Nome do Projeto
Detecção de Salmonella spp. e outros patógenos em galinhas de criação colonial na região sul do Rio Grande do Sul
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
16/02/2020 - 23/12/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Resumo
A criação avícola brasileira pode ser classificada quanto ao tipo de criação em avicultura industrial e avicultura alternativa. A avicultura alternativa apresenta-se como um sistema semi-intensivo ou extensivo de produção que vem ganhando destaque nos últimos anos, devido à mudança do perfil dos consumidores que buscam alimentos naturais e presam o bem estar das aves. Produtos de origem avícola são frequentemente relacionados com surtos de DTA (Doenças Transmitidas por Alimentos) sendo as bactérias do gênero Salmonella os principais agentes relacionados com essas toxinfecções, além de serem responsáveis por significativas perdas de produtividade neste setor, devido ao aumento da mortalidade e contaminação de produtos direcionados ao consumo humano. A salmonelose é uma zoonose de grande importância e apresenta-se como um desafio para a saúde pública, em razão da elevada endemicidade, alta morbidade e, acima de tudo, pela dificuldade do seu controle, neste contexto a identificação de aves portadoras é requisito crucial na prevenção da enfermidade em seres humanos e no controle no campo. O Programa Nacional de Sanidade Avícola (PNSA) determina o controle permanente de Salmonella e outras enfermidades em aves destinadas à reprodução e em incubatórios e, o controle deste patógeno em frangos de corte e poedeiras comerciais. No entanto, criações alternativas e/ou coloniais não estão inclusas no programa, não sendo estabelecida nenhuma forma de controle de Salmonella neste tipo de criação. O controle de Salmonella nas galinhas caipiras e seus subprodutos são um desafio para a saúde pública, pois além de infectar as aves causando a doença clínica podem torná-las portadoras assintomáticas. A avicultura alternativa proporciona aos produtores um baixo custo de investimento e aumenta a renda das famílias das áreas rurais, através da comercialização de carne e ovos e, ao mesmo tempo que enriquece a alimentação das próprias famílias. No entanto, muitas propriedades de agricultura familiar com criações de galinha colonial não possuem instalações e práticas de manejo que abrangem com eficiência os aspectos sanitários para estes animais, não sendo utilizado controle zootécnico e sanitário, fazendo dessas aves potenciais disseminadoras de inúmeros agentes patogênicos.

Objetivo Geral

Detectar a presença de anticorpos para Salmonella sp. através de soroaglutinação em aves de criação colonial;
- Isolamento através de cultura microbiológica de Salmonella sp. e outros patógenos, de swabs cloacais e de órgãos;
- Descrição das principais lesões macroscópicas e histopatológicas observadas nos casos de Salmonella spp.;
- Realização da técnica de PCR para detecção dos gêneros de Salmonellas isolados.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BIANCA LUDTKE PAIM101/08/202023/12/2020
BIANCA LUDTKE PAIM2001/08/201931/07/2020
EULALIA MARIA JOVITA ARANTES118/06/201915/02/2020
GILBERTO D'ÁVILA VARGAS116/02/202023/12/2020
HAIDE VALESKA SCHEID416/02/202023/12/2020
MARGARIDA BUSS RAFFI116/02/202023/12/2020
ROSIMERI ZAMBONI416/02/202023/12/2020
SILVIA REGINA LEAL LADEIRA116/02/202023/12/2020
TAINA DOS SANTOS ALBERTI416/02/202023/12/2020
TASSIANA RAMIRES116/02/202023/12/2020
WLADIMIR PADILHA DA SILVA116/02/202023/12/2020

Página gerada em 22/01/2020 15:53:23 (consulta levou 0.109325s)