Nome do Projeto
PREVALÊNCIA DE ALELOS HLA-DQ2 E HLA-DQ8 E ASSOCIAÇÃO COM O GRAU DE LESÃO INTESTINAL EM CELÍACOS
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
02/01/2018 - 20/12/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Nutrição
Resumo
A doença celíaca (DC) é caracterizada por ser uma desordem auto-imune desencadeada pela ingestão de prolaminas presentes no glúten, sendo que uma das suas principais manifestações seria a nível intestinal. Tal desordem estaria implicada a fatores genéticos, dentre os mais conhecidos e correlacionados com a DC seriam aqueles encontrados no Sistema Leucocitário Humano (HLA), região cromossômica 6p21.31, classe II (HLA-DQ), mais especificamente os alelos HLA- DQ2 (DQA1*0501 e DQB1*0201) e HLA- DQ8 (DRB1*04), que são responsáveis em codificar as proteínas DQ2 e DQ8. Esses alelos estariam presentes entre 25 a 30% da população em geral, já entre celíacos a prevalência de tal fator genético pode chegar até 95%. Sendo assim, apenas 5% dos celíacos teriam desencadeado a doença devido a outros fatores genéticos. A partir disso, o rastreamento do HLA-DQ foi incluído nas etapas do diagnóstico da DC, sendo requerido principalmente para pacientes assintomáticos e no rastreio de grupos de risco para DC. Vários estudos vem sendo realizados entre celíacos com o intuito de investigar a participação de tal genes na patogênese da doença, buscando estabelecer a real prevalência dos mesmo em celíacos e além disso, estabelecer uma possível associação genética com a gravidade dos sintomas. Diante disso, o objetivo desse estudo é determinar a prevalência dos genótipos HLA-DQ2 (DQA1*0504 e DQB1*O201) e HLA-DQ8 (DRB1*04) e associar a presença dos alelos com o grau de lesão intestinal em celíacos.

Objetivo Geral

3- OBJETIVOS
4.1Objetivo Geral
Determinar a prevalência dos genótipos HLA-DQ2 (DQA1*0504 e DQB1*O201) e HLA-DQ8 (DRB1*04) e associar a presença dos alelos com o grau de lesão intestinal em celíacos.
4.2 Objetivos Específicos
Avaliar a frequência dos alelos HLA- DQ2 (DQA1*0504 e DQB1*O201) e HLA-DQ8 (DRB1*04) e determinar a prevalência total dos alelos em celíacos.
Verificar associação entre os haplotipos DQ2 (DQA1*0504 e DQB1*O201) e DQ8 (DRB1*04) e grau de lesão intestinal (Classificação de Marsh) e sintomatologia.
Comparar a frequência dos alelos na amostra estudada com outras populações do Brasil e do mundo.
Verificar entre os celíacos estudados a associação com doenças relacionadas ao aumento da predisposição.
Possibilitar aos celíacos estudados o conhecimento do fator genético desencadeador da doença e fornecer orientações nutricionais que possibilitem melhoria na qualidade de vida.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
FABIANA TORMA BOTELHO202/01/201820/12/2019
GIOVANA RIBEIRO PEGORARO402/01/201820/12/2019
MÔNICA SCHIAVON DA COSTA2002/01/201820/12/2019

Página gerada em 14/11/2019 12:12:45 (consulta levou 0.091191s)