Nome da Atividade
ARQUEOLOGIA INDÍGENA BRASILEIRA 1
CÓDIGO
10910117
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Estudo e discussão do processo de ocupação humana das terras baixas sul-americanas e do Brasil, abordando as diversas teorias e renovação do conhecimento científico na área, relacionando os modelos explicativos para as sociedades regionais aos seus fundamentos epistemológicos na teoria arqueológica (identificação e caracterização das escolas arqueológicas e suas influências). Compreensão das tecnologias e modos de apropriação, transformação e historicização de paisagens desde a transição entre o Pleistoceno/Holoceno nas terras baixas sul-americanas

Objetivos

Objetivo Geral:

Geral:
-Discuscutir de forma crítica da história da arqueologia indígena brasileira e das terras baixas sul-americana.
Específicos:
-Contrapor os distintos modelos para a ocupação indígena originária elaborados ao longo das últimas décadas nas terras baixas sul-americana;
-Discutir sobre tecnologias indígenas e modos de apropriação, transformação e historicização de paisagens desde a transição entre o Pleistoceno/Holoceno nas terras baixas sul-americanas;
-Valorizar o patrimônio arqueológico indígena;

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • DIAS, Adriana S. 1995 Um Projeto para a Arqueologia Brasileira: Breve Histórico da Implementação do PRONAPA. Revista do CEPA, 19 (22). p. 25-39.
  • FAUSTO, Carlos. Os índios antes do Brasil. Rio de Janeiro: Jorge Zahar editor, 2000. GASPAR, Madu. Sambaqui: arqueologia do litoral brasileiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2000.
  • PROUS, André. Arqueologia Brasileira. A pré-história e os verdadeiros colonizadores. Cuiabá: Archaeo/Carlini & Caniato Editorial, 2019.

Bibliografia Complementar:

  • BUENO, Lucas; DIAS, Adriana Povoamento inicial da América do Sul: contribuições do contexto brasileiro. Estud. av., Abr 2015, vol.29, no.83, p.119-147.
  • COPÉ, Silvia Moehlecke. A gênese das paisagens culturais do planalto sul brasileiro. Estud. av., Abr 2015, vol.29, no.83, p.149-171.
  • MENDONÇA, Alfredo. de S. História da Arqueologia Brasileira. Pesquisas-Antropologia. São Leopoldo, n. 46, 1991.
  • NEVES, Walter. A.; PILÓ, L. B. O Povo de Luzia. 1º ed. São Paulo: Editora Globo, 2008. SOUZA, C.R. de G.; SUGUIO, K.; OLIVEIRA, A. M. dos S.; DE
  • OLIVEIRA, P. E. Quaternário do Brasil. Ribeirão Preto, Holos Editora, 2005.
  • DE CASTRO, Eduardo. V. Perpectivismo e multinaturalismo na Amazônia indígena. In: . A inconstância da alma selvagem. São Paulo: Cosac & Naify, 2002.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
T1 2021 / 1 30 6 Arqueologia (Bacharelado - Noturno)
Horários
ManhãTardeNoite
QUA19:00 - 19:50
19:50 - 20:40
20:40 - 21:30
21:30 - 22:20
RAFAEL GUEDES MILHEIRA
Professor responsável pela turma

Página gerada em 01/12/2021 04:27:26 (consulta levou 0.059698s)