Nome do Projeto
ACEITABILIDADE DE PREPARAÇÕES À BASE DE ANCHOITA (Engraulis anchoita) NA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR: AÇÕES DA GASTRONOMIA E NUTRIÇÃO
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
15/12/2011 - 15/12/2013
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Nutrição
Resumo
É dever das escolas ofertar uma refeição nutricionalmente equilibrada e orientar seus alunos quanto à necessidade de bons hábitos de vida, pois o aluno bem alimentado apresenta maior rendimento escolar, possui um equilíbrio para seu crescimento e desenvolvimento e mantém as defesas imunológicas adequadas. Uma alimentação inadequada no período escolar pode gerar conseqüências como alterações do aprendizado e da atenção, carências nutricionais ou decorrentes do excesso de alimentos (sobrepeso e obesidade), além de contribuir aumentando a evasão e a repetência dos estudantes. Conforme a Constituição Federal de 1988, o Programa Nacional da Alimentação Escolar (PNAE) possui caráter universal, e é gerenciado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE. Ao instituir a alimentação escolar saudável, oferecendo aos escolares alimentos que contenham carboidratos, proteínas, lipídios, vitaminas, fibras e minerais de qualidade e em quantidade adequada, a escola atua tanto na prevenção e no controle das doenças crônicas não transmissíveis, quanto no combate às deficiências nutricionais, além de proporcionar o aumento da imunidade. Entre os diferentes alimentos que se deve estimular o consumo, o peixe é uma importante fonte nutricional. A carne de peixe é fonte de proteína e lipídios de boa qualidade. A proteína, pelo equilíbrio dos aminoácidos essenciais, tem alto valor nutritivo e os lipídios, pela presença dos ácidos graxos ômega 3, têm efeitos redutores sobre os triglicerídeos e o colesterol sanguíneo, reduzindo o risco de doenças cardiovasculares. A produção de proteína de alta qualidade proveniente das atividades da pesca e da aqüicultura tem sido ultimamente amplamente discutida, tanto pelos seus benefícios nutricionais como pela questão da sustentabilidade, valorizando alimentos naturais e regionais. Entre os peixes pouco explorados, destaca-se a espécie Engraulis Anchoita, pertencente à família Engraulidae, do gênero Engraulis. Um pequeno peixe forrageiro próximo da base da pirâmide trófica, é uma espécie co-genérica da sardinha e abundante na maior parte do anoA anchoita aparece na costa brasileira em safras, os cardumes começam a surgir a partir de junho e o período de pesca estende-se até outubro/novembro. O estoque do peixe é compartilhado entre Brasil, Uruguai e Argentina e os cardumes migram entre as águas destes três países, sendo que no Brasil, o principal local de pesca é na região da cidade de Rio Grande - RS.A anchoita processada permite gerar uma alternativa alimentar nutritiva, pois possui baixo teor de gordura e de sódio, alta concentração de ômega 3 e ômega 6, benefícios ao sistema imunológico, prevenção de doenças cardíacas e há até mesmo referências à prevenção do câncer, se caracterizando como uma matéria-prima com excelente valor nutricional.

Objetivo Geral

Tendo em vista que um dos objetivos do PNAE é promover a formação de hábitos alimentares saudáveis entre os estudantes, torna-se necessário o incentivo do consumo de peixes, especificamente a anchoita, devido seus benefícios nutricionais e por ser um alimento da região, favorecendo os aspectos culturais e de sustentabilidade.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
2
2
2
2
2
2
2
2
ALICE GUIMARÃES DE FARIA301/11/201331/12/2013
JULIANA ROJAHAN KAEZYNSKI301/11/201331/12/2013
LIANE DE QUADROS GALVÃO301/11/201331/12/2013
MANOELA TEIXEIRA DA SILVA301/11/201331/12/2013
MARITANA GONZAGA GONÇALVES301/11/201331/12/2013
MICHELE FERREIRA DA CRUZ301/11/201331/12/2013
NATHALIA MATTIES MAAS408/11/201331/12/2013
TAINÁ DA SILVA SIGALES301/11/201331/12/2013
THAINÁ PEREIRA PIVA301/11/201331/12/2013

Página gerada em 14/12/2018 08:44:44 (consulta levou 0.088798s)