Nome da Atividade
NARRATIVA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA
CÓDIGO
20000530
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

A disciplina parte do princípio de que os Direitos Humanos e a construção da cidadania através do pensamento democrático e da liberdade de ideias são elementos fundamentais para o processo formativo. Dentro desse contexto é que se desenvolvem as relações entre literatura (com a sua diversidade conceitual) e as questões étnico-raciais, de gênero, sobre a sexualidade; tudo isso marcado pelo respeito às diferenças e aos recursos naturais que não são exclusividade de uma única geração. Nesse sentido, o componente curricular Narrativa brasileira contemporânea analisa a literatura brasileira contemporânea por meio da leitura crítica de corpus representativo da produção narrativa de ficção.

Objetivos

Objetivo Geral:

Propiciar ao estudante a leitura crítica de textos literários da ficção narrativa brasileira contemporânea.

Conteúdo Programático

A contemporaneidade: uma época de fragmentação de sujeitos e de suas representações; a literatura como transcendência de uma objetividade difusa, pulverizada, intangível. A pluralidade da criação literária de ficção brasileira hoje: um “tapete de signos” para ser destecido. Os contemporâneos e seus precursores; intertextualidade e originalidade. A literatura brasileira no quadro da contemporaneidade universal: uma poética de simulacros.
A supremacia do olhar no texto narrativo contemporâneo: o texto imagético como intertexto e o privilegiado do literário. Leitura crítica de textos literários como produção de sentido e como espaço de construção de imaginário cultural capaz de dar conta de uma leitura de mundo. Fluxos e influxos entre o literário e o cultural: o lugar da inclusão do sujeito.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • DEBORD, Guy. A sociedade do espetáculo. Trad. de Estela dos Santos Abreu. Rio de Janeiro: Contraponto, 1997. HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A, 2006. PEREIRA, Helena Bonito Couto. Novas leituras da ficção do século XXI.São Paulo: Ed. UPMacKenzie, 2011. PERRONE-MOISÉS, Leyla. Vira e mexe, nacionalismo: paradoxos do nacionalismo brasileiro. São Paulo: Companhia das Letras, 2007. SCHOLLHAMMER, Karl Erik. Ficção brasileira contemporânea. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2009. SHOHAT, Ella; STAM, Robert. Crítica da imagem eurocêntrica. Tradução: Marcos Soares. São Paulo: Cosac Naify, 2006.

Bibliografia Complementar:

  • CARVALHAL, Tania Franco. O próprio e o alheio. Ensaios de literatura comparada. São Leopoldo: Editora Unisinos, 2003. CASTELO, José. A literatura na poltrona. Rio de Janeiro: Record, 2007. CUNHA, João Manuel dos Santos. A lição aproveitada: modernismo e cinema em Mário de Andrade. Cotia, São Paulo: Ateliê Editorial, 2011. LEENHARDT, Jacques; PESAVENTO, Sandra Jatahy. Discurso histórico e narrativa literária. Campinas: Unicamp, 1998. WEINHARDT, Marilene, CARDOZO Mauricio (Orgs.) Centro, centros: literatura e literatura comparada em discussão. Curitiba: Ed. Universidade do Paraná, 2011.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
NARRATIVA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA Letras - Português (Licenciatura - Noturno)

Página gerada em 04/12/2020 11:43:29 (consulta levou 0.168565s)