Nome do Projeto
Avaliação da Saúde de Adultos Residentes na Zona Rural do Município de Pelotas - RS
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/03/2017 - 30/08/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva
Resumo
Em 1999, inserido em um contexto nacional de transformação da formação pós-graduada, o PPGE passou por um processo de autoavaliação que resultou em uma reestruturação do curso de mestrado, porém com a manutenção das suas características básicas – formação teórica de alta qualidade e experiência prática a partir de coleta de dados primários. Desta reestruturação surgiu uma proposta de trabalho inovadora para o curso de mestrado, denominada “consórcio de pesquisa”. Neste formato, em consórcio, há a participação de todos os mestrandos em um processo único de coleta de dados. A partir dos dados obtidos através da coleta conjunta, cada mestrando desenvolve seu projeto individual de pesquisa (BARROS et al., 2008). A utilização desta metodologia de pesquisa apresenta algumas vantagens: possibilidade de ampliação do tamanho amostral, dando origem a estudos de base populacional; menor tempo e gasto financeiro individual na execução do trabalho de campo; oportunidade de desenvolvimento de um ambiente de criação e reflexão coletiva entre os mestrandos, com trocas de experiências e conhecimentos, dado que os mestrandos, geralmente, provêm de áreas diferentes de conhecimento, o que possibilita que os projetos, mesmo que versem sobre temas diferentes, possam estar interligados. Desde que o mestrado em epidemiologia da UFPel passou por esta reestruturação no ano de 1999, oito turmas já ingressaram e concluíram o programa. As turmas de mestrado que passaram a pesquisar neste novo formato estudaram diversos temas e diferentes faixas etárias. A população alvo dos consórcios de pesquisa realizados até o momento sempre foi composta por residentes da zona urbana do município de Pelotas, Rio Grande do Sul (RS). A turma atual de mestrandos, que ingressou em março de 2015 no Programa de Pós-Graduação, propõe, a partir deste projeto, a realização do consórcio de pesquisa na zona rural do município. A escolha pela mudança da população foco da pesquisa vinha sendo pensada e elaborada pelo corpo docente do programa há alguns anos. Tal mudança, entre outras razões, deve-se principalmente à falta de informações acerca das condições de saúde da população rural deste município, a despeito da enorme quantidade de informações já existentes sobre a população urbana. De maneira geral, as populações rurais em todo o Brasil são menos estudadas do que as urbanas, o que torna esta pesquisa importante não somente no âmbito local, mas também em âmbito nacional.

Objetivo Geral

O consórcio de pesquisa na zona rural do município de Pelotas, RS, será realizado por nove mestrandos que integram a turma 2015/2016 do PPGE, com participação e orientação do corpo docente deste programa e, terá como população alvo, indivíduos residentes em toda a zona rural deste município, com 18 anos ou mais de idade. Como fruto deste trabalho conjunto, espera-se que, ao final, cada mestrando possa concluir um estudo transversal de base populacional, com grande rigor metodológico, que, além de ser relevante cientificamente, possa contribuir para o melhor conhecimento da população rural estudada e subsidiar propostas de melhorias nas condições de vida desta população e de outras similares.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADRIANA KRAMER FIALA MACHADO1512/12/201528/02/2017
ANA CAROLINA OLIVEIRA RUIVO1512/12/201528/02/2017
CAROLINE CARDOZO BORTOLOTTO1512/12/201528/02/2017
ELAINE TOMASI201/03/201730/08/2017
GUSTAVO PEGAS JAEGER1512/12/201528/02/2017
HELEN DENISE GONCALVES DA SILVA201/03/201730/08/2017
JANAINA CALU COSTA1512/12/201528/02/2017
LUÍS PAULO VIDALETTI RUAS1512/12/201528/02/2017
MARIA DEL PILAR FLORES QUISPE1512/12/201528/02/2017
MARIANA OTERO XAVIER1512/12/201528/02/2017
MAYRA PACHECO FERNANDES1512/12/201528/02/2017
RAFAELA COSTA MARTINS1512/12/201528/02/2017
ROBERTA HIRSCHMANN1512/12/201528/02/2017
THAIS MARTINS DA SILVA1512/12/201528/02/2017

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 102.859,00

Página gerada em 23/01/2021 10:38:01 (consulta levou 0.088286s)