Nome do Projeto
Soroprevaência de Toxoplasma gondii e possível associação com hábitos alimentares em populações rurais de origem germânica no Rio Grande do Sul
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
07/01/2014 - 07/06/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia Parasitária Humana
Resumo
A toxoplasmose é uma zoonose cosmopolita, com grande importância médica e veterinária, podendo ocasionar abortos e grandes perdas reprodutivas, em todos animais homeotérmicos. É uma protozoonose de grande importância em termos de saúde pública que pode causar graves conseqüências nas espécies infectadas. Sua prevalência pode variar de região para região, conforme hábitos socioculturais, fatores geográficos e climáticos. O ser humano é contaminado principalmente pelo consumo de cistos teciduais em carnes cruas ou mal cozidas ou pelo consumo de água e alimentos contaminados pelos oocistos. Diversas pesquisas em ambientes rurais sobre toxoplasmose já foram realizados, o que gerou uma diversificação de dados. Tendo em vista a frequência sorológica, relacionados ao hábito alimentar, costume rural e sociocultural da população em diversas pesquisas, associou-se a inexistência de trabalhos nessa região, caracterizando este local como um grande potencial de pesquisa. Esse trabalho tem como objetivo conhecer a prevalência de toxoplasmose do 2º Distrito rural de São Lourenço do Sul, e associá-las aos hábitos alimentares e socioculturais da população cadastrada no Posto de Saúde Familiar na localidade de Santa Inês. Serão realizadas no mínimo 321 coletas de sangue humano por faixa etária pré-determinada e etnia local. As coletas de sangue serão feitas pelos autores do projeto, nas dependências do Posto de saúde de Santa Inês. O soro será armazenado a -20ºC até a avaliação. Será feita a análise do título de IgG e IgM por imunofluorêscencia indireta ( kit WAMA®).O ponto de corte será 1:32. Valores menores serão considerados reações inespecíficas. Também serão avaliados possíveis fatores epidemiológicos relacionados com a positividade para T. gondii, na população estudada, através da aplicação de questionário epidemiológico. Os resultados obtidos servirão para prover recursos para tomada de decisão sobre as medidas de prevenção que devem ser adotadas.

Objetivo Geral

Conhecer a soroprevalência de T. gondii e associá-la aos hábitos alimentares e outros possíveis fatores de risco, de população germânica no sul do RS

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALINE MACHADO CARVALHO2008/01/201405/06/2015
BEATRIS GONZALEZ CADEMARTORI408/01/201406/06/2014
FERNANDO CAETANO DE OLIVEIRA208/01/201405/06/2015

Página gerada em 17/12/2018 17:31:00 (consulta levou 0.078620s)