Nome do Projeto
Construção do conhecimento, metodologia e prática profissinal nas Ciências Sociais
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
04/05/2015 - 30/12/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Humanas - Ciência Política
Resumo
Este projeto tem como foco a melhoria da qualidade do ensino e da formação profissional dos cientistas sociais nos cursos de bacharelado e licenciatura da UFPel. Tem como propósito uma maior formação teórico-metodológica, a preparação para a docência e para a atuação do egresso no mercado de trabalho. Trata-se de um projeto de ensino que quer articular ações de interesse comum entre os professores das disciplinas de Ciência Política, Sociologia, Metodologia e Prática de Ensino do Departamento de Sociologia e Política visando qualificar a formação do corpo discente e diminuir o índice de reprovação e evasão dos estudantes nos cursos de Bacharelado e Licenciatura em Ciências Sociais.

Objetivo Geral

Melhorar a qualidade do processo de ensino-aprendizagem atuando prioritariamente no combate à reprovação, à retenção e à evasão no(s) curso(s) de graduação em Ciências Sociais da UFPEL, mediante atuação direta do monitor no apoio ao desenvolvimento da(s) disciplina(s) oferecidas pelo departamento;

Justificativa

Verificamos durante o primeiro e o segundo semestre do ano letivo de 2014 através das disciplinas ofertadas pelo Departamento aos Cursos de Ciências Sociais um considerável índice de reprovação e infrequência dos alunos, principalmente, nas disciplinas de Ciência Política (40%), Sociologia (47%), Metodologia (42%) e Prática de Ensino (32%) cursadas durante o primeiro semestre nos cursos de bacharelado e licenciatura.

As disciplinas de "Sociologia", "Sociologia I", "Fundamentos em Sociologia" , " Introdução as Ciências Sociais", "Fundamentos em Ciências Sociais I e II" , "Introdução a Ciência Política" e Análise em Políticas Públicas", por exemplo, também são ofertadas em maior número para um conjunto de outros cursos de graduação da Universidade, geralmente, no primeiro e no segundo semestre do curso. Ao todo, são mais de 12 cursos de graduação/colegiados atendidos pelo Departamento, além dos cursos das Ciências Sociais.

Os dados apontam para maiores índices de reprovação e infrequência dos alunos em disciplinas básicas oferecidas na primeira metade do curso, nos dois primeiros anos, principalmente nos primeiros semestres dos cursos, em que também se verifica um maior numero de matrículas e de alunos cursando às disciplinas.
Portanto, entende-se que devemos concentrar esforços e agir de forma articulada para estimular os estudantes a não desistir e abandonar as disciplinas e, consequentemente, o curso nos primeiros dois anos.

Para que isso não aconteça, a disposição de bolsas de monitoria, para as disciplinas de Ciência Política, Sociologia, Metodologia e Prática de Ensino é fundamental, pois os alunos monitores poderão auxiliar seus colegas com maiores dificuldades de aprender. Alem de estimular e envolver a sua participação em outras atividades dos cursos, como projetos de pesquisa e extensão.



Metodologia

Cada área de conhecimento exige formas de ensinar e de apreender específicas, envolvendo o professor e o aluno no processo de ensino/aprendizagem. Cada professor terá autonomia para desenvolver sua disciplina, o que constitui parte integrante do processo formativo dos alunos. No entanto, é importante que cada professor, além de articular sua disciplina com as disciplinas de outros professores, pense a mesma no contexto teórico-prático global, no que se refere ao campo a que pertence e referente ao processo de formação profissional construído coletivamente e intimamente articulado com o Projeto Político Pedagógico do(s) Curso(s).
A metodologia responde ao como vai ser operacionalizado o Projeto de Ensino? Que ou qual(is) abordagem(s) será(ão) utilizada(s) para trabalhar os conteúdos propostos no Projeto. Por um lado, a cada professor cabe organizar as atividades de ensino, utilizando as técnicas que dêem conta da apreensão dos conteúdos da disciplina. Por outro lado, as atividades também devem atender às características e expectativas do monitor/aluno inserido no processo de aprendizagem.
Dentre as principais técnicas a serem utilizadas coletivamente, para as situações de aprendizagem conjuntas, podem-se destacar encontros, seminários e oficinas, lembrando que “a construção do conhecimento é o momento do desenvolvimento operacional, da atividade do aluno por meio da pesquisa, do estudo individual, dos seminários, dos exercícios, no qual se explicitam as relações que permitem identificar como o objeto de conhecimento se constitui” (LIBANEO,1985, p.215).

