Nome do Projeto
DIAGNÓSTICO SOBRE AS REPERCUSSÕES DO PAA E PNAE SOBRE OS SISTEMAS AGRÁRIOS FAMILIARES NO RS: estudos sobre as relações entre a agricultura familiar, políticas públicas e o desenvolvimento rural na escala local
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/03/2017 - 01/03/2019
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Humanas - Geografia - Geografia Agrária
Resumo
O segmento da agricultura familiar caracteriza-se por apresentar uma grande diversidade de combinações, tanto no que se refere à disponibilidade quanto ao uso e distribuição dos recursos – terra, trabalho e capital - no interior das unidades produtivas. Essa diferenciação pode ser observada em diversas escalas, mundial, nacional, regional e local. A agricultura familiar, dessa forma, torna-se foco de estudos, principalmente aqueles relacionados às estratégias adotadas por este segmento para se organizar e reorganizar diante das especificidades do modo de produção capitalista. No entanto, embora estando o agricultor vinculado à indústria e/ou aos mercados, particularmente aos chamados mercados institucionais, como é o caso do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), as dimensões terra, trabalho e família conformam a lógica de funcionamento das unidades produtivas familiares. Assim, justifica-se o intuito de aprofundar o conhecimento acerca dos sistemas agrários familiares, vis-à-vis a diversidade de formas e de processos de inserção no sistema de mercado institucional, ou ainda, na manutenção de estratégias não capitalistas de reprodução social e permanência no contexto produtivo do rural, com vistas a fornecer subsídios empíricos para estudos comparativos sobre o tema da agricultura familiar. Nesta pesquisa particulariza-se a investigação sobre o papel do PAA e PNAE em razão do entendimento de que estes programas, ao compatibilizarem demandas dos sistemas agrários familiares e de demais segmentos da sociedade, canalizam recursos públicos antes escoados para grupos, cuja lógica e dinâmica não são necessariamente compatíveis com uma visão de desenvolvimento territorial e multidimensional. Para tanto, propõe-se investigar as organizações espaciais da agricultura familiar – os sistemas agrários – no estado do Rio Grande do Sul, tomando como recorte territorial alguns municípios do estado localizados em diferentes Conselhos Regionais de Desenvolvimento.

Objetivo Geral

OBJETIVO GERAL:
• Elaborar estudos-diagnósticos sobre as repercussões do PAA e PNAE na organização dos sistemas agrários familiares de municípios localizados em diferentes Conselhos Regionais de Desenvolvimento – COREDES/RS.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
• Aprofundar o estudo sobre os temas da agricultura familiar, sistemas agrários, políticas públicas e desenvolvimento rural;
• Caracterizar as diferentes organizações espaciais das unidades familiares, mediante a análise de elementos de caráter social, cultural, técnico, produtivo e ambiental que conformam os sistemas agrários locais;
• Entender as relações entre a adesão ao PAA e PNAE e a diversificação produtiva, o autoconsumo e a produção agroecológica nos sistemas agrários familiares;
• Identificar os limites e possibilidades da atuação do PAA e PNAE sobre o caráter multifuncional da agricultura familiar;
• Compreender as repercussões do PAA e PNAE sobre o desenvolvimento rural nos municípios pesquisados;
• Propor alternativas para o fortalecimento da agricultura familiar baseadas nos princípios do desenvolvimento rural em uma perspectiva territorial.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADAO JOSE VITAL DA COSTA401/03/201701/03/2019
ANA CAROLINA BILHALVA DREHMER431/03/201801/03/2019
ARLENE FEHRENBACH401/03/201731/08/2018
BRUNA GABRIELA RODRIGUES ZIRBES BUENO431/03/201801/03/2019
CAMILA MENDONCA LIMONS431/03/201801/03/2019
CAMILA MENDONCA LIMONS1201/05/201831/07/2018
FABIANO DOUGLAS DE SOUZA2024/07/201731/08/2018
FABIANO DOUGLAS DE SOUZA1201/08/201730/04/2018
GABRIELA RODRIGUES GOIS201/03/201701/03/2019
HENRIQUE MÜLLER PRIEBBERNOW401/03/201701/03/2019
JULIANA CRISTINA FRANZ201/03/201701/03/2019
LUIZ FELIPE WASSMANSDORF1201/08/201801/03/2019
MAIARA TAVARES SODRÉ201/03/201701/03/2019
MARIA REGINA CAETANO COSTA401/03/201701/03/2019
QUELI REJANE DA SILVA KONZGEN401/03/201701/03/2019
RAFAELA PAGLIARINI ALVES2024/07/201731/08/2018
SIBELI FERNANDES201/03/201701/03/2019

Página gerada em 25/06/2019 19:16:06 (consulta levou 0.087250s)