Nome do Projeto
MODOS DE APRENDER NA UNIVERSIDADE: DA AUTORREGULAÇÃO AOS PROJETOS DE VIDA
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/10/2017 - 31/12/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas - Educação
Resumo
Os estudantes enfrentam grandes dificuldades de aprendizagem dos conteúdos disciplinares, sendo um fato marcante na UFPel, inquietando os professores sobre o que fazer para encontrar alternativas de superação. Essa proposta de pesquisa tem ênfase na aprendizagem autorregulada, a ser realizada com estudantes da Universidade Federal de Pelotas. Intenciona-se analisar as estratégias autoprejudicias, os traços de personalidade e as estratégias de autorregulação da aprendizagem mobilizadas por estudantes. Para a coleta de dados serão utilizadas escalas, questionários e um programa de intervenção. As escalas utilizadas serão: Estratégias Autoprejudicias; Autorregulação da Aprendizagem e os Traços de Personalidade e Inventário de Autorregulação da Aprendizagem, que serão organizados em um banco, utilizando o programa IBM SPSS Statistics Version 22, para sua análise estatística. Na sequência será realizada uma intervenção para os estudantes interessados e nela serão organizadas atividades específicas como oficinas, ateliês de (auto)formação. Os estudantes serão convidados a registrarem seus depoimentos e impressões antes, durante e depois de cada intervenção. Os resultados desta etapa serão trabalhados com os professores em um workshop de caráter autorreflexivo, registrando seus depoimentos e impressões em post-it, que ao serem afixados em um painel dará início ao debate que também será gravado para psoteriro análise. Os dados coletados na intervenção, serão submetidos a análise de conteúdo. A pesquisa contará com a colaboração da Profa. Dra. Ana Margarida da Veiga Simão, da Universidade de Lisboa e com a Profa. Dra. Evely Boruchovitch da UNICAMP, com as quais trabalhamos em rede. Acredita-se que pensar a aprendizagem autorregulada numa perspectiva transcultural e em redes de colaboração com expert na temática, fortalecerá a cooperação científica entre grupos dos Programas da Pós. Espera-se que com essa pesquisa se possa levantar dados para compreender a realidade dos estudantes e avaliar a eficácia do programa de intervenção, verificando se os estudantes ativam, monitoram e gerenciam suas aprendizagens. Em relação aos professores intenciona-se estimular os professores que ao tomarem consciência de seu poder e de sua responsabilidade em termos individuais e coletivos, podem em um processo educativo/formativo ultrapassar as dificuldade que persistem, investindo na aprendizagem autorregulada.

Objetivo Geral

Analisar as variáveis relacionadas aos fatores associados à autorregulação da aprendizagem com ênfase nas estratégias autoprejudicias, nos traços de personalidade, buscando encontrar, via um programa de intervenção, alternativas para o enfrentamento de obstáculos e desafios pontuados por estudantes universitários.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
AMANDA PRANKE401/03/201831/12/2022
AMELIA RODRIGUES NONTICURI801/10/201731/12/2020
CAROLINA BORBA DOS SANTOS2001/04/202031/07/2020
EMILY MACIEL DA COSTA1201/08/201831/03/2019
GLEDIANE SALDANHA GOETZKE DA ROSA401/03/201831/12/2022
JULIA GUIMARÃES NEVES401/03/201831/12/2022
José Luiz Lourenço Ribeiro2001/04/201931/03/2020
LUCIANA TOALDO GENTILINI AVILA401/10/201731/12/2020
REJANE FLOR MACHADO801/10/201731/12/2020
THIAGO PINTO MOREIRA401/03/201831/12/2022
VERIDIANA DE LIMA GOMES KRÜGER401/03/201831/12/2022
ÍGOR MENDES KRÜGER401/10/201731/12/2020
ÍGOR MENDES KRÜGER401/10/201731/12/2020

Página gerada em 28/11/2020 23:31:14 (consulta levou 0.072608s)