Nome do Projeto
Desenvolvimento de imunoensaios para o diagnóstico de enfermidades infecto parasitárias dos bovinos
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
23/04/2014 - 31/12/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Aplicada
Resumo
A Biotecnologia é uma área multidisciplinar e importante no desenvolvimento de insumos imunobiológicos para o uso no diagnóstico de enfermidades humanas e animais. Contudo, apesar dos avanços biotecnológicos, ainda hoje muitas doenças infecto parasitárias que acometem o rebanho bovino são diagnosticadas por metodologias trabalhosas e onerosas. Como exemplo, podemos citar as dificuldades encontradas na bovinocultura para realizar o diagnostico de tuberculose, neosporose, leptospirose e infecção por Herpesvírus Bovino Tipo 5 (BoHV-5), as quais necessitam da produção de antígenos brutos obtidos através de cultivo celular em larga escala. Além do preparo do próprio insumo de diagnóstico, os laboratórios executores necessitam de adequação às normas de biossegurança associadas ao cultivo desses patógenos. Nesse contexto, a proposta desse projeto é a obtenção de antígenos expressos pelos patógenos causadores das enfermidades anteriormente citadas (tuberculose, neosporose, leptospirose e infecção por BoHV-5) em suas formas recombinantes e a produção de mAbs contra estes alvos, os quais serão utilizados no desenvolvimento de novos ensaios de diagnóstico, de fácil execução e baixo custo, para detecção e prevenção dessas doenças. A estrutura de laboratórios e equipamentos, assim como a adequação às normas de Biossegurança encontradas no PPGB/CDTec/UFPel (anexo I) permitirá de forma plena o desenvolvimento desse projeto e contribuirá na elaboração de metodologias alternativas com intuito de diminuir as perdas econômicas na bovinocultura. Dentre os alvos promissores para o desenvolvimento desses insumos diagnósticos foram escolhidos antígenos importantes no processo de patogenicidade e virulência de cada patógeno. Para Leptospira patogênica foram escolhidas as adesinas OmpL37 e LipL32; para Neospora caninum as proteínas imunodominantes Ncp43 e Ncp29; para Mycobacterium bovis foi escolhida a proteína de parede celular Ag85B e para o BoHV-5 foi escolhida a glicoproteína do envelope viral gE. Nessa perspectiva, o produto final a ser obtido são imunoensaios de diagnóstico aplicados à bovinocultura nos formatos de polarização da fluorescência (FPA) e enzyme linked immunosorbent assay (ELISA). Esse objetivo será alcançado através da capacitação de profissionais especializados, a fim de que esses testes sejam brevemente comercializados.

Objetivo Geral

Objetivo Geral
Produzir, caracterizar e avaliar o potencial de diagnóstico de fatores de patogenicidade/virulência de Leptospira, N. caninum, M. bovis e BoHV-5 e de anticorpos monoclonais (mAbs) gerados contra estes alvos para o desenvolvimento de ensaios de diagnóstico nos formatos de polarização da fluorescência (FPA) e enzyme linked immunosorbent assay (ELISA) visando o controle de patologias infecto parasitárias dos bovinos.
Objetivos Específicos
- Obter as proteínas OmpL37 e LipL32 (Leptospira), Ncp43 e Ncp29 (N. caninum), Ag85B (M. bovis) e gE (BoHV-5) em suas formas recombinantes através de clonagem e expressão em sistema de expressão procarioto Escherichia coli;
- Obter lotes purificados e quantificados das proteínas rOmpL37, rLipL32, rNcp43, rNcp29, rAg85B e rgE;
- Avaliar a antigenicidade das proteínas rOmpL37, rLipL32, rNcp43, rNcp29, rAg85B e rgE;
- Obter cultivos de hibridomas estáveis e secretores de mAbs reativos contra as proteínas OmpL37, LipL32, Ncp43, Ncp29, Ag85B e gE em suas formas recombinantes e nativas;
- Caracterizar os mAbs através de imunofluorescência, microscopia eletrônica de transmissão e imunoperoxidase utilizando as proteínas nativas expressas em cultivos celulares;
- Avaliar o potencial das proteínas recombinantes e dos mAbs produzidos em ensaios de polarização da fluorescência (FPA) e imunoenzimático (ELISA) para o diagnóstico sorológico da leptospirose, neosporose, tuberculose e infecção por BoHV-5.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BIANCA SICA SIEDLER2029/04/201429/04/2016
BRUNO MOISÉS DE MATOS329/04/201431/12/2017
BRUNO MOISÉS DE MATOS1201/08/201431/07/2015
BÁRBARA COUTO ROLOFF PADILHA1029/04/201431/12/2017
DAIANE DRAWANZ HARTWIG123/04/201431/12/2017
FABIANA KOMMLING SEIXAS123/04/201431/12/2017
FRANCINE ALVES SINNOTT3029/04/201431/12/2017
GIZELE LIMA DE SÁ2029/04/201431/12/2017
MARIA ELISABETH AIRES BERNE123/04/201420/04/2016
MARINA ACOSTA DOS SANTOS429/04/201431/12/2017
MARINA ACOSTA DOS SANTOS1201/08/201431/07/2015
ODIR ANTONIO DELLAGOSTIN123/04/201431/12/2017
ROBERTA MARANINCHI SILVEIRA329/04/201431/12/2017
SIBELE BORSUK123/04/201431/12/2017
SILVIA DE OLIVEIRA HUBNER123/04/201420/05/2016

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
FAPERGS (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul)R$ 100.800,00

Página gerada em 24/09/2019 06:05:49 (consulta levou 0.077171s)