Nome do Projeto
Influência da palatabilidade na geração de transtorno de compulsão alimentar no “Modelo de Dependência de Açúcar” em camundongos
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/01/2020 - 30/11/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Nutrição
Resumo
A crescente prevalência mundial de obesidade está em parte relacionada com a disponibilidade imediata de alimentos altamente palatáveis, o que induz ao aumento da ingestão de alimentos. Sendo assim, este estudo é motivado pela necessidade de descobrir mais a respeito do impacto destes alimentos palatáveis no comportamento alimentar. Para isso serão usados camundongos machos, os quais serão divididos em cinco grupos de doze animais, os quais ficarão mantidos de 3 em 3 animais nas caixas, com diferentes formas de acesso a uma solução adocicada altamente palatável, sendo eles: grupo controle (C) (ração e água ad libitum); grupo sacarose (S) (ração, água e uma solução de 10% de sacarose ad libitum); grupo restrição alimentar e sacarose (RS) (água ad libitum e restrição de 12 horas para acesso à ração e à solução de 10% de sacarose); grupo restrição e adoçante (RA) (água ad libitum e restrição de 12 horas para acesso à ração e à solução de 0,6% de sucralose); e grupo restrição e adoçante mais insulina (RAi) (água ad libitum, restrição de 12 horas para acesso à ração, a uma solução de 0,6% de sucralose, e aplicações de insulina [0,05 UI/kg p.v. subcutâneo] depois de 1 hora de acesso ao alimento). Durante a execução do experimento serão realizadas avaliações do consumo alimentar e ganho de peso, além de observações comportamentais, que serão feitos durante a primeira hora de exposição às soluções adocicadas. No final do período de tratamento serão realizados dois testes glicêmicos, sendo estes o teste de tolerância à glicose (TTG) e o teste de tolerância à insulina (ITT). Por fim, após o experimento será feita a coleta de órgãos e tecidos e realizadas análises estatísticas. É esperado que ocorra um consumo exacerbado das soluções açucaradas, o que por sua vez irá gerar comportamentos compulsivos nos camundongos, aumentando assim a pré-disposição a obesidade e a doenças associadas. Através disso, este estudo poderá gerar conhecimentos para o melhor entendimento do desenvolvimento da obesidade, abrindo caminho para a elaboração de novas medidas de tratamento visando o seu combate.

Objetivo Geral

Geral:
Investigar a influência da palatabilidade no desenvolvimento de compulsão alimentar em camundongos através do Método Dependência de Açúcar
Específico
Estabelecer modelo experimental em camundongo;
Comparar os efeitos da adição de açúcar e de adoçantes na dieta com distúrbios de comportamento alimentar;
Encontrar alterações moleculares no sistema nervoso central associadas as alterações observadas no comportamento dos animais.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
AUGUSTO SCHNEIDER101/01/202030/11/2022
GISELE DA SILVA DIAS501/01/202030/11/2022
GUILHERME RIBEIRO FERREIRA CARDOZO401/01/202030/11/2022
Hellena Storch Vieira2001/08/202031/07/2021
LAURA VARGAS HOFFMANN1001/01/202030/11/2020

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPES/PROAPR$ 850,00

Página gerada em 26/05/2024 15:21:49 (consulta levou 0.055050s)