Nome do Projeto
Atividade alelopática e determinação de aleloquímicos por UPLC-MS e GC-MS em extratos de Heteranthera reniformis
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
13/02/2017 - 12/02/2021
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Agronomia - Matologia
Resumo
Em uma comunidade vegetal, a produção de compostos alelopáticos por determinadas espécies contribui para a defesa do indivíduo favorecendo seu maior crescimento e consequentemente domínio do ambiente. Neste sentido, o crescimento rápido e a produção de exsudato de origem desconhecida têm despertado interesse nos estudos fitoquímicos com a espécie Heteranthera reniformis. Os objetivos deste trabalho consistem em avaliar o potencial alelopático de extratos de aguapé-mirim (Heteranthera reniformis) na supressão de plantas daninhas e patógenos da cultura do arroz; identificar e quantificar os aleloquímicos presentes nos extratos com atividade biológica; determinar a concentração inibitória mínima de cada extrato; e, estudar o fenômeno alelopático em experimento de campo. Para isso serão realizados experimentos em casa de vegetação, laboratório e área experimental pertencentes à FAEM/UFPel. Primeiramente, extratos com diferentes polaridades serão avaliados quanto ao potencial de supressão da germinação e desenvolvimento de plantas daninhas, assim como, o crescimento micelial e esporulação de fitopatógenos. A partir disto, os extratos com atividade biológica serão testados em diferentes concentrações para determinação da concentração inibitória mínima das plantas daninhas e patógenos. A identificação e quantificação dos aleloquímicos serão realizadas através de técnicas cromatográficas utilizando cromatografia líquida (CL) e gasosa (CG) acopladas a espectômetro de massas (EM). Além disso, estudos a campo avaliarão a interação entre aleloquímicos e diferentes componentes do ambiente sobre a supressão de plantas daninhas e patógenos. Os resultados permitirão elucidar se a espécie em estudo apresenta potencial na produção de compostos alelopáticos com perspectivas para emprego em estratégias de manejo integrado de pragas.

Objetivo Geral

Avaliar o potencial alelopático (efeito herbicida e fungicida) de diferentes concentrações de extratos de aguapé-mirim.
Realizar a caracterização dos extratos de plantas de aguapé-mirim que apresentam atividade biológica, assim como, identificar e quantificar princípios ativos que possam ser utilizados como herbicidas ou fungicidas.
Avaliar alterações citogenéticas no tecido meristemático de raízes de “espécies testes” expostas aos tratamentos com extratos de aguapé-mirim.
Analisar a incidência de fungos após a inoculação de plantas de aguapé-mirim e verificar se a infestação de plantas daninhas diminui quando o arroz é cultivado após aguapé-mirim.
Testar os compostos majoritários isoladamente e em combinação para verificar o efeito sinérgico entre eles.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CANDIDA RENATA JACOBSEN DE FARIAS113/02/201712/02/2021
DANIELA TESSARO113/02/201712/02/2021
EDINALVO RABAIOLI CAMARGO113/02/201712/02/2021
FABIO CLASEN CHAVES113/02/201712/02/2021
JONATHAN SCHWANZ TORCHELSEN113/02/201712/02/2021
JOSE VITOR SILVA DA SILVA113/02/201712/02/2021
JÉSSICA RODRIGUES GARCIA113/02/201712/02/2021
LAÍS TESSARI PERBONI413/02/201712/02/2021
LUIS ANTONIO DE AVILA113/02/201712/02/2021
RICHARD EDELCIO RODRIGUES QUEVEDO2001/08/201931/07/2020

Página gerada em 22/09/2019 22:01:30 (consulta levou 0.067794s)