Nome do Projeto
Avaliação da Farinha de Batata Doce para Alimentação de Vacas Leiteiras
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
08/01/2018 - 30/08/2020
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Resumo
A Batata-doce encontra-se entre os principais alimentos de subsistência plantados em todo o mundo e que normalmente são cultivados apenas para produzir o suficiente para alimentar as famílias dos agricultores. Seus usos e seu potencial de produzir grandes quantidades de alimento a baixo custo e com baixo uso de insumos, de maneira sustentável, tornam esta espécie particularmente interessante como opção para a agricultura familiar em todas as regiões do país. Na alimentação animal, as raízes são utilizadas essencialmente como fonte de energia, em virtude do baixo teor de proteína, porém, no Brasil, a utilização de ramas de batata doce na alimentação animal ainda é feita em escala bastante limitada e ainda faltam informações mais recentes a respeito do nível de inclusão e ou substituição na dieta de vacas lactantes e seu impacto na produção de leite. Com isso, o objetivo desse projeto é avaliar o potencial uso da farinha de batata-doce na alimentação de ruminantes. Serão realizados 3 ensaios, onde no primeiro serão analisados 4 variedades de batata doce, na forma de farinha, quanto à suas características químico-bromatológicas, além de caracterizar a dinâmica da fermentação ruminal in vitro. O segundo ensaio será com ovinos em gaiolas de metabolismo e a farinha de batata doce como alimento estratégico para o inverno. Serão avaliados os efeitos da inclusão de farinha de batata-doce na dieta sobre o consumo de volumosos e sobre os processos de digestão, síntese protéica microbiana ruminal e retenção de nitrogênio em ovinos alimentados com gramínea temperada. Também nesse ensaio será avaliado o efeito da inclusão de farinha de batata-doce no concentrado, em substituição ao milho. O último ensaio será utilizando vacas leiteiras e avaliando a adição de farinha de batata-doce no concentrado de vacas leiteiras, em substituição ao milho, sobre a produção corrigida ou não a 3,5% de gordura e qualidade do leite.

Objetivo Geral

Objetivo geral
Avaliar o potencial uso da farinha de batata-doce na alimentação de ruminantes.

Objetivos específicos
• Caracterizar químico-bromatologicamente a farinha de batata-doce
• Caracterizar a dinâmica da fermentação ruminal in vitro e in situ da farinha de Batata-doce.
• Caracterizar o status sanitário da farinha de batata-doce, no que diz respeito a presença de micotoxinas.
• Avaliar o efeito da inclusão de farinha de batata-doce na dieta sobre o consumo de volumosos e sobre os processos de digestão, síntese protéica microbiana ruminal e retenção de nitrogênio em ovinos alimentados com gramínea temperada.
• Avaliar o efeito da inclusão de farinha de batata-doce no concentrado, em substituição ao milho sobre o consumo de volumosos e sobre os processos de digestão, síntese protéica microbiana ruminal e retenção de nitrogênio em ovinos.
• Avaliar o efeito da adição de farinha de batata-doce no concentrado de vacas leiteiras, em substituição ao milho, sobre a produção corrigida ou não a 3,5% de gordura e qualidade do leite.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANTÔNIO AMARAL BARBOSA410/01/201810/01/2019
CASSIO CASSAL BRAUNER108/01/201830/08/2020
CLÁUDIA FACCIO DEMARCO2008/01/201830/08/2020
EDUARDO SCHMITT108/01/201830/08/2020
FABIAN MANUEL GUERRERO PAREDES2008/01/201830/08/2020
FRANCISCO AUGUSTO BURKERT DEL PINO108/01/201830/08/2020
JORDANI BORGES CARDOSO1008/01/201830/08/2020
MARILISA MIBACH2008/01/201830/08/2020
MARJANA COLOMBI MARTINS1008/01/201830/08/2020
MICHELLE DE ALMEIDA OLLÉ421/04/201801/12/2019
MILENA BUGONI1008/01/201830/08/2020
Rubens Alves Pereira108/01/201830/08/2020
VIVIANE ROHRIG RABASSA108/01/201830/08/2020

Página gerada em 18/07/2019 10:59:01 (consulta levou 0.070051s)