Nome da Atividade
COMUNICAÇÃO EM MUSEUS
CÓDIGO
10790169
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Estudo do museu como sistema comunicacional; estudo das metodologias de interpretação do real e sua adequação aos códigos de percepção das sociedades; o museu como sistema sígnico; recepção e avaliação de públicos; leitura semântica de exposições; acessibilidade em museus.

Objetivos

Objetivo Geral:

Apresentar e discutir o Museu enquanto um sistema formal de gerenciamento de informação, enfocando, sobretudo, o seu potencial comunicativo. Ao cabo da disciplina o aluno deverá ser capaz de reconhecer e agir sobre as principais mídias de comunicação museológica, assim como perceber as suas principais potencialidades e deficiências.

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • FREIRE, Paulo. Extensão ou comunicação. 10. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1992. LE COADDIC, Yves-François. A ciência da informação. 2. ed. Brasília: Briquet de Lemos, 2004. VARINE, Hugues de. Museus e desenvolvimento social: balanço crítico. SANTOS, MCTM. Encontros Museológicos: reflexões sobre a museologia, a educação e o museu. Rio de Janeiro: MinC/DEMU, p. 12-20, 2008.

Bibliografia Complementar:

  • MAGALHÃES, Aline Montenegro; BEZERRA, Rafael Zamorano; BENCHETRIT, Sarah Fassa (Org.). Museus e comunicação: exposições como objeto de estudo. Rio de Janeiro: Museu Historico Nacional, 2010. BRUNO, Maria Cristina Oliveira (Org.). O ICOM-Brasil e o pensamento museológico brasileiro: documentos selecionados. São Paulo: Pinacoteca do Estado de São Paulo, 2010. DEBARY, Octave. Antropologia dos restos: da lixeira ao museu. Pelotas: UM2 Comunicação, 2017. 137 p. ISBN 9788566576115. Disponível em: https://wp.ufpel.edu.br/ppgmp/files/2016/11/Antropologia-dos-Restos.pdf. Acesso em: 13 maio 2019. GIRANDY, Daniele. O museu e a vida. Rio de Janeiro: Fundação Nacional Pró-Memória; Porto Alegre : Instituto Estadual do Livro - RS.; Belo Horizonte : UFMG, 1990. LOPES, Maria Margaret. O Brasil descobre a pesquisa científica: os museus e as ciências naturais no século XIX. 2. ed. São Paulo: HUCITEC ; Brasilia : UnB, 2009. 369 p. (Logica e filosofia da ciencia. Serie historia da ciencia e da tecnologia). ISBN 9788527104258.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
COMUNICAÇÃO EM MUSEUS Museologia (Bacharelado)

Página gerada em 22/09/2021 03:23:54 (consulta levou 0.156817s)