Nome do Projeto
Grupo de Estudos em Turismo Gastronômico: perspectivas territoriais e identitárias
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
04/12/2017 - 15/03/2018
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Turismo
Resumo
Em plena contemporaneidade, o turismo segue como um dos maiores fenômenos socioeconômicos presentes na realidade social de diferentes lugares e destinos turísticos. Partes dos impactos gerados são atribuídos a capacidade maioral do turismo de se completar singularmente com as dimensões naturais, econômicas, culturais, tecnológicas ou outras existes nos territórios, evidenciando em sua prática o envolvimento de sujeitos locais muitas vezes, pertencentes a comunidades com forte características socioculturais de herança étnica (FROEHLICH; VENDRUSCOLO, 2012). Para os viajantes, dentre as principais motivações de viagem está à ligação com elaborações culturais, por vezes de valores subjetivos oriundos dos sentidos produzidos pelo contato com a comida local, apresentadas como parte das expressões e representações culinárias e gastronômicas dos territórios visitados (VENDRUSCOLO, 2009). Nesse sentido, os contatos entre visitantes e visitados são aproximados em eventos locais voltados a festividades religiosas, sociais, culturais e comerciais ou mesmo presenciados em bares, restaurantes típicos e meios de hospedagens. Os locais com identidade gastronômica são também expositores de especificidades, que tanto servem de substrato para a cultura local, como para atrair visitantes e, assim, ativar recursos específicos importantes para a perspectiva territorial de desenvolvimento (PECQUEUR, 2005). Todavia, apesar do desenvolvimento territorial valorizar tais recursos, e mesmo a gastronomia sendo um diferencial para a composição do produto turístico, ainda há carência de estudos turísticos voltados ao uso da gastronomia com o sentido identitário, pois muito se tem sobre aspectos de consumo mercadológico em detrimento da valorização de aspectos sócio-culturais voltados ao desenvolvimento.

Objetivo Geral

Socializar estudos sobre o turismo gastronômico, de modo a promover discussões e debates entre os acadêmicos, docentes e demais interessados na temática, oportunizando o aprimoramento das atividades propostas nas disciplinas de gastronomia e outras que perpassam a temática.

Justificativa

A revelação de destinos turísticos de apelo gastronômico é a premissa para identificar novos produtos e serviços que se diferenciam e se agregam para formar um conjunto de produtos locais singulares com condições de valorizar o território em suas diferentes dimensionalidades que influenciarão o desenvolvimento turístico (PECQUEUR, 2005). Cabe, neste ínterim, a construção de um grupo de estudo em turismo e gastronomia para identificar e reconhecer alguns destinos turísticos que buscam na comida local, os sinais desta completude e perspectiva. A decisão de constituir um grupo de estudos em turismo gastronômico tem o intuito de discutir e oportunizar aos estudantes das disciplinas de Gastronomia e outras disciplinas afins, oferecidas pelos Cursos de turismo, de Hotelaria e Gastronomia da UFPEL, o contato com estudos em construção ou finalizados que tratam desta temática, especialmente atendendo a prática de turismo gastronômico como parte dos processos de espetacularização, divulgação e visibilidade de territórios. Nesses casos, o desenvolvimento do turismo está atrelado a tais estratégias e projetos, que nem sempre atendem as expectativas de moradores e atores locais, ficando a mercê de práticas que não valorizam a cultura e a identidade local (FROEHLICH; VENDRUSCOLO, 2012.)
Nos encontros busca-se aprimorar a aprendizagem, o debate acadêmico e os diferentes pontos de vistas produzidos pelas analises teóricas nos encontros realizados. A luz desta perspectiva, está o comprometimento com a produção do conhecimento de natureza científica, a valorização de aspectos sócio-culturais, ambientais e identitários das comunidades e seus territórios, bem como, capacitá-lo a analisar o fenômeno turístico e seus impactos nas suas mais diversas formas (UFPEL, 2017). Por isso, reunir acadêmicos, docentes dos Cursos de Turismo, Gastronomia e Hotelaria, corrobora debates e reflexões sobre os destinos turísticos que atuam com perspectivas gastronômicas de consumo turístico.

Metodologia

Metodologicamente, o grupo de estudos em Turismo e Gastronomia caracteriza-se por estudos de natureza qualitativa com vistas à interpretação de estudos científicos que fazem referencia a temática proposta.
Nos procedimentos metodológicos, pretende-se realizar a escolha de materiais bibliográficos para leitura, discussões e análise em grupo (YIN, 2010). Os encontros do grupo de estudo em turismo e gastronomia serão semanais em horário vespertino, das 17h as 18h30min nas dependências da Universidade Federal de Pelotas.
Realizar 08 encontros para debates, a partir da leitura mínima de 16 textos que relacionem turismo gastronômico, desenvolvimento territorial e identidade, de modo a elaborar uma síntese teórico-analítica dos estudos e discussões desenvolvidos.

Resultados Esperados

Para apresentar os resultados da investigação serão produzidos debates e discussões entre os participantes e oportunizado também a realização de palestras ao longo da execução do projeto de ensino. Para tanto, espera-se que os participantes do projeto possam desenvolver a apreciação critica e ser capaz de gerar novas reflexões e estudos no âmbito acadêmico.
Além disso, almeja-se que os estudos investigativos possam ser compartilhados com o público acadêmico e incentive a participação em projetos de ensino comprometidos com a interdisciplinaridade e a complexidade do fenômeno turístico. Como resultado final, será realizado a produção de um artigo científico a partir das síntese teóricos discutidas em grupo.

Indicadores, Metas e Resultados

As inscrições para participantes do Grupo de Estudos em Turismo e Gastronomia totalizam até 15 (quinze) participantes. Caberá ao coordenador e os coordenadores, a gestão das atividades propostas, o relatório das atividades, as freqüências dos participantes e a confecção de certificados no final do projeto.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALCIDES GOMES NETO204/12/201715/03/2018
ANDYARA LIMA BARBOSA204/12/201715/03/2018
CAROLINE CILIANE CERETTA404/12/201715/03/2018
GISELE SILVA PEREIRA204/12/201715/03/2018
LARISSA PEREIRA LEAL204/12/201715/03/2018
MÁRCIA LOPES DOS SANTOS BOSENBECKER204/12/201715/03/2018
NATHANIEL DA CUNHA PEREIRA204/12/201704/12/2017
PRISCILA VASCONCELLOS CHIATTONE204/12/201715/03/2018
ROBERTA MATTOS LESSA204/12/201715/03/2018
YASMIN PEDROSO SEVEZYNSKI204/12/201704/12/2017

Página gerada em 13/11/2019 20:43:13 (consulta levou 0.053540s)