Nome do Projeto
EFEITO DA ADMINISTRAÇÃO DE SOMATOTROFINA BOVINA RECOMBINATE EM OVELHAS GESTANTES SUBMETIDAS À INDUÇÃO DE CETOSE SUBCLÍNICA SOBRE O PERFIL METABÓLICO E PESO DOS CORDEIROS
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/10/2016 - 30/09/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica Veterinária
Resumo
Com a extensão da ovinocultura no Brasil e o crescimento pelo interesse da carne de cordeiro, é importante que haja alternativas para a prevenção de doenças, como a toxemia de prenhez (ou cetose). Esta enfermidade metabólica se deve à alta mobilização lipídica no terço final de gestação de ovinos, e em consequencia disso há maior sintese de corpos cetônicos, podendo estes serem tóxicos para o organismo da ovelha, além de muitas vezes desencadear o aborto. O hormônio somatotrófico bovino recombinante (rbST) tem sido muito estudado nos últimos anos, devido ao seu efeito lipolítico e no desenvolvimento da glândula mamária, podendo ser usado para prevenção de cetose, através da adaptação do organismo à mobilização de gordura. Com isso, a realização deste experimento é de suma importância para o produtor e também para fins de pesquisa, pois a toxemia de prenhez é uma das principais doenças que acometem as ovelhas no terço final de gestação, podendo haver perdas gestacionais ou até mesmo a morte da ovelha.

Objetivo Geral

O objetivo deste estudo é determinar o efeito do rbST sobre o perfil metabólico de ovelhas submetidas à indução de cetose subclínica, bem como sobre o metabolismo do cordeiro e seu peso até a sétima semana de vida.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALINE MARANGON DE OLIVEIRA201/01/201306/01/2015
AUGUSTO SCHNEIDER101/01/201302/01/2014
CASSIO CASSAL BRAUNER101/01/201306/01/2015
CHARLES FERREIRA MARTINS101/01/201306/01/2015
IVAN BIANCHI101/01/201306/01/2015
ROGERIO FOLHA BERMUDES106/01/201508/05/2017

Página gerada em 26/01/2020 19:32:41 (consulta levou 0.080185s)