Resultados Esperados

Diminuir o índice de reprovação, retenção e evasão dos estudantes nos Cursos de Ciências Sociais da UFPel.

Melhorar a auto-estima, a confiança e a segurança dos estudantes em relação ao seu desenvolvimento acadêmico e profissional.

Maior estímulo, participação e envolvimento dos estudantes com projetos de ensino, pesquisa e extensão, no âmbito da Universidade e fora dela.



Indicadores, Metas e Resultados

A ideia é que esse projeto possa se constituir no futuro um Programa de Monitorias do Departamento de Sociologia e Política da UFPel, atendendo também a necessidade e demanda dos estudantes de outros cursos; que a ele possam estar vinculados outros projetos por parte dos professores responsáveis pelas disciplinas, com temas que poderão ser desenvolvidos de forma individual e coletiva; ações de interesse comum para o conjunto de professores e alunos do programa.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANGELO GONCALVES PERELLO204/05/201530/12/2016
ANNE PINTO BRANDALISE223/11/201623/11/2016
André Luis Pereira12
BRUNA SCHNEID DA SILVA223/11/201623/11/2016
CANDIDA MARIA DA SILVA D AMICO204/05/201530/12/2016
CARLOS WILLIAN SCHNAVANZ SALGADO223/11/201623/11/2016
CAROLINE BIANCA GRAEFF223/11/201623/11/2016
CLADEMIR LUIS ARALDI223/11/201623/11/2016
DIANINE CENSON LOPES223/11/201623/11/2016
DIEGO WEIMAR DOS SANTOS223/11/201623/11/2016
EDUARDA DAMÉ CASTILHO BETTIN223/11/201623/11/2016
FERNANDO NORA DO ROSARIO1223/11/201623/11/2016
FLAVIA CARVALHO CHAGAS223/11/201623/11/2016
FRANCINE FURTADO VIEIRA MOHAMMED223/11/201623/11/2016
FRANCISCO EDUARDO BECKENKAMP VARGAS404/05/201530/12/2016
HEMERSON LUIZ PASE504/05/201530/12/2016
ICARO GABRIEL DA FONSECA ENGLER404/05/201524/08/2015
IGOR DEVISATE DE SOUZA2011/05/201523/12/2016
JEFFERSON SAMPAIO ALVES2005/06/201515/12/2015
JESSICA RODRIGUES ARAUJO CUNHA2002/05/201623/12/2016
JOAO DANIEL DORNELES RAMOS1223/11/201623/11/2016
KALLÉU SCHMIDT MENDES223/11/201623/11/2016
KELIN VALEIRAO1223/11/201623/11/2016
LAION LOESTER DE PAULA DIAS GONÇALVES2002/05/201623/12/2016
LEANDRO ALMEIDA DE TUNES223/11/201623/11/2016
LEO PEIXOTO RODRIGUES410/08/201530/12/2016
LETICIA DE AVILA PEREIRA2011/05/201515/12/2015
LUANA FRANCINE NYLAND223/11/201623/11/2016
LUCAS MELLO NESS223/11/201623/11/2016
MARCUS VINICIUS BALESTRO2011/05/201510/08/2015
MARCUS VINICIUS SPOLLE404/05/201523/12/2016
MARIA THEREZA ROSA RIBEIRO223/11/201623/11/2016
MARIANA DA CUNHA AIRES1211/05/201529/07/2015
MIRIANE AVEIRO QUADRADO223/11/201623/11/2016
PATRICIA RODRIGUES CHAVES DA CUNHA404/05/201510/08/2015
PATRÍCIA CABRAL DOROW2001/08/201501/10/2015
PAULO SERGIO DOS SANTOS OLIVEIRA223/11/201623/11/2016
PEDRO ALCIDES ROBERTT NIZ404/05/201515/12/2015
RAFAEL BRAZ DA SILVA408/08/201630/12/2016
RAFAEL CESAR ILHA PINTO223/11/201623/11/2016
ROBERTA AUGUSTA ALENCAR DOS GUIMARÃES VIANNA223/11/201623/11/2016
ROMERIO JAIR KUNRATH1004/05/201530/12/2016
ROSANGELA MARIONE SCHULZ401/09/201512/12/2015
SUZI URBANA SILVEIRA DA SILVA223/11/201623/11/2016
SÉRGIO BOTTON BARCELLOS12
TUPAY TAVARES MACHADO223/11/201623/11/2016
VICTOR BRAZ ITURRIET223/11/201623/11/2016
Vivian Pastorini Torchelsen2011/05/201515/12/2015

Página gerada em 08/12/2019 03:56:32 (consulta levou 0.059395s)