Nome do Projeto
Atividade Antioxidante e Antimicrobiana dos extratos aquoso e etanólico de folhas e cascas e óleo essencial das sementes da planta Myrocarpus frondosus Allemão
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/08/2016 - 01/08/2018
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra - Química - Química dos Produtos Naturais
Resumo
A planta Myrocarpus frondosus Allemão, também conhecida popularmente como Cabreúva, pertence à família Fabaceae, e é encontrada no Rio Grande do Sul, nas florestas estacionais do Alto Uruguai e Depressão Central a bacia do rio Ibicuí. Essa planta é usada na medicina popular em preparações tópicas para o tratamento de feridas, abscessos, úlceras e frieiras. Da mesma forma, tem sido indicada para o tratamento de bronquite, laringite, tuberculose, todavia sem nenhum estudo cientifico (LORENZI; MATOS; 2002). Esses usos empíricos são dados ao sucedâneo do bálsamo (Myroxylon peruiferum L.) em que seus estudos indicaram para o tratamento da bronquite, asma e afecções do aparelho urinário (MARCHIORI, 1997; LORENZI; MATOS; 2002). Assim, como estudos realizados com Myroxilon peruiferum L deve-se realizar estudos de seus constituintes químicos, para evitar o uso, empírico e muitas vezes inadequado de plantas e de seu respectivo farmacogeno. Pois o seu uso pode gerar efeitos adversos ou assintomáticos, retardando assim o diagnóstico e tratamento adequado. (SOUSA et al. 2008; VENDRUSCOLO et al. 2005; BOCHNER et al. 2012). Para a identificação desses constituintes químicos se faz necessários estudos fitoquímicos que compreende as etapas de isolamento e elucidação estrutural. Técnicas analíticas, como a cromatografia gasosa (CG) e cromatografia liquida de alta eficiência (HPLC) são técnicas de separação e isolamento mais utilizados atualmente, buscando assim estabelecer um perfil cromatográfico dessa espécie. Estudos com a planta Cabreúva não é encontrado na literatura, assim, torna-se importante avaliar a atividade antioxidante e antimicrobiana dessa planta, uma vez que os antimicrobianos encontrados no mercado perderam a eficácia contra os micro-organismos patogênicos, e os antioxidantes sintéticos devido a sua toxicidade tem aumentado a limitação ao uso. É evidente, portanto, a falta de estudos dos constituintes químicos e de sua atividade microbiológica e antioxidante da Cabreúva, espera-se assim contribuir para a descoberta de moléculas bioativas, marcadores químicos, bem como, atender a demanda de informações cientifica, beneficiando também a saúde da população que faz o uso da espécie Myrocarpus frondosus Allemão.

Objetivo Geral

OBJETIVOS
Objetivo geral
Avaliar a atividade antioxidante e antimicrobiana do extrato aquoso e etanólico das folhas e cascas e óleo essencial das sementes da planta Myrocarpus frondosus Allemão.

Objetivos específicos
Identificar os constituintes químicos presentes nos extratos aquoso e etanólico das folhas e cascas.
Identificar os constituintes químicos presentes no óleo essencial das sementes.
Avaliar a atividade antioxidante e o teor dos compostos fenólicos presentes no óleo essencial e extratos.
Avaliar a atividade antimicrobiana do óleo essencial e dos extratos frente a bactérias.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BRUNA CAMARGO BOM601/08/201601/08/2018
CLÁUDIA GONÇALVES BRAZ601/08/201601/08/2018
DARCI ALBERTO GATTO201/08/201601/08/2018
IVANDRA IGNÊS DE SANTI1001/08/201601/08/2018
LETÍCIA RAIELI DE JESUS MARQUES601/08/201601/08/2018
LETÍCIA RAIELI DE JESUS MARQUES1201/08/201731/07/2018
LETÍCIA RAIELI DE JESUS MARQUES1201/08/201631/07/2017
MARLETE BRUM CLEFF101/08/201601/08/2018
MIRIAN RIBEIRO GALVAO MACHADO201/08/201601/08/2018
VERA LUCIA BOBROWSKI201/08/201601/08/2018
YURI MARQUES LEIVAS1201/08/201731/07/2018

Página gerada em 14/10/2019 07:53:42 (consulta levou 0.326453s)