Nome do Projeto
EXTRAÇÃO, PURIFICAÇÃO E NANOENCAPSULAÇÃO DE COMPOSTOS BIOATIVOS DE MIRTILO (Vaccinium ashei Reade) PARA APLICAÇÃO EM SISTEMAS ALIMENTÍCIOS
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
04/11/2013 - 31/10/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos
Resumo
O experimento consistirá, primeiramente, em extrair, purificar e nanoencapsular extratos ricos em compostos fenólicos de mirtilos, utilizando como material de parede gelatina e quitosana pelo método de camada por camada, seguido de liofilização. Será realizada a caracterização dos extratos quanto aos teores de compostos fenólicos individuais e antocianinas individuais por Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (HPLC) e atividade antioxidante por espectrometria UV-Vis. A caracterização das nanocápsulas será realizada através da eficiência de encapsulação, morfologia, potencial zeta, perfil microestrutural e comportamento térmico. Após a caracterização dos extratos e confirmação da encapsulação será realizado um estudo em relação a cinética de liberação dos compostos encapsulados in vitro, simulando os fluídos gástrico e intestinal e em água destilada. A estabilidade das nanocápsulas será avaliada durante sua estocagem na presença e ausência de luz e a 4 ºC e 25 ºC. Também será avaliado o efeito citotóxico das nanocápsulas. Será realizada a aplicação das nanocápsulas durante o processamento de três sistemas alimentícios, suco tradicional, suco desidratado e néctar de abacaxi, sendo, posteriormente, avaliados quanto à cor, teor de compostos fenólicos individuais, antocianinas individuais e atividade antioxidante

Objetivo Geral

Objetivo Geral
Nanoencapsular extratos ricos em compostos fenólicos provenientes de mirtilos e aplicar em suco tradicional, suco desidratado e néctar de abacaxi.

Objetivos Específicos
Obter extratos ricos em compostos fenólicos.
Purificar parte do extrato obtido a fim de se obter um extrato bruto e um extrato purificado.
Caracterizar os extratos quanto aos teores de compostos bioativos, bem como sua atividade antioxidante.
Nanoencapsular os extratos ricos em compostos fenólicos utilizando como material de parede gelatina e quitosana pelo método de camada por camada, seguido de liofilização.
Caracterizar as nanocápsulas quanto à morfologia, tamanho, eficiência de encapsulação, comportamento térmico, efeito citotóxico, liberação e estabilidade durante a estocagem.
Aplicar as nanocápsulas em três sistemas alimentícios a fim de verificar a estabilidade dos compostos encapsulados ao processamento e armazenamento, bem como enriquecer estes alimentos com compostos bioativos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CAROLINE DELLINGHAUSEN BORGES204/11/201331/10/2016
CINARA TANHOTE SOUSA1201/08/201431/07/2015
JOSIANE KUHN RUTZ4004/11/201331/10/2016
KARINA FERREIRA FERNANDES1201/08/201531/07/2016

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 2.400,00

Página gerada em 09/12/2018 17:59:48 (consulta levou 0.085934s)