Nome do Projeto
Desenvolvimento de scaffolds injetáveis para engenharia tecidual da polpa dental.
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/05/2014 - 01/05/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Resumo
Propriedades físico-químicas e aplicabilidade biológica de materiais em escala nanométrica são de grande interesse e crescente importância no desenvolvimento de inovações na área de biotecnologia. Nos últimos anos, materiais e sistemas nanoestruturados, além de polímeros sintéticos e naturais, vêm sendo investigados como biomateriais para ampla gama de aplicações, incluindo sistemas de entrega e regeneração tecidual (engenharia de tecidos). Crescente interesse tem sido direcionado para a área de engenharia tecidual na odontologia e acredita-se que o órgão dental possa ser o primeiro órgão completo a ser criado por engenharia tecidual. A polpa dental tem limitada capacidade de regeneração, por isso têm sido feitas tentativas com o intuito de desenvolver tecido pulpar empregando-se técnicas de engenharia tecidual. As três peças chaves para a engenharia tecidual são: a presença de células com capacidade de resposta (células-tronco), agentes indutores (fatores de crescimento) e substitutos da matriz extracelular (scaffold). Especificamente para emprego na regeneração da polpa, seria indicado que o scaffold tivesse a possibildiade de ser injetado dentro da câmara pulpar ou do conduto radicular. O presente estudo tem por objetivo o desenvolvimento de scaffolds injetáveis produzidos a partir de polímeros naturais (alginato). Estes produtos teriam aplicação inicial na área de odontologia, os quais poderão dar origem a patentes e significar num futuro próximo a auto-suficiência da indústria nacional. A potencialidade dos sistemas obtidos na incorporação e liberação controlada de agentes bioativos e aproveitamento de matrizes nanoestruturadas e superfícies microporosas na geração de novas aplicações biotecnológicas nas áreas de materiais avançados também é meta do estudo, além da avaliação da resposta biológica dos diferentes materiais e da potencial expansão de utilização para as demais áreas da saúde. O proponente, aliado ao grupo de pesquisa, apresenta experiência prévia na captação de recursos e desenvolvimento de projetos relacionados às áreas de desenvolvimento e controle de biomateriais, além da aplicação de materiais em processos envolvendo biologia molecular e engenharia tecidual. Resultados promissores obtidos previamente indicam grande potencial de desenvolvimento de materiais inovadores e aplicação dos mesmos em processos biológicos de forma eficaz.

Objetivo Geral

Desenvolvimento de scaffolds injetáveis para engenharia
tecidual da polpa dental.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BHÁRBARA MARINHO BARCELLOS401/05/201402/05/2015
CAMILA PERELLÓ FERRÚA201/05/201401/05/2016
EVANDRO PIVA201/05/201401/05/2017
JOSÉ CARLOS BERNEDO ALCAZAR301/05/201401/05/2017
MABEL MILUSKA SUCA SALAS201/05/201430/05/2015
NEFTALI LENIN VILLARREAL CARRENO201/05/201401/05/2017
ODIR ANTONIO DELLAGOSTIN101/05/201401/05/2016
SANDRA BEATRIZ CHAVES TARQUINIO301/05/201401/05/2017

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CNPqR$ 104.000,00
FAPERGS (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul)R$ 670.000,00

Página gerada em 20/06/2019 02:19:07 (consulta levou 0.089788s)