Nome do Projeto
DE VOLTA AOS ARGONAUTAS DO PANTANAL: CULTURA MATERIAL, SISTEMA DE ASSENTAMENTO E TERRITORIALIZAÇÃO ENTRE OS GUATÓ
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/03/2016 - 31/12/2016
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas - Arqueologia
Resumo
O presente projeto de pesquisa tem por objetivo maior retomar e intensificar os estudos sobre cultura material, sistema de assentamento e territorialização entre os Guató que vivem na região do Pantanal. A ideia é retornar a locais estudados anteriormente, como os assentamentos na região do rio São Lourenço e Morro do Caracará, em Poconé, Mato Grosso, ampliando a área de trabalho para a Terra Indígena Guató e a sub-região do rio Paraguai Mirim, em Corumbá, Mato Grosso do Sul. Trata-se de um estudo de natureza arqueológica, etnoarqueológica, etnológica e etno-histórica, cujo recorte temporal abarcará desde tempos pré-coloniais até os dias de hoje. O interesse pelo assunto adveio de experiências acumuladas ao longo das décadas de 1990 e 2000, resultando na conclusão de uma dissertação de mestrado e uma tese de doutorado sobre o referido povo indígena. Por isso os estudos serão realizados a partir da concatenação de procedimentos metodológicos consagrados nos campos da arqueologia e antropologia sociocultural, tais como a técnica de levantamento oportunístico de sítios arqueológicos a partir de memória social sobre antigos assentamentos, a abordagem da etnoarqueologia e os métodos etnográfico, genealógico, de história de vida e da etno-história. Uma das relevâncias desta proposta de trabalho está na ampliação do conhecimento sobre um povo indígena ainda pouco conhecido na historiografia e na literatura antropológica e arqueológica, apesar dos avanços registrados nas últimas décadas. Os resultados finais deste estudo serão publicados em livros, periódicos indexados e em anais de eventos científicos realizados no país e no exterior.

Objetivo Geral

O objetivo geral deste projeto de pesquisa é retomar e intensificar os estudos sobre cultura material, sistema de assentamento e territorialização entre os Guató que vivem no Pantanal, especificamente na sub-região do rio Paraguai e proximidades com o rio São Lourenço, compreendo ainda mais a dinâmica da ocupação indígena naquela região que é a maior área úmida contínua do planeta.
Em termos de objetivos específicos, o presente projeto de pesquisa tem os seguintes propósitos:
a) Produzir e publicar novos conhecimentos sobre os Guató;
b) Estimular a realização de pesquisas arqueológicas, etnoarqueológicas, etnológicas e etno-históricas sobre os povos indígenas no Pantanal, tanto em nível de graduação quanto de pós-graduação;
c) Contribuir para a preservação do patrimônio arqueológico na região do Pantanal, principalmente de sítios arqueológicos pré-coloniais que estejam em situação de risco de destruição nas áreas ocupadas pelos indígenas, os quais serão devidamente levantados, registrados e avaliados quanto ao estado de conservação e relevância para a arqueologia;
d) Valorização da história e da cultura Guató, como forma de empoderamento dos indígenas para fins de reivindicação de direitos junto ao Estado Brasileiro e à sociedade nacional;
e) Levantar, organizar e analisar fontes textuais relativas à presença Guató nos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul;
f) Compreender, no tempo e no espaço, a materialidade das relações sociais e a dinâmica da ocupação tradicional dos Guató na região pantaneira.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CLAUDIO BAPTISTA CARLE510/09/201329/02/2016
FAYNYSTTON CRYSTHAN FARIAS MISSIO1501/07/201501/08/2016
FAYNYSTTON CRYSTHAN FARIAS MISSIO1201/08/201531/12/2015
LUANA PEREIRA FALCÃO1201/01/201631/07/2016
LUCIO MENEZES FERREIRA510/09/201329/02/2016
RODRIGO OTÁVIO GOMES PEREIRA DO AMARAL GURGEL1501/07/201501/08/2016
RODRIGO OTÁVIO GOMES PEREIRA DO AMARAL GURGEL1201/08/201531/12/2015
YURI ZIVAGO YUNG GRILLO1201/01/201631/07/2016

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 39.600,00

Página gerada em 21/09/2021 08:45:16 (consulta levou 0.044731s)