Nome do Projeto
Aconselhamento nutricional da estratégia de Atenção Integral às Doenças Prevalentes na Infância (AIDPI): efeito a longo prazo da intervenção de Pelotas, RS, Brasil
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
02/01/2013 - 03/01/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Resumo
O capital humano consiste no conjunto de conhecimento, habilidades, competências e outras características, que promovem o bem-estar pessoal, social e econômico dos indivíduos. Há uma crescente evidência, a partir de estudos do ciclo vital com coortes de nascimento, de que fatores precoces na vida influenciam o capital humano avaliado anos mais tarde.[1, 2] A nutrição adequada no início da vida está diretamente associada à altura corporal, escolaridade, renda e posição social alcançadas na vida adulta, bem como ao peso ao nascer da geração seguinte, mesmo após ajuste para fatores de confusão.[2] Tal evidência tem colocado as intervenções nutricionais durante a infância em um papel central para o desenvolvimento social e econômico de longo prazo. Espera-se localizar e examinar todos os 424 adolescentes arrolados originalmente no estudo. Em julho de 2011, foi realizado um rápido estudo piloto em que se buscou 50 dos adolescentes aleatoriamente selecionados. Empregando apenas o primeiro passo da estratégia de busca (visita aos domicílios onde os participantes receberam a visita do terceiro acompanhamento após a consulta inicial), foi possível localizar 33 (66%): a maioria residia no mesmo endereço e os que haviam mudado, tiveram o endereço atual indicado por parentes ou vizinhos. Em uma rápida entrevista, todos expressaram interesse em participar desse acompanhamento.

Objetivo Geral

OBJETIVOS
Avaliar o impacto, cerca de 15 anos após a intervenção, do aconselhamento nutricional dado às mães de crianças com 0-18 meses de idade, no contexto da consulta médica, em postos de saúde, sobre:

1) o capital humano dos adolescentes (inteligência, nível de escolaridade, desempenho escolar, saúde mental, bem-estar e felicidade);
2) a antropometria (peso, altura, circunferência abdominal, pregas cutâneas), volume corporal e composição corporal dos adolescentes (massa magra, massa gorda, massa óssea e densidade mineral óssea);
3) saúde física (hipertensão arterial, asma, colesterol plasmático e frações, triglicerídeos, proteína C-reativa) e comportamentos de saúde dos adolescentes (tabagismo; atividade física; hábitos alimentares; consumo de álcool; consumo de drogas ilegais; horas gastas com deveres escolares, esportes e jogos de computador).

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
04
04
04
ALICIA MATIJASEVICH MANITTO402/01/201303/01/2015
BRUNNA ROBERTA VITORIA1201/08/201331/07/2014
DENISE PETRUCCI GIGANTE402/01/201303/01/2015
HELEN DENISE GONCALVES DA SILVA402/01/201303/01/2015
JANAÍNA ARMENDARIS CRUZ1201/08/201331/07/2014
MARIANA OTERO XAVIER1201/08/201331/07/2014

Página gerada em 18/09/2019 04:33:55 (consulta levou 0.061464s)