Nome do Projeto
Seminário Regional de Ensino Superior – SeRES Pelotas, 2014.
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
27/10/2014 - 19/12/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo
Resumo
O SeRES ou Seminário Regional de Ensino Superior é um projeto da Federação Nacional dos Estudantes de Arquitetura que busca proporcionar a discussão do aprendizado com a preocupação de questionar os rumos que o ensino toma nas nossas universidades. Esclarecendo ao estudante as relações entre o que ele vê em sala de aula, entre o sistema em que está inserido e sua profissionalização para o mercado de trabalho. Neste ano, o Seres será realizado em Pelotas de 30 de outubro a 04 de novembro, pensado a partir do calendário de atividades da FAUrb, da UFPel e da FeNEA. Organizar um SeRES é um processo coletivo, que vem sendo planejado desde o início do ano, por meio dos alunos e com o apoio do centro acadêmico com o objetivo de buscar uma melhor qualidade na nossa instituição de ensino. O seminário é aberto aos alunos, professores, servidores e todos os dispostos a contribuir, através de debates, palestras e oficinas ministradas por educadores e profissionais das diversas áreas do conhecimento, criando uma oportunidade de integração entre toda a comunidade acadêmica. O seminário já conta com o apoio da Universidade Católica de Pelotas, com a liberação das aulas para os alunos participantes e disponibilizam o auditório para as atividades plenas.

Objetivo Geral

O SeRES reconhece as diferenças da realidade acadêmica atual e através desses movimentos convida a comunidade a participar de um espaço amplo, que visa o compartilhamento de diferentes ritmos, palcos e cenários. O Seminário Regional de sino Superior em Pelotas propõe essa pausa para então desfrutar desta oportunidade de refletir, instigar, duvidar e debater. Assim, o objetivo principal do Seminário é questionar as normas e diretrizes que guiam o nosso “aprender e ensinar”.

Justificativa

Um conjunto de movimentos convergentes proporcionam a idealização do Seminário Regional de Ensino Superior – SeRES Pelotas, 2014.
Em janeiro, foi realizada a semana acadêmica: SEMANAU 2014 - Cidade Contraste. Apesar do pouco planejamento, houveram pontos positivos como palestras, oficinas e integração. Por outro lado, surtiu como experiência, a dificuldade de realizar atividades em conjunto às aulas e o pouco contato entre alunos e professores para a organização e discussão da semana. Realiza-se, ainda dentro da semana acadêmica, a oficina SeRES, oportunizando o debate dentro da comunidade acadêmica sobre o atual currículo da FAUrb, assim fazendo aparecer inquietações quanto ao tema. No início do primeiro semestre de 2014, o Centro Acadêmico revisa e reavalia as atividades realizadas na gestão anterior, buscando melhor organizar os projetos e vontades futuras. Objetiva-se nessa gestão, principalmente, provocar maior envolvimento dos alunos e assim surgem propostas, como a de uma outra semana acadêmica. Em abril, um grande número de alunos da FAUrb participa do Encontro Regional de Estudantes de Arquitetura, em Blumenau. Desperta-se discussões e interesses coletivos, trazendo à Pelotas ideias para realizar um momento que oportunizasse esse debate dentro da FAUrb. Em paralelo a esses acontecimentos, indiscutivelmente, a FAUrb vive um
momento ascendente quanto ações, movimentações e intervenções, o que se reflete em uma maior participação e intensidade de discussão da realidade. A partir desses acontecimentos, unem-se pessoas e ideais para discutir o SeRES como alternativa a semana acadêmica. Propõe-se um espaço de discussão que respondesse a essas vontades provocadas ao longo desse processo crítico à vida acadêmica. Desde então, acontecem encontros para a estruturação desse Seminário.
Propõe-se o (re)conhecimento, a (des)construção e a ocup(ação) por meio de palestras, oficinas, visitas, mesas de debate e conversas no tapete, para que se olhe a (desin)formação acadêmica de uma maneira diferente. Não por provocar a “contraversão” ao ensino atual, mas para despertar questionamentos sobre a versão que se é contada. Portando, a comissão organizadora do ser SeRES convida aos professores, funcionários e alunos a construir o “SER CONTRAVERSO”. Explorando a versatilidade da escola de arquitetura e urbanismo, seja como profissão, estilo de vida, responsabilidade econômico-social, manifesto artístico, e desenvolvimento de SERES políticos. Afinal é preciso SER!
Assim, OCUPANDO os espaços de ensino, quer-se a RESPONSABILIDADE pela (desin)formação, (des)construir, (re)conhecer na versão do colega. Construindo coletivamente, SER plural. Buscando então, o conhecimento para promover a mudança. Usufruindo e fazendo parte da mutação que é inerente a nós, SERES sociais, habitantes e modificadores da cidade.

Metodologia

O projeto se divide em 3 etapas:

1) Preparação: organizar o evento:
a. Problematizar;
b. Discutir temática;
c. Criar identidade visual;
d. Montar cronograma de atividades;
e. Escolher data do evento;
f. Abrir inscrições
g. Preparar espaço físico na Faurb
h. Credenciamento.
2) Evento: divido em atividades que serão relatadas e registradas:
a. Mesas (5): espaço destinado ao debate horizontal dentro da comunidade acadêmica a partir de mais de um convidado e um mediador.
b. Palestras (3): espaço destinado ao debate horizontal dentro da comunidade acadêmica a partir de um convidado
c. Visitas: contextualização das discussões a partir da cidade
d. Oficinas: contextualização das discussões a partir de práticas
e. Debates (2): espaço destinado ao debate horizontal dentro da comunidade acadêmica onde se apreciarão temas
3) Avaliação:
a. CoREA: espaço deliberativo para discutir as pautas da federeção nacional dos estudantes de arquitetura e urbanismo, na regional sul
b. Plenaria: espaço horizontal dentro da comunidade acadêmica para exposição das sugestões, recomendações, contribuições, sensações e conclusões sobre os temas discutidos e encaminhamentos.
c. Caderninho: edificação de um caderno de relatos a partir de textos colaborativos.

Resultados Esperados

Espera-se, através do Seminário projeto, despertar a reflexão, a dúvida e o debate sobre as normas e diretrizes sobre o ensino de Arquitetura e Urbanismo.
A produção coletiva de um relatório geral a partir das respostas (sugestões, recomendações, contribuições, sensações e conclusões) às provocações tematizadas no SeRES.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CAMILA DA CUNHA SILVEIRA427/10/201419/12/2014
CELINA MARIA BRITTO CORREA427/10/201419/12/2014
FLÁVIA PAGNONCELLI GALBIATTI1227/10/201419/12/2014
FRANCIELE FRAGA PEREIRA1227/10/201419/12/2014
GABRIELA GONZALEZ PERONTI1227/10/201419/12/2014
GUSTAVO DE OLIVEIRA NUNES1227/10/201419/12/2014
JOSE EMIR RODRIGUES GONCALVES427/10/201419/12/2014
LEONARDO SCHERER1227/10/201419/12/2014
MANUELA CAMERINI DA ROSA1227/10/201419/12/2014
OTAVIO MARTINS PERES427/10/201419/12/2014
RAFAEL EINHARDT FISS1227/10/201419/12/2014
RICARDO LUIS SAMPAIO PINTADO427/10/201419/12/2014
RODOLFO BARBOSA RIBEIRO1227/10/201419/12/2014
SHIRLEY TERRA LARA DOS SANTOS1227/10/201419/12/2014
TAÍS BELTRAME DOS SANTOS1227/10/201419/12/2014

Página gerada em 12/12/2019 04:29:20 (consulta levou 0.056618s)