Nome do Projeto
O papel de polimorfismos em microRNAs na susceptibilidade genética a transtornos psiquiátricos na infância: estudo de base populacional na coorte de nascimento de Pelotas de 2004
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/03/2017 - 28/02/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva
Resumo
Apesar de os transtornos psiquiátricos comuns apresentarem alto valor de herdabilidade estimada, os estudos genéticos envolvendo genes candidatos e genoma completo conduzidos até o momento não foram suficientes para estabelecer os fatores genéticos envolvidos nos transtornos. O funcionamento do sistema nervoso central envolve complexos padrões de expressão gênica e complexos mecanismos de sinalização situados em células que apresentam diferenciações morfológicas únicas. Alterações moleculares que afetem essa complexidade estão associadas ao desenvolvimento de transtornos psiquiátricos. Sabe-se que miRNAs apresentam papel fundamental na regulação da expressão gênica no sistema nervoso. Dessa maneira, SNPs que afetam a regulação gênica mediada por miRNAs possam levar a expressões inapropriadas de genes envolvidos no neurodesenvolvimento, resultando em predisposição para o surgimento de transtornos psiquiátricos na infância. A influência de SNPs na regulação gênica por meio de miRNA é bem descrito para o câncer, porém, para transtornos psiquiátricos esse mecanismo não é bem conhecido. Entretanto, com a descrição do perfil de expressão de miRNAs durante diferentes etapas do neurodesenvolvimento publicada recentemente por Ziats e Rennert (2014), surge a possibilidade de se estudar SNPs com potencial funcionalidade em miRNAS identificados como importantes para o desenvolvimento utilizando uma abordagem gene-candidato. Visto que até o momento os estudos investigando o potencial papel de SNPs afetando a interação miRNA-mRNA são escassos para o estudo de transtornos mentais, os resultados obtidos nesta pesquisa contribuirão para o melhor entendimento da fisiopatologia dos transtornos mentais comuns estudados e poderão identificar outros enfoques para desvendar a etiologia da doença e a identificação de marcadores biológicos potencialmente úteis para diagnóstico dos mesmos. Ainda, oferecerão importantes informações sobre o desenvolvimento do SNC que poderá servir de incentivo para o desenvolvimento de novas drogas para o tratamento dos transtornos mentais avaliados.

Objetivo Geral

Objetivo geral

O projeto de pesquisa proposto tem como objetivo geral investigar o papel de
polimorfismos genéticos em um conjunto de miRNAs descritos como diferencialmente
expressos durante o desenvolvimento normal do cérebro na susceptibilidade de
transtornos mentais na infância em uma amostra de base populacional.


Objetivos específicos

1 – Investigar polimorfismos contidos nas regiões de genes de miRNA descritos
por Ziats e Rennert (2014) e de suas regiões de interação em genes-alvo através de
ferramentas de bioinformática;
2 - Realizar a predição de funcionalidade in silico dos SNPs identificados no
objetivo 1 em relação ao seu impacto na interação miRNA-mRNA;
3 – Escolher polimorfismos a serem estudadas nos genes selecionados com
base em seu potencial impacto patogênico na interação miRNA-mRNA;
4 –Genotipar os polimorfismos selecionados no objetivo 3 em uma amostra de
base populacional para a qual se tem crianças diagnosticadas com um conjunto de
transtornos psiquiátricos;
5 – Estimar a associação entre os polimorfismos genotipados e um conjunto de
transtornos mentais identificados na amostra de crianças da coorte de nascimentos de
2004 de Pelotas;
6 – Estimar a associação entre os polimorfismos genotipados e transtornos
psiquiátricos internalizantes e externalizantes identificados na amostra de crianças da
coorte de nascimentos de 2004de Pelotas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALUISIO JARDIM DORNELLAS DE BARROS101/03/201728/02/2019
INA DA SILVA DOS SANTOS101/03/201728/02/2019
KAUANA FERREIRA ULGUIM1201/08/201731/07/2018

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
FAPERGS (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul)R$ 25.000,00

Página gerada em 20/01/2021 17:20:22 (consulta levou 0.109579s)