Nome do Projeto
PROTEÍNAS COMO AGENTES ENCAPSULANTES DE CAROTENOIDES PARA APLICAÇÃO EM MATRIZES ALIMENTARES
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
06/03/2017 - 31/12/2019
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos
Resumo
Os carotenoides são pigmentos lipofílicos, que possuem propriedades antioxidantes. Entretanto, esses compostos apresentam elevada sensibilidade quando expostos a luz, calor e oxigênio, devido à sua estrutura altamente insaturada. O óleo de palma, extraído dos frutos da palmeira Elaeis guineensis Jacqui, é a fonte natural mais rica em carotenoides, sendo 65,0 % β-caroteno. Uma estratégia para aumentar a estabilidade desses compostos presentes no óleo de palma consiste na microencapsulação, que inclui o isolamento de substâncias ativas, a partir da utilização de diferentes materiais de parede, sendo possível prever e controlar as propriedades das micropartículas obtidas. Dentre os materiais de parede utilizados, tem-se as proteínas, quitosana e inulina. Diferentes metodologias de microencapsulação são utilizadas, sendo a liofilização, um método físico, baseado na secagem do material previamente congelado. Sendo assim, considerando-se a importância dos carotenoides para a saúde, sua elevada instabilidade e o alto conteúdo desses compostos presente no óleo de palma, pretende-se avaliar o potencial da albumina bovina, gelatina, ovoalbumina, proteína de arroz, proteína de ervilha e proteína isolada de soja associadas, individualmente, com quitosana ou inulina como materiais de parede na microencapsulação de óleo de palma pelo método de liofilização, assim como aplicar essas micropartículas em matrizes alimentares e avaliar o perfil de liberação dos carotenoides presentes no óleo de palma em fluido gastrointestinal simulado. Serão realizados analises do conteúdo de carotenoides, do rendimento em micropartículas, da eficiência de encapsulação, da forma das partículas e dos efeitos endotérmicos de exotérmicos dos materiais isolados e das micropartículas.

Objetivo Geral

Objetivo geral

Microencapsular óleo de palma utilizando diferentes materiais de parede e avaliar o perfil de liberação dos carotenoides em fluido gastrointestinal simulado após aplicação a matrizes alimentares.

Objetivos específicos

Microencapsular óleo de palma, com elevado conteúdo de carotenoides, pelo método de liofilização, utilizando como materiais de parede albumina bovina, gelatina, ovoalbumina, proteína de arroz, proteína de ervilha e proteína isolada de soja, associadas com quitosana.
Microencapsular óleo de palma, com elevado conteúdo de carotenoides, pelo método de liofilização, utilizando como materiais de parede albumina bovina, gelatina, ovoalbumina, proteína de arroz, proteína de ervilha e proteína isolada de soja, associadas com inulina.
Caracterizar as micropartículas quanto à morfologia, eficiência de encapsulação e comportamento térmico.
Aplicar as micropartículas em matrizes alimentares para avaliar o perfil de liberação, em fluido gastrointestinal simulado, dos carotenoides presentes no óleo de palma encapsulado.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CAROLINE DELLINGHAUSEN BORGES1106/03/201731/12/2019
CRISTINA JANSEN406/03/201731/12/2019
FERNANDA DÖRING KRUMREICH406/03/201731/12/2019
KARINA FERREIRA FERNANDES406/03/201731/12/2019
MICHELE MACIEL CRIZEL CARDOZO2006/03/201731/12/2019

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 2.300,00

Página gerada em 12/11/2019 11:46:43 (consulta levou 0.070520s)