Nome do Projeto
Estratégias para o desenvolvimento e consolidação de sistemas de produção de base ecológica em hortaliças
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
06/05/2015 - 31/12/2018
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Resumo
O esgotamento do modelo de desenvolvimento da agricultura convencional bem como os sérios problemas ambientais decorrentes deste serve de fomento a sistemas de produção alternativos. Considerando-se esta ótica, o processo de conversão do sistema convencional a um sistema sustentável, de base ecológica cumpre um papel fundamental para o futuro da produção agrícola menos contaminante ao ambiente configurando-se como opção viável e compatível aos sistemas de produção agrícola familiar, sobretudo para produção de alimentos consumidos “in natura” como é o caso das hortaliças. Entretanto deve-se considerar que o maior entrave para a produção agroecológica está relacionado ao processo inicial da transição produtiva que inclui a racionalização e a substituição dos insumos convencionais por práticas e técnicas alternativas aplicadas ao manejo dos cultivos, incluindo controle alternativo de pragas e doenças bem como a adoção de sistemas conservacionistas de cultivo que incluam sistemas consorciados, cultivo mínimo, adubação verde, adubação orgânica entre outros. Por ultimo, nos processos de transição para sistemas de base ecológica, que inclui a racionalização e a substituição dos insumos convencionais por práticas e técnicas alternativas aplicadas ao manejo sanitário dos cultivos, as plantas bioativas ocupam lugar de destaque por representarem alternativas secularmente utilizadas pelos agricultores familiares e populações tradicionais para o manejo de insetos e doenças em hortaliças . Dentro deste contexto, diferentes extratos vegetais tem sido utilizados com sucesso no controle alternativo de insetos em hortaliças. Diante disto, a presente proposta tem a intenção de proporcionar estudos que viabilizem produção de hortaliças com qualidade, livres de resíduos químicos e com preservação do ambiente de cultivo.

Objetivo Geral

Objetivos gerais

1) Avaliar a bioatividade de extratos vegetais sobre os organismos benéficos e indesejados associados ao cultivo de hortaliças, bem como a produtividade e sanidade destes cultivos.

2) Avaliar a produtividade, características agronômicas e o Índice de Equivalência de Área em sistema de consorcio de hortaliças


3) Avaliar a produtividade e as respostas agronômicas de hortaliças cultivadas em sistema de plantio na palha (plantio direto) frente ao sistema convencional
Objetivos específicos

1) Avaliar a bioatividade de extratos e óleos de Tagetes minuta em hortaliças tipo folhosa (couve) e tipo fruto (tomate) sob condições experimentais de laboratório e de campo;

2) Avaliar o consorcio entre diferentes espécies de hortaliças folhosas (alface, rúcula, mostarda, couve e repolho) e de raiz (rabanete, cenoura e beterraba) em diferentes arranjos espaciais (misto e linhas)

3) Avaliar o efeito do plantio direto na produtividade e características agronômicas de hortaliças folhosas (alface, rúcula, mostarda, couve e repolho), fruto (tomate e pimentão) e raiz (rabanete, cenoura e beterraba)

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CALISC DE OLIVEIRA TRECHA806/05/201531/12/2018
DIEGO ROSA DA SILVA406/05/201531/12/2018
DIONVERA COELHO DA SILVA606/05/201531/12/2018
FÁBIO BATISTA ARAÚJO806/05/201531/12/2018
JOSÉ CARLOS PÖPPL NETO606/05/201531/12/2018
LETÍCIA HELLWIG806/05/201531/12/2018
LILLIAN ESPINDOLA MÜLLER406/05/201531/12/2018
MATEUS SCHWANZ KUHN1201/08/201531/07/2016
MATEUS TÔRRES1201/08/201631/07/2017
PAULO ROBERTO GROLLI206/05/201531/12/2018
ROBERTA MARINS NOGUEIRA PEIL106/05/201531/12/2018
TAMÍRIS FRANCO DELFIM606/05/201531/12/2018

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 20.000,00

Página gerada em 23/06/2021 08:27:20 (consulta levou 0.051887s)