Nome do Projeto
PEP - Projeto de Ensino de Percussão
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
31/05/2017 - 19/12/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Linguística, Letras e Artes - Artes - Música
Resumo
O Projeto de Ensino de Percussão P.E.P., visa potencializar o estudo da percussão nos cursos de graduação em música da UFPel, através da atuação direta de monitores no apoio ao desenvolvimento das disciplinas de Percussão I e Percussão II, Grupo de Percussão I e Grupo de Percussão II, objetivando a melhoria da qualidade do processo de ensino-aprendizagem. Contribuindo para a formação acadêmico-profissional dos discentes por meio de experiências orientadas, relacionadas à atividade docentes e no decorrer de atividades de caráter temporário no Laboratório de Percussão do Centro de Artes da UFPel - LaPer/CA - e na Sala de Percussão do Laboratório de Artes Populares Integradas - LAPIS - atuando prioritariamente no combate à reprovação e no desenvolvimento de abordagens didático-pedagógicas inovadoras e criativas capazes de impactar positivamente o desempenho acadêmico dos discentes em atividades não disciplinares.

Objetivo Geral

Este projeto tem por objetivo potencializar a formação em percussão dos alunos do curso de música licenciatura da UFPel.

Justificativa

Este projeto de ensino justifica-se:
- Por apresentar uma abordagem didático-pedagógico inovadora, que tem a presença da percussão de forma significativa e potencializadora do processo de ensino e aprendizagem no curso de Licenciatura em Música da UFPel.
- Pela recente inclusão das disciplinas de percussão no projeto pedagógico do curso e a necessidade de reflexão acerca das criativas propostas pedagógicas desenvolvidas e na análise dos resultados já observados que vem impactando positivamente o desempenho acadêmico dos discentes, especialmente da(s) disciplina(s) Percussão I e II e Grupo de Percussão I e II.
- Pela criação do LaPer - Laboratório de Percussão do Centro de Artes, (criado em 2014 com recursos do Proequip), que possibilita o estudo da "pequena percussão", caracterizada pelos instrumentos de percussão utilizados prioritariamente na musicalização infantil. Está atualmente localizado na sala 401 do Centro de Artes.
- Pela criação da SALA DE PERCUSSÃO do LAPIS - (Laboratório de Artes Populares Integradas, criado em 2015 com recursos do edital LIFE - Laboratórios Interdisciplinares de Formação de educadores da CAPES), possui um acervo instrumental inovador, integrado por um naipe completo de instrumentos melódicos de percussão, grandes instrumentos sinfônicos de percussão e instrumentos tradicionais da cultura popular e étnica, hoje disponíveis para o estudo da percussão na sala 2 da A.A.B.B.
- Pela criação do Grupo de Percussão da UFPel e seus resultados alcançados.
- Pela criação e confecção de instrumentos de percussão tradicionais com materiais alternativos e a criação e confecção de instrumentos alternativos de percussão através da reutilização de materiais.

Por fim, este projeto justifica-se por estar alicerçado no entendimento de que a percussão é uma possibilidade efetiva de construção do conhecimento musical e coloca-se ao lado daqueles que entendem que a educação musical deve compor a formação de professores que atuam na educação básica.

Metodologia

O Projeto de Ensino de Percussão - PEP - prevê reuniões de preparação entre a equipe do projeto, com o objetivo de planejar, organizar e orientar estudos sobre a percussão como possibilidade de fazer musical; apresentação do plano de ensino das disciplinas Grupo de Percussão I e II, e Percussão I e II. Definição do cronograma de atividades dos laboratórios LaPer/CA e Sala de percussão do LAPIS.
Nos encontros regulares de orientação, planejamento e avaliação os bolsistas conhecerão o programa das disciplinas, as atividades do discente/monitor; farão uma revisão da bibliografia prevista nos planos de ensino e do projeto pedagógico do curso. A intenção do PEP é contar com um monitor em cada uma das disciplinas contidas no projeto e um monitor para cada um dos laboratórios. Aos monitores das disciplinas caberá, a tarefá de acompanhar o regente na preparação das atividades das disciplinas em todas as aulas; preparar e organizar a sala de aula, os instrumentos e equipamentos à serem utilizados; eventualmente assumir as funções de regência das atividades; conhecer o que de produz de música de percussão em escolas de Educação Básica de Pelotas, identificar os tipos de instrumentos utilizados; identificar os materiais e equipamentos disponíveis na UFPel para confecção e concerto de instrumentos de percussão, visando além das atividades regulares das disciplinas outras ações eventuais como oficinas, ensaios, mini-cursos e encontros para os alunos do curso de licenciatura.
Os monitores dos laboratórios farão um estudo detalhado dos documentos de criação, normas de funcionamento, assim como uma rigorosa conferência de todos os instrumentos e equipamentos disponíveis; Manterão a organização dos laboratórios antes, durante e depois das atividades; acompanharão o coordenador na elaboração e realização das atividades eventuais e regulares. Será criada uma agenda que articule o PEP com outros projetos de ensino relacionados à percussão e programas como o PIBID.

Resultados Esperados

Neste projeto estamos projetando o envolvimento e alunos e professores e técnicos da UFPel, em ações voltadas para a música de percussão, que reverbere na formação dos alunos do curso de música licenciatura e por conseguinte na cidade de Pelotas, principalmente nas escolas de educação básica.

Possibilitar espaços de formação em percussão para alunos participantes do Programa de iniciação à docência o PIBID , que estão diretamente ligados às escolas.

Oportunizar espaços de apoio a formação daqueles alunos que estão matriculados nas disciplinas de estágio, já na fase final do curso.

Criar espaços e momentos de reflexão sobre a formação no curso de música licenciatura no que diz respeito à percussão.

Incentivar o diálogo entre as disciplinas de percussão, grupo de percussão, oficina básica de musicalização, oficina de construção de instrumentos, teoria e percepção musical e Orientação e Prática Pedagógica Musical.

Indicadores, Metas e Resultados

Este projeto decorre dos projetos de ensino de 2016,- Percussão na formação de educadores, e Percussão na Licenciatura em Música da UFPel de 2015.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADEMIR BELCHIOR MOTTA231/05/201719/12/2017
CAMILA BARBOZA CASTRO2031/05/201719/12/2017
DANIELA GAZIS231/05/201719/12/2017
FELIPE CESAR ZOCAL231/05/201719/12/2017
FRANCO FARIAS OLIVEIRA2031/05/201719/12/2017
GABRIEL FILIPE MOREIRA ALVES231/05/201719/12/2017
GABRIELA CINTRA DOS SANTOS231/05/201719/12/2017
GABRIELA GONÇALVES DE MESQUITA231/05/201719/12/2017
GEORGIA DIAS BENTO231/05/201719/12/2017
GUILHERME CAMPELO TAVARES131/05/201719/12/2017
JOSE EVERTON DA SILVA ROZZINI431/05/201719/12/2017
LUIS FERNANDO HERING COELHO131/05/201719/12/2017
MARIO DE SOUZA MAIA131/05/201719/12/2017
MATHEUS VALENTE GONCALVES231/05/201719/12/2017
Marcelo Barros de Borba131/05/201719/12/2017
OTAVIO AUGUSTO ZANIN DELEVEDOVE431/05/201719/12/2017
RAFAEL GARCIA BORGES131/05/201719/12/2017
TAMIÊ PAGES CAMARGO2031/05/201719/12/2017
VITOR HUGO RODRIGUES MANZKE131/05/201719/12/2017

Página gerada em 18/09/2019 23:40:10 (consulta levou 0.045057s)