

Página gerada em 02/07/2022 09:02:59 (consulta levou 0.198097s)